Sábado, 04 de Abril de 2020
Saúde Pública

Produção não pode parar, diz Santin, diretor da ABPA
São Paulo, SP, 23 de Março de 2020 - Ricardo Santin diz que saúde dos produtores e distribuição de alimentos no Brasil são prioridades no momento: “O povo tem que se alimentar bem para se proteger”.

Quarenta associações e entidades ligadas ao agronegócio brasileiro se uniram e enviaram uma carta ao presidente da República, Jair Bolsonaro, e ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, pedindo apoio do governo federal para garantir o funcionamento da logística nacional de abastecimento. No conteúdo, manifestaram preocupação com o Porto de Santos, já que estivadores cogitaram paralisar as operações na última quarta-feira, 18, desistindo após uma reunião. As associações e entidades também chamaram a atenção para a preservação das necessidades humanitárias e pediram para que seja evitada uma crise sem pretendentes em nosso país, o que representaria um efeito dominó com prejuízos incalculáveis.

Para Ricardo Santin, diretor da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o momento é difícil, mas com união, calma e respeitando as regras da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde, o desafio será vencido pelo mundo todo. De acordo com Santin, o governo federal tem trabalhado fortemente junto a um comitê de crise interministerial, que inclui Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

“Tereza Cristina, como representante da nossa classe, tem sido absolutamente proativa e dedicada. Esperamos que o governo nos atenda, aliás, já está nos atendendo. Em alguns estados produtores, algumas medidas talvez possam criar dificuldades, mas temos conversado com todos os governadores para que continuemos produzindo alimentos. Para que possamos nos proteger, temos que estar bem alimentados”, disse.

Ainda de acordo com Santin, é importante garantir que a cadeia de distribuição de alimentos funcione normalmente para que ninguém precise se deslocar. “Nós temos hoje um setor que representa R$ 80 bilhões de PIB (Produto Interno Bruto) girando na cadeia, só de exportação são U$8,5 bilhões hoje, são 4,1 milhões de pessoas trabalhando na cadeia, mais de 120 mil pequenas famílias que estão trabalhando no setor como integrados de aves, suínos ou ovos. É muito importante que o governo tenha noção não só do tamanho do setor, mas acima de tudo da importância do que se faz. Nós produzimos alimentos que ajudam na segurança alimentar do Brasil e do mundo. O próprio ministro da Saúde disse ontem que nós precisamos deixar o frango passar, a comida passar, e acima de tudo os insumos, para que nossos produtores na granja consigam criar a ave, o suíno, o ovo que vai para a mesa das pessoas nas cidades, esse é o apelo que nós estamos fazendo junto ao governo com respaldo da ministra Tereza Cristina”, disse Santin

Ele ressalta que o momento é delicado e será ainda mais nas próximas três semanas, mas acredita que as dificuldades serão vencidas.

De acordo com o diretor da ABPA, são duas as prioridades no momento: preservar a saúde dos colaboradores e seguir com a produção de alimentos. Santin afirma que as fábricas estão seguindo à risca todos os procedimentos de segurança.

“Nas merecidas pausas, que sejam respeitadas as distância de dois metros entre as pessoas e que sejam evitadas as aglomerações. Também deve ser feita a vigilância ativa, com medição de temperatura e questionários para saber se alguém esteve perto de uma pessoa infectada. Em caso afirmativo, não é permitido entrar na fábrica. Quem pertence aos chamados grupos de risco já está afastado. Estamos fazendo tudo o que é possível para proteger nosso colaborador e nosso produtor no campo. Façamos a nossa parte para trabalhar naquilo que é essencial no momento, ou seja, a produção de alimentos”, finalizou.
(Canal Rural ) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 04/04
Sexta-Feira, 03/04
Suíno: quedas acentuadas para o mercado independente (16:44)
CNA destaca ações para reduzir impactos na comercialização de alimentos (15:57)
Soja pode registrar semana de maior alta da história no Brasil (14:18)
Milho abre a sexta-feira subindo em Chicago e na B3 (10:03)
Milho está acima de R$60 a saca em Campinas-SP (09:32)
Demanda por carne desaba no país (08:24)
Frigoríficos conseguiram alongar as escalas de abate (08:17)
Aviões cheios de suínos chegam à China para reconstruir o maior rebanho do mundo (08:16)
Milho: demanda segue aquecida e cotações no mercado interno permanecem sustentadas (08:05)
Soja segue operando com estabilidade nesta 6ª feira em Chicago (08:00)
Milho segunda safra mostra amplo desenvolvimento (07:16)
Quinta-Feira, 02/04
Preço do suíno independente baixa até para patamares vistos há dez meses (16:24)
Boi: demanda da China e ciclo pecuário de alta nos preços vão minimizar impactos de uma retração da demanda interna por carnes (16:13)
Petróleo dispara e puxa commodities agrícolas (16:07)
Adiamento de tributos ajudará agroindústria na crise, diz CNA (15:44)
Laboratório da Secretaria de Agricultura de São Paulo fará testes para a Covid-19 (15:14)
Aurora manterá quadro de empregados e não cogita redução de sua força de trabalho (14:50)
Faturamento com exportação de carne suína em março é 61% maior do que em março/19 (13:24)
USDA: Vendas semanais de soja e milho dos EUA ficam dentro do esperado (13:22)
Milho: B3 segue caindo na maioria dos contratos e Chicago contabiliza ganhos (13:21)
Embrapa disponibiliza Instrução Técnica para avicultores e suinocultores sobre a COVID-19 (11:37)
As empresas têm que agir com responsabilidade’, defende BRF (09:30)
Supermercado pode viver ‘nova onda’ de consumo (09:26)
Justiça do DF desobriga empresa de apresentar CND em financiamento (09:25)
Milho abre a 5ª feira subindo em Chicago e em campo misto na B3 (09:04)
Suínos: preços do vivo e da carne caem com mais força no final de março (09:03)
Boi: mercado pecuário apresenta instabilidade no correr de março (09:00)
Marca Tecnologia Embrapa chega às gôndolas dos supermercados em ovos da Korin (08:39)
Cobb-Vantress substitui frota para entregar mais eficiência produtiva e ambiental (08:19)
Mercado do boi está em alerta (08:02)
Milho no Brasil segue em alta enquanto safrinha se desenvolveu bem com chuvas de março (08:00)
Após queda intensa, soja tem estabilidade em Chicago nesta 5ª feira (07:58)
Quarta-Feira, 01/04
Suíno: preços seguem com queda acentuada quebra na demanda (16:41)
Frigoríficos reduzem ritmo de compras após alongarem escalas (16:16)
Exportações brasileiras de milho em março ficam menores do que mesmo mês de 2019, mas sobem em relação a fevereiro (16:09)
Para incentivar a população a não sair de casa, Grupo Mantiqueira expande operação de delivery com clube de assinantes do ovo (15:58)
Soja cai mais de 2% em Chicago, em dia de perdas generalizadas (14:42)
Setores de aves e suínos do ES colocam em prática as orientações de prevenção e se organizam para continuar o abastecimento de alimentos (14:39)
Milho: alta do dólar pressiona cotações na B3 e Chicago aprofunda perdas (13:12)
BRF anuncia doações de R$ 50 milhões (13:09)
Com falta de ovos nos EUA, venda de pintos aumentam (12:25)
Indicador da soja supera R$ 100/sc e o do milho, R$ 60, recordes nominais das séries do Cepea (11:29)
BRF contrata R$ 1,4 bi em linhas de crédito para reforçar liquidez (10:14)
Milho abre o mês ainda em queda na Bolsa de Chicago e na B3 (10:12)
SIF garante a manutenção do abastecimento de produtos de origem animal (09:15)
Governo estuda pacote de R$ 2 bi para o campo (09:14)
Frigoríficos dos EUA oferecem bônus contra absenteísmo (09:12)
Embrapa faz parceria com Korin e se aproxima do consumidor (09:11)
Soja: mercado começa abril com perdas de mais de 1% em Chicago (08:15)
Milho: poucas movimentações no Brasil e queda de 7% em março em Chicago (08:11)
Mapa institui comitê de crise para monitorar impactos do Coronavírus (08:10)
Suíno: principais praças produtoras do vivo têm desvalorização (08:06)
Boi gordo encerra março com preços firmes (08:00)
Habilitação de novos frigoríficos pela China está paralisada (07:28)
Terça-Feira, 31/03
PIB AGRO SP/CEPEA: Pecuária eleva PIB agro de SP em 1,5% em 2019 (13:47)
Cobb debateu mudanças de manejo para o frango moderno com jovens avicultores (13:39)
Milho segue caindo em Chicago, mas sobe 2% na B3 (12:27)
Início da crise puxa o preço dos alimentos, mas alta é passageira (09:50)
Milho abre a 3ª feira em Chicago na espera dos relatórios do USDA (09:19)
Mapa alerta para medidas de prevenção ao coronavírus no campo (08:18)
Brasil caminha para recorde na 2ª safra de milho (08:13)
Milho: preços sustentados no Brasil mesmo com recorde histórico (08:12)
Quarentena reduz drasticamente demanda por suínos nas principais praças produtoras (08:05)
Soja tem leves baixas nesta manhã de 3ª feira (08:00)
Retomada de preço no mercado do boi gordo (07:45)