Terça-feira, 07 de Julho de 2020
Mercado

Ovos: mercado encerrou a semana passada sofrendo nova baixa nos preços
Campinas, 22 de Junho de 2020 - Como se projetava, na terceira semana de junho (14 a 20), 25ª de 2020, o frango abatido registrou alta em relação à semana anterior. Mas teve duração efêmera, típica da reposição de estoques.

Assim, mal iniciada a segunda quinzena do mês, os preços registrados voltaram a retroceder. E embora os valores registrados ao final do período tenham apresentado evolução de pouco mais de 1,6% em relação ao final da semana anterior, ficaram novamente abaixo do que foi registrado um ano antes.

Como resultado, a média registrada nos dois primeiros decêndios do mês (1 a 20, 14 dias de negócios) permanece negativa em quase 5% em relação a junho de 2019.

Comparativamente ao mês anterior há uma evolução de 18,37%. Porém, é impossível ignorar que em maio passado os preços do frango abatido recuaram a um dos mais baixos patamares dos últimos dois anos.

O frango vivo (tanto o negociado em São Paulo como em Minas Gerais) também obteve reajuste de preço na terceira semana de junho (de cinco centavos no interior paulista; de 10 centavos em Minas). Mas a despeito de a demanda do período registrar visível desaceleração - como é natural em praticamente toda segunda quinzena de cada mês – o mercado permaneceu firme, porque a oferta permanece bem ajustada.

Com isso, o preço médio no mês obtido pelos produtores do interior paulista – R$3,50/kg – se encontra 16,67% e 1,74% acima dos registrados em maio passado e em junho de 2019, respectivamente.

Correspondem, também, ao melhor resultado dos últimos 13 meses, mas isso, até aqui, tem pequena valia, pois só agora se consegue alcançar valor que cobre, ainda ligeiramente, o custo de produção.

Além disso – e apenas como curiosidade – vale notar que a valorização do frango vivo neste mês vem sendo mínima quando comparada à do abatido (vide gráfico abaixo). Ou seja: em relação ao encerramento de maio, a ave viva completa o segundo decêndio de junho com uma valorização de 9%. Já a valorização do frango abatido no mesmo chega aos 27%.

(AviSite) (Redação)
|

Terça-Feira, 07/07
Segunda-Feira, 06/07
Desempenho do ovo, na granja, na 27ª semana de 2020 (08:01)
Pesquisa da Unesp aponta vantagens da utilização de probióticos na avicultura de postura (07:55)
Produtores de ovos obtiveram expressivo reajuste no encerramento da semana (07:04)
Sexta-Feira, 03/07
Programa Ovos RS amplia sistema de cerfificação da produção avícola (07:44)
Ovos: evolução acompanha a média histórica e do ano passado no início de julho (07:03)
Quinta-Feira, 02/07
3ª Conbrasul, em 2021, abordará principais pontos para a evolução do setor de postura (07:48)
Mercado de ovos aguarda retomada de consumo (07:35)
Ovos: plantel de galinhas em produção comercial segue em expansão (07:34)
Quarta-Feira, 01/07
Egg Tester, disponibilizado pela Vetanco, leva mais qualidade à produção de Bastos, SP (08:25)
Desempenho do ovo em junho de 2020 (08:01)
Junho, um mês difícil para o produtor de ovos (06:53)



Últimos Clippings
Hisex apresenta novo gestor da linhagem de poedeiras
China suspende exportações de mais duas unidades brasileiras
Terceirização em frigoríficos da Alemanha na berlinda
Ovos/CEPEA: cotações encerram junho em queda
Milho/CEPEA: movimento de alta continua, e indicador se aproxima dos R$50/sc

Nossos Parceiros
MSDseifun