Sábado, 22 de Fevereiro de 2020
Mercado

VBP da produção pecuária aumentou 9% em 2019; o de frango e ovo, somados, quase 16%
Campinas, 15 de Janeiro de 2020 - De acordo com o MAPA, em 2019 os cinco principais produtos brasileiros de origem animal - boi, suíno, frango, leite e ovos – geraram um VBP (valor bruto da produção) de, aproximadamente, R$220 bilhões, valor quase 9% superior ao apontado para 2018. No ano, o VBP total da agropecuária, de pouco mais de R$630 bilhões, aumentou apenas 2,5%, porquanto o VBP das lavouras (R$411 bilhões) foi meio por cento menor.

Na pecuária, o frango – cujo VBP apresentou incremento pouco superior a 14% - contribuiu com cerca de 30% do total, enquanto o ovo – cujo VBP aumentou quase 25% - representou 6,7% do total. A maior participação continua sendo a do boi (pouco mais de 40%), enquanto a parcela do leite é de 15,4% e a do suíno de (perto de) 8%.

Somados, os dois principais produtos da avicultura – frango e ovos – responderam por 36,5% do VBP animal de 2019 e alcançaram valor perto de 16% superior ao de 2018.


(Ovosite) (Redação)
|

Sábado, 22/02
Sexta-Feira, 21/02
Ovos: evolução máxima no mês segue em 10% (06:21)
Quinta-Feira, 20/02
O varejo dos ovos e do frango resfriado em 2019 segundo o Procon-SP (06:16)
Consumo médio de ovos cresce 50% em relação aos anos 2000 (06:10)
Ovos: antecipações motivadas pelo feriado prolongado de carnaval e proximidade da quaresma podem fortalecer os negócios (06:09)
Quarta-Feira, 19/02
Ovos: aparente estabilidade pode ser rompida por possíveis antecipações devido ao feriado de carnaval (06:28)
Consumo de ovos pode crescer mais de 62% nos últimos 10 anos (06:23)
Terça-Feira, 18/02
Ovos: proximidade da Quaresma pode manter o mercado firme no decorrer da semana (07:21)
Granja x Varejo: em janeiro a segunda pior relação dos últimos 13 meses (07:09)



Últimos Clippings
Unidade brasileira da Vetanco realiza Convenção de Vendas 2020
Cadeia de frango da China se abre em meio ao caos das medidas de vírus
Cotações do milho no mercado físico tem perdido força
Milho: cotações registram leves altas em Chicago
Soja: à espera de novas compras da China, mercado em Chicago segue estável

Nossos Parceiros
MaxFilmOrffa
MSDAgroceres
vaccinarseifun