Domingo, 31 de Maio de 2020
Mercado

Ovos: mercado firme favorece novo aumento aos produtores
Campinas, 09 de Novembro de 2018 - Ontem, quarto dia útil da melhor semana do mês para os negócios, vários fatores contribuíram para que os Produtores de ovos brancos e vermelhos obtivessem mais um reajuste nos negócios realizados.

Nos ovos brancos, o novo aumento – 4º da semana, 5º do mês, 30º do ano – elevou o preço médio diário para R$58,00, valor um quinto superior ao de abertura do mês, mas, ainda 9,4% inferior ao praticado no mesmo dia do ano passado.

Nos ovos vermelhos o reajuste acompanhou o verificado nos ovos brancos com a diferença de R$5,00 a mais por caixa se mantendo e foram comercializados por um mínimo de R$57,00 ao máximo de R$64,00 a caixa.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária alguns fatores contribuíram para o reajuste: melhora no ritmo de vendas no varejo, regularização dos estoques, déficit de produto para alguns Produtores e a previsão de fortalecimento do consumo nos próximos dias por encontrar o consumidor com seu poder de compra restabelecido.

Assim, em mercado firme, os negócios realizados neste final de semana devem se dar ainda em ambiente disputado nos preços.

(AviSite) (Redação)
|

Domingo, 31/05
Sexta-Feira, 29/05
Exportação de ovos e ovoprodutos no primeiro quadrimestre (07:07)
Ovos: índice de evolução diária segue próximo da média histórica nos últimos dias (07:03)
Quinta-Feira, 28/05
USDA prevê queda na produção norte-americana de carne de frango em 2020 (09:06)
Ovos: preços apresentam pequena estabilidade no início desta semana (07:00)
Quarta-Feira, 27/05
Ovos: negócios são realizados com leve baixa nos preços (07:04)
Terça-Feira, 26/05
Nutrição de reprodutoras é tema de Webinar da Aviagen amanhã, 27 (10:37)
Ovos: depois de 6 baixas consecutivas, preços se mantiveram inalterados (07:11)



Últimos Clippings
Semana teve poucas alterações nos preços físico do milho
China deixará mercado de frango dos EUA durante recuperação
Conselho do FCO aprova R$ 146,1 milhões em investimentos em MS
Alojamento de pintos de corte caiu menos do que o esperado pela Apinco
Suíno: cotação caiu 3,4% nas granjas paulistas em uma semana

Nossos Parceiros
MSDAgroceres
seifunOrffa