Domingo, 12 de Julho de 2020
Saúde Pública

Aurora firma acordo nacional com o MPT para combater Covid-19 nos frigoríficos
São Paulo, 25 de Maio de 2020 - A cooperativa Aurora firmou nesta sexta-feira (22/5) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público de Trabalho para combate e prevenção ao novo coronavírus em seus frigoríficos.

Com abrangência nacional, o acordo proíbe a cooperativa de condicionar ou incentivar o comparecimento ao trabalho, seja normal ou extraordinário, a qualquer espécie de "bonificação", "prêmio" ou outro incentivo pecuniário e impõe um distanciamento mínimo de 1 metro entre os trabalhadores na linha de produção.

A Aurora tem frigoríficos em quatro Estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul), mas tem enfrentado problemas na unidade de Chapecó (RS), onde informou ter 132 casos confirmados de Covid-19 e 53 suspeitos na semana passada.

Além da Aurora, o MPT firmou um TAC nacional com a BRF, no Rio Grande do Sul. Com as medidas, o Ministério Público do Trabalho espera controlar o crescimento de casos nas unidades e estabelecer medidas de funcionamento sustentável dos frigoríficos da cooperativa.

“Um consenso que permite assegurar a proteção dos trabalhadores, mantendo ativa a cadeia econômica da agroindústria, é certamente um objetivo do Ministério Público do Trabalho”, afirma, em nota, o procurador-chefe do MPT-SC, Marcelo Goss Neves.

O TAC prevê, ainda, o afastamento imediato e remunerado de todos os indígenas residentes de aldeias que trabalham dos frigoríficos da Aurora com caso confirmado da doença, como Chapecó (SC). Nas demais unidades, onde não há caso confirmado, a cooperativa terá até 72 horas para promover o afastamento de todos os indígenas por 30 dias.

Com isso, a medida dá aos funcionários indígenas o mesmo tratamento dado ao grupo de risco da doença. Caso descumpra qualquer um dos compromissos firmados com o MPT, a Aurora será submetida à multa mensal de R$ 30 mil por cláusula descumprida.
(Globo Rural) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 12/07
Sexta-Feira, 10/07
Com alta de 24,5%, exportações do agronegócio batem recorde para meses de junho e ultrapassam US$ 10 bilhões (13:53)
FRANGO/CEPEA: apesar de queda nos embarques, preço interno da carne está firme (07:31)
Agronegócio responde por 72% das exportações catarinenses no primeiro semestre de 2020 (07:26)
Com recordes de valores de soja e milho, VBP de 2020 é estimado em R$ 716,6 bilhões (07:25)
Comercialização de soja 2019/20 e da safra nova em junho foi mais lenta (07:10)
Quinta-Feira, 09/07
SUÍNOS/CEPEA: preços do vivo sobem em quase todas as regiões; exportações estão aquecidas (09:47)
BOI/CEPEA: indicador volta a fechar acima de R$ 220 (09:46)
Dicas para inovar no agronegócio e vender mais (08:15)
C.Vale e Pluma Agroavícola colocam em funcionamento frigorífico da Plusval (08:14)
Brasil retoma posto de maior produtor de soja do planeta (07:53)
Quarta-Feira, 08/07
Produção de grãos deve atingir 251,4 milhões de toneladas segundo levantamento da Conab (11:32)
Indústria global de carne de aves se recupera gradualmente, mas 2º semestre pode trazer volatilidade (09:12)
Nui Markets vê bom potencial no Brasil (09:10)
Exportadores do Brasil propõem testar carne para acalmar China (09:10)
Exportação de grãos deve beirar recorde (09:09)
Terça-Feira, 07/07
Teste rápido é inútil para conter a covid-19 dentro de frigoríficos (09:25)
Falha em busca ativa justifica testes de anticorpos, diz MPT (09:23)
Preços mais firmes para o farelo de soja (08:47)
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a utilização da tecnologia NIR para análises rápidas e eficientes na alimentação animal (08:02)