Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
Exportação

No ano passado as exportações de ovos comerciais atingiram o segundo menor volume dos últimos 8 anos
Campinas, 28 de Janeiro de 2020 - Os dados coletados através do sistema de Estatísticas do Ministério do Desenvolvimento Industria e Comercio (MDIC) indicam que no ano passado se atingiu o segundo menor volume de ovos comerciais (in natura, com casca) destinados ao mercado externo dos últimos 8 anos.

O total embarcado de 66 milhões representa apenas 18% do maior volume exportado no octênio, no já distante ano de 2012, quando foram embarcados quase 366 milhões de ovos, ou seja, 300 milhões de ovos a mais que o verificado em 2019.

Os altos volumes embarcados pelo setor de postura comercial nos anos de 2015 e 2012 indicam que existe mercado externo para comercialização do produto. Entretanto, para que haja crescimento consistente e gradativo será preciso muito trabalho, dedicação, investimento e resiliência do avicultor.


(AviSite) (Redação)
|

Sexta-Feira, 21/02
Ovos: evolução máxima no mês segue em 10% (06:21)
Quinta-Feira, 20/02
O varejo dos ovos e do frango resfriado em 2019 segundo o Procon-SP (06:16)
Consumo médio de ovos cresce 50% em relação aos anos 2000 (06:10)
Ovos: antecipações motivadas pelo feriado prolongado de carnaval e proximidade da quaresma podem fortalecer os negócios (06:09)
Quarta-Feira, 19/02
Ovos: aparente estabilidade pode ser rompida por possíveis antecipações devido ao feriado de carnaval (06:28)
Consumo de ovos pode crescer mais de 62% nos últimos 10 anos (06:23)
Terça-Feira, 18/02
Ovos: proximidade da Quaresma pode manter o mercado firme no decorrer da semana (07:21)
Granja x Varejo: em janeiro a segunda pior relação dos últimos 13 meses (07:09)
Segunda-Feira, 17/02
Desempenho do ovo, na granja, na 7ª semana de 2020 (07:00)



Últimos Clippings
Unidade brasileira da Vetanco realiza Convenção de Vendas 2020
Cadeia de frango da China se abre em meio ao caos das medidas de vírus
Cotações do milho no mercado físico tem perdido força
Milho: cotações registram leves altas em Chicago
Soja: à espera de novas compras da China, mercado em Chicago segue estável

Nossos Parceiros
OrffaMSD
seifunvaccinar
AgroceresMaxFilm