Quinta-feira, 28 de Maio de 2020
Exportação

Exportação de ovos comerciais (in natura) no primeiro bimestre de 2019
Campinas, 28 de Março de 2019 - As vendas externas de ovos comerciais in natura (com casca) levantadas através do sistema de Estatísticas do Comércio Exterior tiveram boa movimentação no curto mês de fevereiro.

Ao todo foram exportados 16,288 milhões de ovos, cerca de 45,244 mil caixas, equivalendo a aumento de 11,5% sobre o volume embarcado em fevereiro de 2018. Em relação a janeiro último, houve redução de 12,6%. Entretanto, o índice negativo tem pouco significado considerando que fevereiro é um mês mais curto.

O acumulado no primeiro bimestre apresenta volume de quase 35 milhões, apontando aumento de 7,2% sobre o embarcado no mesmo período do ano passado. Já em relação ao bimestre imediatamente anterior, o último do ano passado, apresenta aumento de 17,2%.

Por ora, o volume acumulado nos últimos doze meses – março de 2018 a fevereiro de 2019 – indica crescimento de quase 79%, significando o esforço do setor de postura comercial em recuperar o espaço perdido nesse tão importante mercado.

(AviSite) (Redação)
|

Quinta-Feira, 28/05
Quarta-Feira, 27/05
(20:38)
(07:31)
Ovos: negócios são realizados com leve baixa nos preços (07:04)
Terça-Feira, 26/05
Nutrição de reprodutoras é tema de Webinar da Aviagen amanhã, 27 (10:37)
Ovos: depois de 6 baixas consecutivas, preços se mantiveram inalterados (07:11)
Segunda-Feira, 25/05
Ovos: nova baixa no encerramento da semana (06:12)
Desempenho do ovo, na granja, na 21ª semana de 2020 (06:06)
Sexta-Feira, 22/05
Ovos: preços apresentam evolução diária que se iguala à média histórica (08:44)



Últimos Clippings
Sindirações lança guia de boas práticas na indústria de alimentação animal para o enfrentamento da Covid-19
Milho: 4ª feira começa com resultados em campo misto na B3
PIB agropecuário crescerá até 2,5%,diz Ipea
Mais proteína na cesta básica
Soja em Chicago dá continuidade às últimas altas e segue em campo positivo nesta 4ª feira

Nossos Parceiros
seifunOrffa
MSDAgroceres
vaccinar