Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
Matérias-Primas

USDA: colheita da soja e do milho ficam ligeiramente acima do esperado nos EUA
Campinas, SP, 13 de Novembro de 2019 - O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo reporte semanal de acompanhamento de safras mostrando um avanço um pouco mais tímido do avanço dos trabalhos de colheita no país durante a semana. Ainda assim, tanto para a soja, quanto para o milho, os números ficaram acima do esperado, mesmo com atraso em relação ao ano passado e à média dos últimos anos.

São 85% da área de soja já colhida, contra 75% da semana anterior e frente à expectativa do mercado de 83%. Em 2018, nessa época, eram 87% da área e a média dos últimos cinco anos, 92%.

Sobre o milho, o USDA informou que a colheita evoluiu de 52% para 66% até o último domingo (10). A expectativa do mercado vinha em 65%. Há um ano, esse índice era de 83% e de 85% na média plurianual.

CLIMA NOS EUA

Importantes regiões produtoras que ainda precisam avançar consideravelmente com a colheita do cereal no Corn Belt vêm enfrentando dias de frio intenso e muita neve, o que impede uma evolução dos trabalhos de campo.

E as previsões sinalizam que algumas regiões ainda passarão por situações semelhantes nos próximos dias, com temperaturas baixas batendo recordes. As incidências de neve mais severas, de acordo com o Serviço Nacional de Clima dos EUA, foram nos estados nos Michigan, Indiana e Ohio. Nas Dakotas, Nebraska, Iowa, Illinois e leste do Missouri a situação também é séria.

No entanto, meteorologistas norte-americanos já informam que esta onda de frio intenso não deverá durar a semana toda, e que logo as temperaturas começarão a subir, região a região. E essas condições ligeiramente melhores já poderão ser observadas entre sábado e domingo no cinturão.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 09/07
SUÍNOS/CEPEA: preços do vivo sobem em quase todas as regiões; exportações estão aquecidas (09:47)
BOI/CEPEA: indicador volta a fechar acima de R$ 220 (09:46)
Dicas para inovar no agronegócio e vender mais (08:15)
C.Vale e Pluma Agroavícola colocam em funcionamento frigorífico da Plusval (08:14)
Brasil retoma posto de maior produtor de soja do planeta (07:53)
Quarta-Feira, 08/07
Produção de grãos deve atingir 251,4 milhões de toneladas segundo levantamento da Conab (11:32)
Indústria global de carne de aves se recupera gradualmente, mas 2º semestre pode trazer volatilidade (09:12)
Nui Markets vê bom potencial no Brasil (09:10)
Exportadores do Brasil propõem testar carne para acalmar China (09:10)
Exportação de grãos deve beirar recorde (09:09)
Terça-Feira, 07/07
Teste rápido é inútil para conter a covid-19 dentro de frigoríficos (09:25)
Falha em busca ativa justifica testes de anticorpos, diz MPT (09:23)
Preços mais firmes para o farelo de soja (08:47)
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a utilização da tecnologia NIR para análises rápidas e eficientes na alimentação animal (08:02)
Segunda-Feira, 06/07
Hisex apresenta novo gestor da linhagem de poedeiras (17:33)
China suspende exportações de mais duas unidades brasileiras (09:47)
Terceirização em frigoríficos da Alemanha na berlinda (09:45)
Ovos/CEPEA: cotações encerram junho em queda (09:43)
Milho/CEPEA: movimento de alta continua, e indicador se aproxima dos R$50/sc (09:41)
Soja sobe forte nesta 2ª feira (08:28)
JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:28)
Saúde pública JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:25)
Sexta-Feira, 03/07
China absorve 10% de toda carne bovina produzida no Brasil (08:46)
Frangos, pintainhos e até ovos: caminhoneiro conta como carrega carga viva (08:44)
Inspeções na China devem atrasar fluxo nos portos (08:43)