Quarta-feira, 15 de Julho de 2020
Saúde Pública

Mais de 93% dos trabalhadores da BRF em Concórdia/SC voltam ao trabalho

Todos passaram por testes rápidos e os casos suspeitos foram submetidos ao exame RT-PCR para conferir o diagnóstico,
Concórdia, SC, 26 de Maio de 2020 - A BRF informa que 93,4% dos seus 5.132 colaboradores e terceirizados da unidade de Concórdia retornam ao trabalho nesta segunda-feira, dia 25, após resultado negativo em testes rápidos para a Covid19. A testagem de 100% dos trabalhadores da unidade, realizada em atendimento à determinação da Vigilância Sanitária do Estado de Santa Catarina, foi concluída no domingo, sem qualquer intercorrência.

Os 6,6% dos funcionários que testaram positivo foram afastados preventivamente e submetidos ao teste RT-PCR, que tem por objetivo confirmar com mais assertividade o resultado. A Companhia irá receber os resultados do RT-PCR nos próximos dias. Vale ressaltar que nos procedimentos que estão sendo realizados em outras plantas da BRF, o RT-PCR tem confirmado apenas entre 10% e 18% dos casos apontados como positivos nos testes rápidos.

É importante salientar que os resultados positivos dos testes rápidos podem indicar presença de anticorpos (pessoas recuperadas), presença do vírus (mesmo em casos assintomáticos) ou falsos positivos, que podem surgir por reação cruzada com anticorpos de outros microrganismos (como parainfluenza, influenza A, influenza B, HIV, vírus da varicela, citomegalovírus, vírus do sarampo e da caxumba, entre outros). Por isso, os resultados positivos dos testes rápidos não indicam, necessariamente, que as pessoas tenham ou tiveram Covid-19, sendo então inicialmente considerados casos suspeitos.

A confirmação de possível infecção pela Covid-19 se dá com a realização de exame mais preciso (RT-PCR), que também está sendo realizado pela Companhia em suas unidades, inclusive em Concórdia, de acordo com recomendação da Anvisa. Enquanto aguarda o resultado do exame RT-PCR, a BRF está, preventivamente, afastando e orientando todos os colaboradores cujos testes venha a dar resultado positivo, portanto, considerados suspeitos.

De acordo com protocolo da empresa, os funcionários que apresentam e informam sintomas para a Companhia são afastados imediatamente de suas atividades. Esta ação reforça as medidas de proteção já adotadas pela BRF desde o início da pandemia e tem o objetivo de aperfeiçoar o processo de triagem e identificação de casos positivos e suspeitos entre os funcionários, que já era realizado por meio de busca ativa.
(BRF) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 15/07
Terça-Feira, 14/07
Agências da ONU recomendam mudança na área de alimentos (10:16)
Crise? Que crise? Setor de alimentos está bombando na Bolsa (10:12)
Ajuste da oferta faz frango subir no país (08:38)
Governador do Tocantins reafirma compromisso com a iniciativa privada visando a geração de empregos (08:25)
Sistema de compartimentação abre portas para a avicultura catarinense em mercados exigentes (08:20)
Brasil importa mais que o triplo de soja nos primeiros 8 dias úteis de julho do que em todo mesmo mês de 2019 (07:39)
Apenas em 2 semanas de julho Brasil já exportou 132% a mais de milho do que todo o mês de junho (07:30)
Segunda-Feira, 13/07
Doença de Gumboro é tema do novo podcast FACTA (14:59)
Frigoríficos avícolas gaúchos investem no combate a pandemia (14:58)
OVOS/CEPEA: maior demanda e oferta limitada elevam preços (13:05)
Milho: indicador CEPEA volta a fechar acima de R$ 50/sc (13:02)
Soja: com baixo excedente, importação é a maior desde ju/16 (13:00)
PDSA desevolve cursos virtuais para garantir sanidade no RS (11:06)
Instituto Ovos Brasil e CEPEA criam ferramenta para consulta de preço de ovos (08:34)
Governo do Paraná e JBS discutem investimentos no Estado (08:00)
Uberlândia recebe anúncio de R$ 80 milhões em investimentos (07:59)
Secretaria de Saúde do Paraná acompanha atividades em frigoríficos (07:57)
Pandemia estimula consumo de frango no mercado interno e aquece exportações (07:57)
Sexta-Feira, 10/07
Com alta de 24,5%, exportações do agronegócio batem recorde para meses de junho e ultrapassam US$ 10 bilhões (13:53)
FRANGO/CEPEA: apesar de queda nos embarques, preço interno da carne está firme (07:31)
Agronegócio responde por 72% das exportações catarinenses no primeiro semestre de 2020 (07:26)
Com recordes de valores de soja e milho, VBP de 2020 é estimado em R$ 716,6 bilhões (07:25)
Comercialização de soja 2019/20 e da safra nova em junho foi mais lenta (07:10)
Quinta-Feira, 09/07
SUÍNOS/CEPEA: preços do vivo sobem em quase todas as regiões; exportações estão aquecidas (09:47)
BOI/CEPEA: indicador volta a fechar acima de R$ 220 (09:46)
Dicas para inovar no agronegócio e vender mais (08:15)
C.Vale e Pluma Agroavícola colocam em funcionamento frigorífico da Plusval (08:14)
Brasil retoma posto de maior produtor de soja do planeta (07:53)