Domingo, 16 de Fevereiro de 2020
Empresas

Bayer anuncia venda da unidade de saúde animal para a Elanco por US$ 7,6 bilhões
Leverkusen, Alemanha, 21 de Agosto de 2019 - A Bayer anunciou ontem, terça-feira (20), o fechamento de acordo definitivo para a aquisição dos negócios de sua unidade de Animal Health pela empresa norte-americana Elanco Animal Health. A transação está avaliada em US$ 7,6 bilhões, sendo US$ 5,3 bilhões em espécie, sujeitos a ajustes, e US$ 2,3 bilhões em ações da Elanco, com base no preço médio registrado nos 30 dias anteriores a 6 de agosto deste ano.

"Haverá um impacto positivo no portfólio de produtos para animais de produção, trazendo sinergia e complementaridade principalmente em bovinos".
Fernanda Hoe, diretora de Marketing da Elanco, com exclusividade para o OvoSite


O valor do ativo será fixado a um collar de 7,5%. O valor da transação representa um múltiplo implícito de 18,8x baseado no EBITDA dos últimos 12 meses (exceto valores de itens especiais), conforme os números registrados no dia 30 de junho deste ano. Estima-se que o desinvestimento deverá ser concluído em meados de 2020, sujeito a checagens antitruste e outras condições similares. A Bayer pretende deixar sua participação na Elanco com o tempo.

• Desinvestimento da Animal Health antecipa prazo de conclusão de série de medidas iniciadas pela Bayer em 2018
• Objetivo da líder global é aumentar seu foco e posição de liderança em Ciências da Vida


"Esta transação aumenta nosso foco e posição de liderança em Ciências da Vida", diz Werner Baumann, presidente do conselho executivo da Bayer AG. O desinvestimento da Animal Health é o maior movimento da companhia em prol da reestruturação de nosso portfólio, que foi anunciado em novembro de 2018. A Bayer já havia divulgado o desinvestimento das marcas Coppertone® e Dr. Scholl’s®, além da venda de 60% de sua participação na empresa alemã Currenta. "Adiantamos o prazo de conclusão dos desinvestimentos, principal proposta para impulsionar a criação de valor, que foi anunciada durante nosso “Capital Markets Day” em dezembro do ano passado", ele complementa.

A aquisição, altamente complementar aos negócios da Elanco, criará a segunda maior empresa de saúde animal do mundo e colocará seus produtos entre os líderes no tratamento de diferentes espécies, em várias regiões. Também aumentará o portfólio de marcas globais líderes da Elanco e seus recursos de inovação, pesquisa e desenvolvimento.

"Tenho imenso respeito pela equipe de Animal Health da Bayer e seu cuidado com a saúde e o bem-estar animal", diz Jeffrey N. Simmons, presidente e CEO da Elanco. "A combinação entre a forte relação com veterinários mantida pela Elanco e a liderança da Bayer em varejo e e-commerce vai beneficiar todos os nossos clientes. Estamos ansiosos por integrar nossos portfólios e recursos na construção de uma empresa totalmente focada em saúde animal, que oferecerá um fluxo contínuo de inovação a fazendeiros, veterinários e tutores de animais de companhia", complementa.

A unidade de negócios de Animal Health da Bayer é líder global deste segmento; suas vendas alcançaram US$ 1,8 bilhão no ano fiscal de 2018. A empresa desenvolve e comercializa soluções e produtos inovadores para prevenir e tratar doenças que acometem animais de companhia e de fazenda. A linha Advantage® para o controle de carrapatos, pulgas e parasitas, por exemplo, é composta por produtos que lideram o mercado há muitos anos. Além disso, a inovadora coleira contra pulgas, carrapatos e doenças transmitidas por vetores Seresto® é um dos produtos de maior crescimento no mercado atual.

"Gostaríamos de agradecer a todos funcionários que fazem parte da equipe de Animal Health pelo comprometimento e pelo sucesso da unidade de negócios ao longo dos anos. Conseguimos, inclusive, salvaguardar seus interesses durante o processo de aquisição", afirma Baumann. O acordo entre a Bayer e a Elanco prevê que todos os funcionários da Animal Health tenham pelo menos um ano de estabilidade empregatícia, em caso de rescisão unilateral, e que não haja perda real de benefícios.

A Bayer contou com o Bank of America Merrill Lynch e o Credit Suisse como consultores financeiros e com a Sullivan & Cromwell, PwC Legal e Linklaters como consultores legais durante o processo.
(OvoSite, com informações da Assessoria de Imprensa) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 16/02
Sexta-Feira, 14/02
Sasso e Gramado Avicultura estabelecem parceria (12:29)
Agroqualitá realiza curso sobre HACCP para fábricas de ração em Chapecó (12:01)
Programa Ovos RS apresenta resultados ao Serviço Oficial (11:59)
Frango: valorização das concorrentes eleva competitividade da carne de frango (11:48)
Suíno: estabilidade nos preços nesta quinta-feira (06:24)
Valor da Produção Agropecuária para 2020 é estimado em R$ 674,10 bilhões (06:22)
Produção de ovos sobe 4,3% no 4º tri de 2019 ante 4º tri de 2018, diz IBGE (06:21)
Depois de pagar R$ 205,00/@ em SP, frigoríficos alongam escalas e reduzem ritmo de compras (06:18)
Milho fecha com mais de 1% de alta nesta 5ª feira (06:17)
Soja sobe até 2,6% no interior do Brasil com demanda e dólar ainda forte frente ao real (06:15)
CNA vai mostrar que tabelamento obrigatório do frete prejudica o setor (06:06)
Quinta-Feira, 13/02
CNA e Caixa Econômica discutem renegociação de dívidas e Crédito Rural (15:30)
FAESC apoia campanha de proteção ao agronegócio catarinense (15:27)
SBSA 2020: em debate, a inovação e o futuro da avicultura (12:54)
Luiz Carlos Giongo assume a presidência do Nucleovet (12:50)
Suínos: exportações firmes elevam preço do suíno no Brasil (12:26)
Boi: apesar da queda de 36% em janeiro, embarques à china seguem elevados (12:25)
Abate de bovinos cai e o de suínos e frangos sobe no último trimestre (12:22)
Abate de bovinos cai 1,8% no 4º trimestre de 2019 ante o 4º tri de 2018, diz IBGE (12:11)
ABPA e Apex-Brasil levam 14 agroindústrias para a Gulfood 2020 (08:45)
Soja: otimismo diminui em Chicago nesta 5ª feira com anúncio de novas mortes pelo Corona; BR mantém foco no dólar (08:12)
Exportações do agronegócio totalizam US$ 5,8 bilhões em janeiro (08:07)
Suíno: preço da arroba permanece estável acima dos R$ 100 em SP (08:00)
Milho: 4ª feira termina com altas em Chicago e no Brasil (07:55)
Soja sobe forte no Brasil com dólar em recorde histórico e 4ª feira de altas em Chicago (07:50)
Quarta-Feira, 12/02
Adisseo apresenta pesquisa sobre micotoxinas em milho (14:49)
Mercado árabe é foco de ação de promoção da carne brasileira (12:24)
ABPA promove SIAVS durante IPPE 2020 (10:10)
Vai e vem da carne bovina no varejo (09:26)
BRDE reabre frigorífico em Umuarama (09:17)
Soja: mercado em Chicago mantém estabilidade nesta 4ª com foco nas relações China x EUA (09:10)
Estão abertas as inscrições online para o Congresso de Ovos 2020 (07:16)
PIB-Agro/CEPEA: Ramo pecuário cresce e mantém elevação do PIB (07:12)
Santa Catarina cria campanha de proteção ao agronegócio (07:07)
Suínos: dia de valorização nos preços (07:00)
MAPA prevê mais um recorde histórico para a safra de grãos: 251 milhões de toneladas (06:58)
Preços do milho brasileiro atingem maior patamar em 4 anos com demanda aquecida (06:57)
Soja no Brasil pode passar dos R$ 90 nos portos a partir do dia 15/02 (06:55)
USDA sobe safra de soja do Brasil para 125 mi de t e reduz estoques finais dos EUA; estoques de milho mantidos (06:50)
Terça-Feira, 11/02
Milho: ofertas do cereal ficaram mais restritas nos últimos dias no mercado paulista (14:43)
Boi: chuvas reforçam o poder de retenção do pecuarista (14:41)
Preço do ovo subiu 24,2% em uma semana nas granjas em São Paulo (12:28)
Soja caminha de lado na Bolsa de Chicago nesta 3ª feira (12:24)
PIB do agronegócio cresce 2,4% de janeiro a novembro de 2019 (12:22)
Conab apresenta novo recorde de grãos que chega a 251 milhões de toneladas (09:19)
Campanha na Europa defende a cobrança de nova taxa sobre carnes (08:59)
Ministério da Agricultura cria o ‘Núcleo China’ (08:52)
Desempenho do crédito rural na atual safra atinge R$ 116,7 bilhões em sete meses (08:38)
Suíno: semana começa com cotações positivas (07:08)
Alta demanda interna de ovos diminui exportações em janeiro (07:07)
Boi Gordo: cotação da arroba sobe em quinze praças pecuárias (07:04)
Milho: mercado tem altas pontuais no interior do Brasil de até 2,5% nesta 2ª feira (07:00)
Soja: preços no Brasil tem até R$ 1,50 a mais por saca com pequenas altas da CBOT e do dólar (06:58)
USDA pode reduzir estoques finais dos EUA e aumentar safra de soja do Brasil (06:55)