Domingo, 12 de Julho de 2020
Agronegócios

SP: preços agrícolas fecham o mês de julho com queda de 0,04%
São Paulo, SP, 13 de Agosto de 2019 - Encerrando um ciclo de 5 semanas de alta, o índice que mede a variação dos preços recebidos pelos agricultores paulistas (IqPR) fechou o mês de julho com pequena baixa de 0,04%, informa a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta).

Dos 19 produtos que compõem o índice, apenas 7 apresentaram alta de preços no período: amendoim (4,81%), laranja para indústria (4,52%) e café (2,29%), cana-de-açúcar (1,78%), carne bovina (1,69%), trigo (1,02%) e milho (0,32%).

No caso do amendoim, problemas climáticos que reduziram a produtividade da safra/2019, acrescentados à redução dos estoques com as festas de junho que interferiram na oferta, aumentaram os preços recebidos por seus produtores no último mês. Destaca-se que os valores atuais da saca de 25 kg estão 28,11% maiores do que em julho de 2018, afirmam Danton Leonel de Camargo Bini e Eder Pinatti, pesquisadores do IEA.

Dentre os 12 produtos que reduziram seus preços, tiveram maior variação: tomate para mesa (26,65%), batata (14,59%) e feijão (7,38%).

Acumulado dos últimos 12 meses

No período de agosto de 2018 a julho de2019, o IqPR ficou em 15,78%, sendo que os produtos de origem vegetal subiram 17,48% enquanto os de origem animal tiveram variação um pouco menor: 11,59%. Comparando o IqPR com o Índice de Preços Pagos (IPP), também calculado pelo IEA, e que apresenta um termômetro dos custos de produção agropecuários no Estado de São Paulo, observamos uma variação positiva de 8,55% no período. Contudo, individualmente, 11 culturas, ao terem acúmulos de preços positivos abaixo do IPP ou negativos, dão indicativos de que obtiveram retornos contraproducentes. São elas: algodão (-23,44%), laranja para mesa (-23,07%), trigo (-15,10%), soja (-6,18%), banana nanica (-4,9%), arroz (-4,18%), laranja para indústria (-4,09%), café (-3,98%), leite cru refrigerado (+0,01%), milho (+1,89%) e cana-de-açúcar (+7,78%). Acima do índice de custos, subiram nos últimos 12 meses: batata (+203,77%), tomate para mesa (98,94%), carne suína (+61,28%), feijão (40,64%), amendoim (28,11%), carne de frango (+10%), carne bovina (9,71%) e ovos (8,65%).
(Secr. de Agr. e Abastecimento do Estado de SP) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 12/07
Sexta-Feira, 10/07
Com alta de 24,5%, exportações do agronegócio batem recorde para meses de junho e ultrapassam US$ 10 bilhões (13:53)
FRANGO/CEPEA: apesar de queda nos embarques, preço interno da carne está firme (07:31)
Agronegócio responde por 72% das exportações catarinenses no primeiro semestre de 2020 (07:26)
Com recordes de valores de soja e milho, VBP de 2020 é estimado em R$ 716,6 bilhões (07:25)
Comercialização de soja 2019/20 e da safra nova em junho foi mais lenta (07:10)
Quinta-Feira, 09/07
SUÍNOS/CEPEA: preços do vivo sobem em quase todas as regiões; exportações estão aquecidas (09:47)
BOI/CEPEA: indicador volta a fechar acima de R$ 220 (09:46)
Dicas para inovar no agronegócio e vender mais (08:15)
C.Vale e Pluma Agroavícola colocam em funcionamento frigorífico da Plusval (08:14)
Brasil retoma posto de maior produtor de soja do planeta (07:53)
Quarta-Feira, 08/07
Produção de grãos deve atingir 251,4 milhões de toneladas segundo levantamento da Conab (11:32)
Indústria global de carne de aves se recupera gradualmente, mas 2º semestre pode trazer volatilidade (09:12)
Nui Markets vê bom potencial no Brasil (09:10)
Exportadores do Brasil propõem testar carne para acalmar China (09:10)
Exportação de grãos deve beirar recorde (09:09)
Terça-Feira, 07/07
Teste rápido é inútil para conter a covid-19 dentro de frigoríficos (09:25)
Falha em busca ativa justifica testes de anticorpos, diz MPT (09:23)
Preços mais firmes para o farelo de soja (08:47)
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a utilização da tecnologia NIR para análises rápidas e eficientes na alimentação animal (08:02)