Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
Exportação

Exportação de frango de SC teve o pior mês do ano em outubro
Florianópolis, 21 de Novembro de 2019 - Santa Catarina não pode reclamar da exportação de frango em 2019, que já atingiu um milhão de toneladas, 6% a mais do que no ano passado, com faturamento de US$ 1,8 bilhão, 11% a mais do que no ano passado. Mas as vendas diminuíram nos últimos meses e outubro foi o pior do ano. Foram embarcadas 80 mil toneladas, o que representa uma queda de 39% em relação às 131 mil toneladas de outubro do ano passado.

O faturamento, de US$ 135 milhões, é 37% menor do que os US$ 215 milhões de outubro do ano passado.

É o pior mês desde junho de 2018, quando foram embarcadas 68 mil toneladas, com faturamento de US$ 112 milhões. Lembrando que, naquele mês, ainda houve impacto da greve dos caminhoneiros. E no primeiro semestre do ano passado também houve a suspensão das exportações de algumas plantas para a Europa.

Dos 10 principais destinos, sete apresentaram queda em relação ao mesmo mês de 2018. Isso ocorreu inclusive com a China, país que se tornou uma das principais apostas do setor para o crescimento das exportações, devido aos problemas de peste suína, mas que registrou um aumento de 18% na produção de frango em 2019 – disse o analista de Socieconomia de Desenvolvimento Rural do Cepa/Epagri, Alexandre Giehl.

No Brasil a queda foi menor. Em outubro foram embarcadas 326 mil toneladas, 8,3% a menos do que outubro do ano passado, com faturamento de US$ 529 milhões, o que representou queda de 7,8%.
Interessante observar que a participação de Santa Catarina nas exportações de frango, que são de 33% no ano, caíram para 25% em outubro, próximo dos patamares dos anos anteriores. Isso demonstra uma recuperação dos outros estados.

De acordo com Alexandre Giehl, uma das explicações para a queda de outubro foi a ocorrência de problemas em trâmites burocráticos, que retardaram o embarque dos produtos nos portos. Representantes do setor informaram que esse problema foi resolvido e que as exportações devem ser normalizadas a partir de novembro – disse Giehl.
(NSC Total) (Darci Debona)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 06/07
Hisex apresenta novo gestor da linhagem de poedeiras (17:33)
China suspende exportações de mais duas unidades brasileiras (09:47)
Terceirização em frigoríficos da Alemanha na berlinda (09:45)
Ovos/CEPEA: cotações encerram junho em queda (09:43)
Milho/CEPEA: movimento de alta continua, e indicador se aproxima dos R$50/sc (09:41)
Soja sobe forte nesta 2ª feira (08:28)
JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:28)
Saúde pública JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:25)
Sexta-Feira, 03/07
China absorve 10% de toda carne bovina produzida no Brasil (08:46)
Frangos, pintainhos e até ovos: caminhoneiro conta como carrega carga viva (08:44)
Inspeções na China devem atrasar fluxo nos portos (08:43)
Quinta-Feira, 02/07
Suínos: cotações encerram junho em alta (09:35)
Boi: vantagem da carne sobre boi se reduz em junho (09:30)
Milho fecha 1º dia do mês subindo no mercado brasileiro (07:37)
Apesar de safra recorde de soja, país deve fechar ano com menor estoque da história (07:27)
Soja: Brasil fecha semestre com embarques de mais de 63 mi de t, 43% a mais na comparação anual (07:19)
Quarta-Feira, 01/07
Plano Safra 2020/2021 entra em vigor nesta 4ª feira (09:52)
Frigoríficos: Paim quer anular portarias com medidas de prevenção que ele considera ineficazes (09:45)
Surpresa no relatório de área plantada eleva preços de soja e milho em Chicago (08:00)
Terça-Feira, 30/06
Mato Grosso já colheu 31,56% da segunda safra de milho; preços caíram 17% no mês (09:18)
O uso de imunomoduladores e betaglucanos nas aves é tema do novo episódio do podcast da FACTA (09:01)
China suspende importações de carne de três frigoríficos brasileiros devido à Covid-19 (06:26)