Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
Mercado

Vendas de ovos disparam em Manaus
Manaus, AM, 05 de Dezembro de 2019 - Os ovos estão conquistando espaço bem maior na mesa do consumidor manauara neste final de ano. Com o reajuste médio de 35% no preço da carne bovina, a procura pela proteína alternativa disparou no comércio. Isso em virtude da disparidade dos preços, uma vez que a carne de segunda já passa de R$ 20, enquanto a dúzia de ovos pode ser encontrada pela metade deste valor.

Nas feiras de Manaus, é possível encontrar a forma de ovo com 30 unidades sendo comercializada de R$ 9 (ovos pequenos) até R$ 15 (ovos extragrandes). Já em um supermercado localizado no Vieiralves, a cartela custa R$10,70. O valor, de acordo com a Comissão de Avicultura do Amazonas (CAA), não sofreu alteração apesar do aumento na procura.

O vice-presidente da CAA, Luiz Mario, comemora o aumento na procura do ovo e enxerga o momento como uma oportunidade de valorizar o setor. “O ovo passou a ser visto como produto fundamental para a família. Vemos esse momento como uma oportunidade para o setor ser valorizado. Sabemos que o ovo é uma proteína mais barata que a carne e o frango, que aumentaram nos últimos meses. A demanda aumentou bastante”, informou Luiz, que confirmou que a previsão para 2020 é de aumento na produção e o surgimento de novas granjas.

Na outra ponta, em um mercadinho do bairro Coroado, o comerciante Jorge Azevedo confirma que a procura por ovos, de fato, tem aumentado nas últimas semanas. Ele afirma que recebe cargas do produto todas as segundas e sextas-feiras. Mas, por conta da grande procura, precisou antecipar a entrega da carga e já́ prevê adiantar a próxima encomenda. “Temos que aproveitar este período de aquecimento nas vendas”, vibrou. E haja criatividade para tanto ovo no cardápio. Danilo Medeiros, gerente do restaurante do Dadá, localizado no Centro de Manaus, informou que o ovo vem sendo muito utilizado como alternativa para diminuir os custos da produção.
“Usamos muito ovo aqui. Ontem, por exemplo, foram duas formas. Amanhã, vamos utilizar novamente. Temos que utilizar a criatividade. Podemos fazer picadinho com ovo, massa para panqueca, caldeirada de tambaqui e fora os clientes que gostam de ovo frito e cozido”, disse.

Dados

De acordo com a Secretaria de Produção Rural (SEPROR), a avicultura se concentra principalmente na região metropolitana de Manaus, com mais de 3,15 milhões de aves e 1,49 milhões de caixas de ovos por ano – 520 milhões de unidades. Os principais municípios produtores são Manaus, Iranduba, Manacapuru e Rio Preto da Eva. O Amazonas ocupa a décima quarta posição do país na criação de aves.

Dieta é boa pro coração

Fonte de proteína e vitaminas essenciais para o corpo humano, o ovo é indicado por especialistas como alimento fundamental na dieta básica do brasileiro. De acordo com o endocrinologista Lucas Mitoso, o produto ajuda na saúde do coração e do cérebro.

“O ovo é um substituto muito bom da proteína de origem bovina e suína. Ele tem uma quantidade boa de vitaminas do complexo B, que faz parte da saúde do coração. Tem a B8, que ajuda na saúde cerebral, porque é uma vitamina que compõem a substância que faz a sinapse ser mais efetiva. Além disso, o valor biológico do ovo é muito bom. O corpo absorve quase 100% do que existe no ovo, diferente do que acontece com outras proteínas como a da carne”, explicou Mitoso.

Diferente do que muita gente acredita, o colesterol presente no ovo não é prejudicial ao corpo humano.
“O ovo tem em média 300 mg de colesterol, mas sabemos que esse tipo não é maléfico como o industrializado. Não é aquele que vai entupir as artérias do coração. Não existe um consenso da quantidade ideal para se consumir no dia, mas se levarmos em consideração a quantidade de proteína e vitaminas, podemos sugerir o consumo de duas ou três unidades. Claro que isso depende de pessoa para pessoa”, concluiu.
(Toda Hora ) (Thiago Fernando)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 05/08
Certificados de estabelecimentos e produtos para alimentação animal passam a ser eletrônicos (08:22)
Agropecuária registra saldo positivo de 36,8 mil postos de trabalho em junho (08:19)
Milho sobe no físico nesta 3ªfeira, mas sente pressão de Chicago na B3 (08:07)
Soja: prêmios no Brasil sobem mais de 10% nesta 3ª feira (08:00)
Terça-Feira, 04/08
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a microbiota intestinal (16:16)
Ovotrack lança novo site (10:22)
Armazenamento de ovos é tema do segundo episódio do podcast da Ceva para o setor avícola (08:35)
Milho: retração vendedora sustenta cotações no Brasil (08:05)
Soja 2020/21: ARC Mercosul estima aumento de 3,81% na área e 65% da safra já comercializada (08:00)
Segunda-Feira, 03/08
Aurora Alimentos é a marca que mais conquistou consumidores em 2020 (08:17)
OVOS/CEPEA: preços recuam pelo 3º mês consecutivo (08:15)
MILHO/CEPEA: preços voltam a subir, mesmo com avanço da colheita (08:14)
Milho segue se valorizando no Brasil (08:11)
Soja registra novos recordes de preço (08:00)
Coopeavi realiza primeira assembleia em ambiente virtual e renova Conselho Fiscal (07:48)
Sexta-Feira, 31/07
Preço do milho segue valorizado no mercado físico (08:06)
Soja tem altas pontuais no Brasil e acompanha leve avanço em Chicago (08:04)
Quinta-Feira, 30/07
ABPA apresenta cuidados tomados nos frigoríficos durante a Pandemia (15:16)
Doença de Gumboro: do surto a 100% de imunização (08:26)
Produção de soja no Brasil pode crescer 6% em 2020/21 (08:05)
Prêmios da soja têm novo dia de altas e sobem mais de 3% (08:00)