Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020
Matérias-Primas

Soja registra queda em Chicago nesta 4ª feira
Campinas, SP, 23 de Janeiro de 2020 - Em dia de novas quedas, nesta quarta-feira (22) o mercado da soja continua tendo uma leitura ruim da assinatura da "Fase 1" do acordo entre os Estados Unidos e a China. As compras chinesas ainda não ocorreram e quando elas acontecerem, não devem ser rápidas o suficiente para aliviar as tensões dos investidores. A China deve continuar realizando suas compras conforme as leis de mercado, procurando soja aonde for mais barato e nesse momento os preços estão equilibrados, mantendo a competitividade entre os principais produtores da oleaginosa.

Dessa forma, os preços para a soja devem em viés de baixa, com a possibilidade de ficar abaixo dos US$ 9 caso as compras continuem demorando para acontecer. Pelo menos para os próximos dias a China deve se manter fora do mercado, já que estarão ocorrendo as comemorações de ano novo no país. Enquanto isso, ela continua sendo abastecida por cargas de soja da América do Sul.

Além disso, a chegada da colheita da nova safra na América do Sul, com Brasil colhendo cerca de 125 milhões de toneladas, pode deixar o mercado da soja ainda mais complicado. No mercado brasileiro, o dólar também recuou e fechou o dia com US$ 4,17, o que contribuiu para preços equilibrados da oleaginosa. Nos portos, os preços se mantiveram estáveis com indicativos de R$ 88,00 em Paranaguá e R$ 87,30 em Rio Grande, no disponível. Para março, as referências permaneceram em R$ 87,00 e R$ 86,00 por saca, respectivamente.

Preços da soja devem cair entre as próximas 2 a 4 semanas, diz Marex Spectron

Os preços da soja devem enfraquecer entre as próximas duas a quatro semanas em reação à demanda asiática, que está abaixo do esperado. Além disso, a colheita no Brasil deve ser recorde e vai chegar ao mercado no início do mês que bem, avalia a empresa de pesquisa britânica Marex Spectron.

"Continuamos acreditando que uma das razões por trás da oferta elevada é a pressa em liberar grãos das reservas de estoque em toda a cadeia de suprimentos", afirma a empresa.
(Notícias Agrícolas) (Aleksander Horta e Ericson Cunha)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 26/02
Terça-Feira, 25/02
Segunda-Feira, 24/02
Estados Unidos reabrem mercado para carne in natura do Brasil (15:05)
Sexta-Feira, 21/02
Unidade brasileira da Vetanco realiza Convenção de Vendas 2020 (15:07)
Cadeia de frango da China se abre em meio ao caos das medidas de vírus (13:58)
Frango: apesar da fraca demanda, custo de produção elevado faz com que avicultor aumente preço (13:40)
Cotações do milho no mercado físico tem perdido força (13:30)
Milho: cotações registram leves altas em Chicago (13:25)
Soja: à espera de novas compras da China, mercado em Chicago segue estável (13:22)
Programa Ovos RS promove curso de Boas Práticas de Fabricação para Fábricas de Ração (09:33)
Boi: preços de balcão em SP giram ao redor de R$200,00/@ (09:15)
Praticamente metade da safra do milho já está colhida no RS (08:38)
Surto de vírus não mudará compromissos da China de comprar produtos dos EUA (08:37)
CNA diz que MP do Agro dá mais alternativas de financiamento e simplifica acesso ao crédito (08:26)
Suíno: animal vivo segue valorizado nas principais praças (07:55)
Mercado do boi gordo está firme (07:53)
Oferta restrita dá sustentação ao mercado de carne bovina no atacado (07:52)
Milho fecha a 5ª feira desvalorizado em Chicago após encontro do USDA (07:51)
Soja mais barata no Brasil do que nos EUA pressiona Chicago mais uma vez (07:48)
Quinta-Feira, 20/02
Exportações de genética avícola decrescem em janeiro (11:03)
Suínos: poder de compra frente ao milho é o mais baixo desde Fev/19 (10:22)
Boi: abate cai no final de 2019 e confirma baixa oferta (10:21)
Milho: Vendedores tem mostrado interesse em negociar, enquanto o comprador se abastece para os próximos dias (09:20)
Boi: A queda das cotações no mercado atacadista influenciou as tentativas de compra (09:16)
Vetanco participa do Show Rural Coopavel 2020 (09:01)
Milho abre a 5ª feira com baixas em Chicago à espera de números do USDA (09:00)
Soja recua em Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Suíno: cotações estáveis em São Paulo; animal vivo segue valorizado nas principais praças produtoras (07:16)
APA divulga programa definitivo do Congresso de Ovos 2020 (07:01)
CNA discute impactos da reforma tributária para o Agro (06:59)
Pouco boi provoca alta significativa no Norte do país (06:55)
Milho cai em Chicago nesta 4ª feira (06:51)
Poucos negócios novos com a soja brasileira (06:48)