falhou! 2
Sábado, 06 de Junho de 2020
Exportação

Ministra busca investimentos nos Emirados Árabes para melhorar logística para agro no Brasil

Tereza Cristina apresentou oportunidades do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), como ferrovias.
Brasília, DF, 19 de Setembro de 2019 - A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) deu início nesta quinta-feira (19) à agenda de compromissos nos Emirados Árabes, último país da missão ao Oriente Médio.

No país, a ministra busca atrair investimentos para obras de infraestrutura no Brasil, que vão solucionar gargalos enfrentados pelo agronegócio.

Com o diretor-geral da Agência de Agricultura e Segurança Alimentar de Abu Dhabi, Saeed Al Amheri, Tereza Cristina tratou de oportunidades dentro dos projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), entre eles a Ferrogrão e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste, corredores ferroviários que serão importantes para o escoamento da produção de grãos e transporte até os portos.

O programa foi apresentado aos representantes da agência pelo diretor de Programa da Secretaria de Transportes do PPI, Renan Brandão, que está na comitiva brasileira ao Oriente Médio.

Brasil e os Emirados Árabes assinaram, em março, um Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI), com o objetivo de estimular, simplificar e apoiar investimentos bilaterais.

Os diretores da agência sugeriram que o Brasil envie uma lista com os projetos considerados mais exitosos. Eles demonstraram interesse também em firmar cooperações com a Embrapa, que conheceram em 2017.

A ministra fez um convite para que os diretores voltem ao Brasil para revisitar a Embrapa e verem a nova gestão do governo federal. "Temos pressa. O Brasil ficou muito tempo fechado. Vamos diversificar nossos produtos, agregar valor às nossas exportações, e ousar nos projetos agropecuários", disse a ministra.

Em 2018, as exportações agropecuárias para os Emirados Árabes somaram US$ 1,273 bilhão (2,121 milhões de toneladas). Os principais produtos da pauta exportadora são: carne de frango (in natura), açúcar (bruto), carne bovina (in natura), açúcar refinado, fumo (não manufaturado) e milho. Castanhas e frutas são alguns itens que o Brasil deseja incluir no comércio bilateral.

Tereza Cristina destacou os avanços que a agricultura dos Emirados Árabes alcançou, mesmo com clima desfavorável e pouca disponibilidade de água. As técnicas usadas e os resultados, segundo a ministra, servem de estímulo para os produtores brasileiros inovarem.

“Com muito entusiasmo [vejo as técnicas adotadas nos Emirados Árabes], me motiva mais a fazer com que os produtores brasileiros possam crescer mais, pois vemos a dificuldade de vocês com água e clima e estão avançando. No Brasil, temos muita água, solo, tecnologia, mas precisamos saber vender melhor nossos produtos”, afirmou em entrevista à imprensa local.

A ministra destacou que, em outubro, o presidente Jair Bolsonaro visitará o Oriente Médio para reforçar as parcerias comerciais com a região.

A comitiva segue para Dubai. Um dos compromissos é um seminário sobre oportunidades de negócios no Brasil, que ocorrerá no domingo (21).
(MAPA) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 06/06
Sexta-Feira, 05/06
FRANGO/CEPEA: mesmo com exportação aquecida, preços internos registram queda em maio (09:41)
Soja: com demanda, Chicago acumula altas de mais de 3% na semana e tem máximas em dois meses (08:59)
Nova safra de grãos deve bater recorde (08:50)
Mais de 700 estabelecimentos já foram habilitados a exportar para 24 países (08:10)
Governo capixaba anuncia diferimento do ICMS nas importações de milho (08:01)
Setor privado identifica 17 novas barreiras comerciais entre março e maio, mostra CNI (07:59)
Milho cai no mercado físico, mas sobe nas bolsas nesta 5ª feira (07:55)
Soja: Brasil tem 5ª feira de preços em alta com ganhos no dólar (07:48)
Suíno: cotações subiram na primeira semana de junho (07:43)
Suíno: cotações mistas e com perspectiva de retomada lenta do mercado (07:42)
Boi gordo: mercado firme e sustentado (07:41)
Cotações do Boi Gordo registram novos ajustes de preços em São Paulo (07:40)
Quinta-Feira, 04/06
Milho: B3 abre a quinta-feira com poucas movimentações e de olho na colheita (10:19)
Suínos: demanda chinesa elevada faz com que exportações brasileira atinjam recorde (09:24)
Boi Gordo/CEPEA: média mensal da arroba é a terceira maior da série (09:22)
Soja opera estável na Bolsa de Chicago nesta 5ª feira (08:10)
ACAV Conecta aborda o agronegócio após a Covid-19 (06:50)
Justiça americana indicia ceo da Pilgrim's por suposta fixação de preço de frango (06:48)
Boi Gordo: transição safra – entressafra ficou para trás (06:37)
Suíno: cotações mistas marcaram a 4ª feira (06:35)
Milho termina a 4ª feira desvalorizado no Brasil (06:33)
Valorização do real fez soja brasileira perder competitividade frente a americana (06:30)
China cancela embarques de compras de produtos agrícolas dos EUA, afirma The Wall Street Journal (06:27)
Quarta-Feira, 03/06
Covid-19: empresa pode responder por contágio (09:31)
Consumo de frango no Brasil é três vezes maior do que em 1990 (09:30)
Rumos do consumo pós-crise ainda estão indefinidos, diz JBS (09:28)
Soja dá continuidade às altas na Bolsa de Chicago nesta 4ª feira (08:32)
Asgav e Programa Ovos RS realizam em julho atividades de qualificação em formato virtual (08:27)
Suíno: preços estáveis ou com leves altas nesta terça-feira (08:22)
Vietnã habilita 4 plantas de aves e 1 de suínos para importar carne do Brasil (08:21)
Milho: mercado físico brasileiro se movimenta pouco nesta terça-feira (08:08)
Soja: produtor brasileiro só deve voltar às vendas internacionais no segundo semestre (08:05)
Embarques de soja do BR devem desacelerar a partir de julho, após recorde de volume até maio (08:00)
Terça-Feira, 02/06
JBS de Ipumirim volta às atividades: “outro ânimo para trabalhar”, diz produtor (09:10)
Soja: mercado em Chicago trabalha em campo positivo nesta 3ª feira (08:13)
ABPA afirma que o Brasil está pronto para exportar mais carnes para a China durante imbróglio com os EUA (07:39)
Embarques de carne suína batem recorde para um mês de maio (07:36)
Preço pago pelo quilo do suíno vivo no RS inicia junho estável (07:35)
Suíno: cotações estáveis ou em alta neste início de junho (07:34)
Boi: escalas de abate recuam e dão fortes indicações que a oferta de animais será menor neste final de safra (07:32)
Milho começa junho se desvalorizando no Brasil (07:29)
USDA: plantio do milho chega a 93% e 60% da soja está em boas/excelentes condições (07:27)
Soja em Chicago fica estável (07:24)