Sábado, 11 de Julho de 2020
Mercado Externo

Canadá suspende exportações de carne para a China
Ottawa, Canadá, 26 de Junho de 2019 -

OTTAWA, CANADÁ  -  O Canadá suspendeu na noite desta terça-feira todas as exportações de carne para a China depois que uma investigação feita por Pequim acusou a existência de certificados forjados em determinadas remessas de carne suína canadense.

A medida afeta o comércio de quase meio bilhão de dólares em carnes e ocorre num momento de aumento das tensões entre Pequim e Ottawa, após a decisão do Canadá de prender uma executivo sênior da Huawei Technologies em dezembro.

A China já havia proibido a importação de sementes canadenses de canola, restringido a importação de produtos suínos de certos frigoríficos e prendido dois cidadãos canadenses por motivos de segurança nacional.

De acordo com um comunicado publicado no site da embaixada chinesa no Canadá, as investigações movidas pela China identificaram "óbvias lacunas de segurança" nas inspeções canadenses de carne exportada. A investigação foi iniciada depois que agentes aduaneiros chineses encontraram vestígios de um aditivo para ração, a ractopamina, em um carregamento de carne suína congelada canadense.

A ractopamina é proibida na China, que proibiu novas remessas de carne de porco de um processador baseado em Quebec.

De acordo com a embaixada chinesa, a investigação descobriu que o certificado veterinário anexado à carne de porco congelada era falsificado, e os investigadores canadenses descobriram outros certificados forjados.

"A fim de proteger a segurança dos consumidores chineses, a China adotou medidas preventivas urgentes e solicitou ao governo canadense a suspensão da emissão de certificados para carne exportada para a China", informou o comunicado da embaixada chinesa no Canadá.

Autoridades canadenses aceitaram o pedido da China, disse o lobby do setor suíno do Canadá em comunicado nesta terça-feira.

O Conselho de Carne de Porco do Canadá disse que a medida não foi "o resultado de uma preocupação de segurança alimentar, mas o uso indevido da reputação do Canadá como fornecedor de produtos de qualidade segura". O grupo acrescentou que as partes interessadas da indústria da carne estão em conversações com as autoridades canadenses sobre os próximos passos.

(Valor) (Dow Jones Newswires)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 11/07
Sexta-Feira, 10/07
Com alta de 24,5%, exportações do agronegócio batem recorde para meses de junho e ultrapassam US$ 10 bilhões (13:53)
FRANGO/CEPEA: apesar de queda nos embarques, preço interno da carne está firme (07:31)
Agronegócio responde por 72% das exportações catarinenses no primeiro semestre de 2020 (07:26)
Com recordes de valores de soja e milho, VBP de 2020 é estimado em R$ 716,6 bilhões (07:25)
Comercialização de soja 2019/20 e da safra nova em junho foi mais lenta (07:10)
Quinta-Feira, 09/07
SUÍNOS/CEPEA: preços do vivo sobem em quase todas as regiões; exportações estão aquecidas (09:47)
BOI/CEPEA: indicador volta a fechar acima de R$ 220 (09:46)
Dicas para inovar no agronegócio e vender mais (08:15)
C.Vale e Pluma Agroavícola colocam em funcionamento frigorífico da Plusval (08:14)
Brasil retoma posto de maior produtor de soja do planeta (07:53)
Quarta-Feira, 08/07
Produção de grãos deve atingir 251,4 milhões de toneladas segundo levantamento da Conab (11:32)
Indústria global de carne de aves se recupera gradualmente, mas 2º semestre pode trazer volatilidade (09:12)
Nui Markets vê bom potencial no Brasil (09:10)
Exportadores do Brasil propõem testar carne para acalmar China (09:10)
Exportação de grãos deve beirar recorde (09:09)
Terça-Feira, 07/07
Teste rápido é inútil para conter a covid-19 dentro de frigoríficos (09:25)
Falha em busca ativa justifica testes de anticorpos, diz MPT (09:23)
Preços mais firmes para o farelo de soja (08:47)
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a utilização da tecnologia NIR para análises rápidas e eficientes na alimentação animal (08:02)