Sexta-feira, 28 de Fevereiro de 2020
Publicações

O Brasil que é exemplo para o mundo, por Francisco Turra
Porto Alegre, RS, 20 de Agosto de 2019 - A carne de frango ou suína que chega à sua mesa não é apenas um alimento saboroso e nutritivo. É o resultado do trabalho de milhares de pessoas, envolvidas em uma das mais importantes cadeias produtivas nacionais. É, também, uma das mais importantes marcas brasileiras. Proteína que chega a mais de 150 países, gerando não só desenvolvimento por aqui, mas sendo exemplo mundial de qualidade e profissionalismo. Após décadas de trabalho árduo, os setores da avicultura e suinocultura ocupam posição de destaque no cenário global. Estamos na ponta das exportações — e o atual momento é promissor. No ano, as vendas de carne suína tiveram um aumento de 19,6%, enquanto o frango teve avanço de 5,8%. No exterior, os surtos de peste suína africana e influenza aviária na Ásia fizeram com que nosso produto — totalmente livre de doenças — ganhasse cada vez mais espaço.

Além disso, abrimos uma série de novos mercados nos últimos anos, como Índia e Coreia do Sul. E as perspectivas são ainda melhores: o acordo firmado entre Mercosul e União Europeia trará mais oportunidades ao segmento. Não somente com o velho continente, mas com muitas nações. Com o conhecido nível de exigência da Europa, temos a chancela para atender qualquer requisito. Dado esse panorama tão positivo, superados desafios recentes, a expectativa é alta para a nova edição do SIAVS (Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura). Será entre os dias 27 e 29 de agosto, em São Paulo.

Mais de 15 mil visitantes, 100 palestrantes e 150 expositores daqui e de fora estarão presentes. Todos os elos do setor estarão reunidos. Além disso, o Salão sediará reunião do Conselho Mundial da Avicultura, com representantes de nações que respondem por 80% da produção avícola global. Espaço privilegiado para fechar novas parcerias e discutir as perspectivas da proteína animal. E, mais do que isso, uma vitrine para mostrar o que de melhor fazemos. Nossa produção é sinônimo de trabalho, de emprego e de crescimento. De qualidade comprovada. Uma força do Brasil que é exemplo para o mundo.
(Correio do Povo) (Franciso Turra, Presidente da ABPA)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 28/02
APA atualiza programa do Congresso de Ovos 2020 (15:25)
Frango: poder de compra do avicultor paulista se eleva no mês (11:17)
Suínos: menor oferta continua sustentando cotações do suíno vivo (11:10)
Boi: baixa oferta de animais mantém preços do boi firmes em fevereiro (11:00)
Milho abre a sexta-feira com leves baixas em Chicago (09:00)
Encerra hoje, sexta-feira, a primeira etapa inscrições para o SBSA 2020 (06:56)
Katayama Alimentos conquista Certificação Halal (06:54)
Grupo Mantiqueira ganha certificado do Great Place To Work (GPTW) (06:53)
Suínos: valorização no preço do animal vivo na maioria das praças produtoras (06:52)
Frigoríficos enfrentam demanda reduzida da China em meio ao coronavírus (06:51)
Soja desaba nesta 6ª feira (06:48)
Milho cai até 1,62% nesta 5ª feira na Bolsa de Chicago (06:46)
Emater define safra de soja 2019/20 no RS como irregular e já verifica perdas consolidadas (06:33)
Quinta-Feira, 27/02
Boi: China deve começar a retomar as importações com mais força na segunda quinzena de Abril (12:25)
Importações de carne bovina na China devem ser lentas, mas recuperação vem no segundo semestre (11:28)
Em um ano, avicultura de Apucarana tem crescimento de 9% (10:33)
Milho abre a quinta-feira ainda em queda na Bolsa de Chicago (09:21)
Soja volta a recuar em Chicago nesta 5ª feira (09:20)
Conab realiza leilões para a venda e contratação do transporte de milho destinado a criadores de animais (09:15)
Pif Paf Alimentos recebe autoridades em Santa Catarina (07:55)
Mapa oferece atualização para veterinários dos estados, municípios e consórcios públicos (07:51)
Pecuarista segura gado aguardando preços melhores (07:49)
Milho: 4ª feira se encerra com pequenas perdas em Chicago (07:48)
Soja nos portos sobe R$ 1,50/saca com altas do dólar e de Chicago (07:45)
Quarta-Feira, 26/02
Ovos: cotações mensais atingem recorde nominal (13:37)
Milho: cotações continuam em alta em praticamente todas as regiões (13:32)
Soja: apesar do avanço da colheita, preços seguem firmes (13:30)
Brasil deve produzir 10,5 mi de t de carne bovina em 2020, diz USDA (11:02)
Milho abre a 4ª feira estável em Chicago (09:40)
Soja tem estabilidade e leve recuo em Chicago nesta 4ª feira (08:00)
Empresa avícola paranaense monitora qualidade de água gerada em suas operações por meio de bioindicadores (07:37)
Commodities agrícolas registram alta mesmo em novo dia de aversão com o coronavírus (07:34)
Terça-Feira, 25/02
Segunda-Feira, 24/02
Estados Unidos reabrem mercado para carne in natura do Brasil (15:05)