Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
Legislação

Brasília Ambiental desburocratiza licenciamento para criadores de aves
Brasília, DF, 12 de Agosto de 2019 - Em recente instrução normativa (IN), publicada no Diário Oficial (DO) do Distrito Federal, o Brasília Ambiental estabeleceu novos procedimentos para apresentação dos projetos ambientais de atividades relacionadas à avicultura de pequeno, médio e grande porte.

Uma das principais conquistas da IN nº 9, de 15 de julho, é a uniformização da entrega de documentos e da análise dos processos de licenciamento para aviculturas. Com isso, o cidadão – ao entregar ao instituto toda a documentação necessária para a solicitação de licença – deverá seguir a listagem apresentada na normativa. Isso permite uma análise ambiental mais célere que, por consequência, agiliza o início das atividades do empreendimento.

O superintendente de Licenciamento do Brasília Ambiental, Alisson Santos Neves, destacou a importância da busca de mecanismos para diminuir o tempo de resposta dos pedidos de licenciamento para o segmento.

“A avicultura é uma das principais atividades do setor rural no DF, por movimentar a economia e gerar empregos. Não vamos querer que empreendimentos fiquem fechados por conta do licenciamento ambiental”, destacou Santos Neves.

Protocolos técnicos

Outro ponto fundamental da instrução é que o Brasília Ambiental passa a oferecer a opção de alguns protocolos técnicos ao empreendedor que, uma vez aceitando-os, reduz a necessidade de apresentação de outros documentos.

Isso torna a tramitação mais rápida e ainda proporciona a redução de custos com a contratação de consultoria ambiental, por parte do cidadão.

A nova instrução faz parte de um movimento que busca estabelecer fluxos e desburocratizar processos de licenciamento ambiental para vários setores da economia.
(Agência Brasília) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 02/07
Milho fecha 1º dia do mês subindo no mercado brasileiro (07:37)
Apesar de safra recorde de soja, país deve fechar ano com menor estoque da história (07:27)
Soja: Brasil fecha semestre com embarques de mais de 63 mi de t, 43% a mais na comparação anual (07:19)
Quarta-Feira, 01/07
Plano Safra 2020/2021 entra em vigor nesta 4ª feira (09:52)
Frigoríficos: Paim quer anular portarias com medidas de prevenção que ele considera ineficazes (09:45)
Surpresa no relatório de área plantada eleva preços de soja e milho em Chicago (08:00)
Terça-Feira, 30/06
Mato Grosso já colheu 31,56% da segunda safra de milho; preços caíram 17% no mês (09:18)
O uso de imunomoduladores e betaglucanos nas aves é tema do novo episódio do podcast da FACTA (09:01)
China suspende importações de carne de três frigoríficos brasileiros devido à Covid-19 (06:26)
Segunda-Feira, 29/06
OVOS/CEPEA: fraca demanda e baixa liquidez seguem pressionando cotações (09:47)
Milho: dólar elevado favorece competitividade do milho no mercado externo (09:46)
Soja: demanda por óleo de soja volta a crescer no Brasil (09:45)
EUA: exportadores declaram segurança, mas refugam garantia de "vírus-free" (09:07)
Novo Outlook da Fiesp: boas perspectivas para um produtor confiável (09:05)
Pesquisadores da Unicamp analisam impacto das mudanças climáticas na safra de milho (07:53)
Justiça autoriza retomada parcial de unidade da JBS em Passo Fundo por quatro dias (07:47)
Ministério da Agricultura suspende exportação de frigorífico da JBS à China (07:45)
Sexta-Feira, 26/06
Com formato inédito, Qualificaves debate sobre a laringotraqueíte (08:12)
ABPA e Sindiavipar defendem o fim da interrupção das atividades da Avenorte (08:03)