Domingo, 29 de Março de 2020
Matérias-Primas

Isenção tarifária e a redução dos fretes marítimos abrem portas para demanda chinesa sobre a soja americana
Campinas, SP, 19 de Fevereiro de 2020 - No Brasil, demanda interna forte mais as vendas antecipadas reduzindo pressão da oferta no período de colheita já elevaram patamar de preços do grão em relação ao mesmo período do ano passado.

O mercado da soja encerrou ontem, terça-feira (18), com leves quedas, entre 1 e 1,75 ponto nos principais contratos. Apesar da "Fase 1" do acordo entre China e Estados Unidos já estar em vigor, inclusive com a diminuição de tarifas de importação, Chicago ainda não mostra a reação que se esperava.

A China planeja voltar às compras de produtos agrícolas norte-americanos a partir do começo de março, segundo fontes ouvidas pela agência internacional de notícias Bloomberg. A fase um do acordo comercial entre chineses e americanos, afinal, entrou em vigor no último sábado, 15 de fevereiro, e o mercado agora espera pelos próximos movimentos da nação asiática.

Na semana encerrada em 13 de fevereiro, os EUA embarcaram 992,294 mil toneladas de soja, contra pouco mais de 640 mil da semana anterior e diante das projeções de 700 mil a 1,25 milhão de toneladas. No acumulado do ano comercial, os embarques somam 28.277,053 milhões de toneladas, 19% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

A valorização do dólar é generalizada e tem impactado no mercado global, fazendo com que os compradores atuem com menor voracidade, o que cria um ambiente de pressão nos preços. No Brasil, o Real segue desvalorizado diante do Dólar, favorecendo e dando competitividade às exportações.

As vendas antecipadas feitas pelos produtores brasileiros garantiram um bom movimento da safra atual e já há negociações da safra 20/21, reflexo do câmbio favorável. Enquanto isso, no mercado interno, as indústrias também têm pago bons preços, às vezes até melhores que o mercado exportador. No Mato Grosso, por exemplo, a valorização foi de cerca de R$ 10 por saca em comparação ao mesmo período em 2019.

De modo geral, mesmo que China dê preferência pela soja americana nos próximos meses, as vendas antecipadas feitas pelo Brasil, mais a forte demanda, manterão o protagonismo do país no cenário da soja, que continua com perspectivas positivas para os preços.
(Notícias Agrícolas) (Aleksander Horta e Ericson Cunha)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 29/03
Sexta-Feira, 27/03
Suíno: quedas fortes no mercado em meio à redução de demanda (16:37)
Bolsas de suínos fecham sem negociação por falta de demanda em meio a Covid-19 (16:35)
CNA pede ao Governo medidas de apoio à comercialização de alimentos (16:33)
Suinocultura em SC: falta demanda e frigoríficos ficam com câmaras cheias e granjas sem conseguir vender animais (14:12)
Cenário de sustentação do milho não teve alívio (13:09)
Milho opera em baixa nesta 6ª feira na Bolsa de Chicago e na B3 (13:07)
Boi Gordo: alta dos preços de balcão durante esta semana em SP (13:05)
Mapa publica portaria com atividades e serviços essenciais para garantir funcionamento do setor agropecuário e abastecimento (13:04)
Pedro Parente continuará no comando do conselho na BRF (09:17)
Coronavírus: Conselho Internacional de Avicultura reforça compromisso com a saúde dos trabalhadores (09:16)
JBS faz provisão para descontos a clientes chineses (09:15)
Frango: liquidez envolvendo carne congelada aumenta no atacado (08:06)
Mercado da soja volta a subir em Chicago nesta 6ª feira (08:03)
Boi Gordo: Coronavírus mantém o mercado de reposição com baixa movimentação (08:00)
Milho: Chicago registra leves ganhos após bons números do USDA (07:59)
Ministra da Agricultura pede apoio de secretários estaduais para garantir abastecimento (07:57)
Cotação da arroba do boi gordo em recuperação (07:56)
Consumo no Brasil preocupa todas as cadeias produtivas do agro brasileiro (07:51)
Processadores de soja da China temem escassez de oferta por medidas contra coronavírus (07:50)
Transporte de soja segue forte apesar de desafios por vírus, diz Sotran Logística (07:49)
Safra 2019/20 de soja tem uma das maiores margens brutas dos últimos 10 anos (07:47)
FAESC apoia medidas da CNA para produtor superar crise (07:43)
Quinta-Feira, 26/03
Suíno: preços continuam caindo nesta quinta-feira (16:40)
Restrições na Argentina podem favorecer farelo de soja do Brasil (16:35)
Demanda por carne de frango e suína segue sustentada (16:06)
USDA: vendas semanais de soja dos EUA ficam levemente acima das expectativas (16:05)
FACTA lança 3ª edição do livro "Doenças das Aves" (13:39)
Cotação do milho cai em Chicago antes do relatório do USDA (13:00)
Cotação do milho segue sustentada no mercado interno (10:56)
Produtores rurais atraem solidariedade para o Brasil, afirma presidente da ABPA (10:49)
China começa a ampliar suas importações de grãos (10:45)
FAO vê riscos de tensões na cadeia global de alimentos (10:43)
Quais os primeiros impactos do coronavírus sobre a pecuária de corte? (10:35)
JBS mantém empregos e investimentos no Brasil (10:32)
Boi Gordo: parte das indústrias necessita de animais terminados (10:00)
Suíno: ritmo de negócios diminui e preços recuam com força (09:30)
Milho abre a 5ª feira em baixa em meio ao avanço do Coronavírus (09:26)
SP: Secretaria de Agricultura e Abastecimento toma medidas de prevenção (09:24)
Boi: preços da carne seguem firmes no atacado (08:32)
CNA solicita medidas de apoio para produtor superar crise e manter produção (08:06)
Soja cai expressivamente em Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 25/03
China encoraja governos locais a estocar produtos de aves e aquicultura (16:35)
Conab contrata frete com cooperativas autônomas para remoção de milho (16:26)
Agroindústria de SC se mantém ativa (16:22)
Suíno: 4ª feira de desvalorizações nas cotações (16:17)
Impulsionado por ramo pecuário, PIB do agro mineiro cresce 5,12% em 2019 (16:09)
Exportação de carne bovina em março deve superar fevereiro em volume e preços (16:05)
Milho: Chicago mantem leves altas nas cotações (13:57)
Milho: volume negociado segue baixo nos últimos dias (10:31)
Dificuldade de compra de boiadas terminadas é vigente (10:29)
Mercado de Commodities testa resistência de COVID-19, diz INTL FCstone (09:35)
Presidente do CNA pede a municípios funcionamento das agroindústrias no país (09:22)
Milho abre a 4ª feira com alta em Chicago (09:17)
Preços do milho seguem firmes no mercado interno (09:08)
Soja volta a subir na Bolsa de Chicago nesta 4ª feira (07:45)
Milho: preços baixos atraem compras e cotações fecham a 3ª feira com altas em Chicago (07:44)
Abiove mantém estimativa de embarque de soja do país, mas monitora impactos de vírus (07:21)
Brasil já tem contratadas 23 milhões de toneladas de soja para exportar entre março e abril (07:19)
Terça-Feira, 24/03
Suíno: cotações começam a desacelerar e cair (16:27)
Instituto Ovos Brasil lança campanha para diversão em casa. (15:28)
Argentina tem o pior início de colheita da soja em anos (15:24)
Milho: Chicago opera em baixa para as cotações nesta terça-feira (14:46)
Com baixo volume de negócios, a média da arroba registrou uma queda de 8,73% no MT (11:35)
Milho: ritmo dos negócios no mercado físico paulista está lento (11:26)
Importações de carne suína da China de janeiro a fevereiro aumentam 158% (11:24)
Países sul-americanos definem normas para garantir tráfego de alimentos (09:39)
Estoques de carne no varejo e do atacado necessitam ser repostos (09:37)
Milho segue em baixa na Bolsa de Chicago (09:27)
Demanda de usinas por milho para etanol em MT mantém preço do grão (09:19)
Agroindústrias de SC são exceção em lei para restringir quadro funcional (09:00)
Farelo de soja está custando 11,4% mais que no ano passado (08:52)
Soja caminha de lado nesta 3ª feira em Chicago (08:00)
Comunicado Hendrix sobre a Covid-19 (07:49)