Terça-feira, 07 de Julho de 2020
Empresas

Korin investe R$ 16 milhões em fábrica e foca em frango sem transgênico
São Paulo, SP, 07 de Junho de 2019 - A fabricante de alimentos Korin, forte em venda de ovos e frangos sem antibióticos, acaba de inaugurar uma nova fábrica de ração, com capacidade para produzir 6 mil toneladas de ração por mês. O investimento foi de 16 milhões de reais.

A nova fábrica permite que a companhia produza três tipos de ração ao mesmo tempo: ração com milho transgênico, ração livre de transgênico e ração orgânica. Com isso, possibilita que a companhia faça uma transição importante em seu portfólio de produtos.

A intenção é ir reduzindo a quantidade de frangos e ovos com transgênicos e aumentar a quantidade dos produtos livres de transgênicos, lançados pela Korin no mês passado. A meta é tirar o frango alimentado com transgênico do portfólio até o final do ano. A mudança só será possível porque a nova fábrica tem capacidade para manter três produções diferentes, enquanto necessário.

“Vamos subir todo o base line da Korin. É um marco na vida da empresa”, diz o presidente da companhia Reginaldo Morikawa. O executivo admite, porém que a mudança deverá ter impacto nas vendas, já que o frango livre de transgênico é 8% mais caro do que o com transgênico.

Contando a nova fábrica e a antiga (que continuará operando), a capacidade de produção da Korin passa de 2,5 mil toneladas de ração por mês para 8,5 mil toneladas. Com isso, a fabricante poderá triplicar sua capacidade de produção de frango – hoje a Korin produz 20 mil toneladas de frango ao ano.
(Exame) (Mariana Desidério )
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 07/07
Teste rápido é inútil para conter a covid-19 dentro de frigoríficos (09:25)
Falha em busca ativa justifica testes de anticorpos, diz MPT (09:23)
Preços mais firmes para o farelo de soja (08:47)
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a utilização da tecnologia NIR para análises rápidas e eficientes na alimentação animal (08:02)
Segunda-Feira, 06/07
Hisex apresenta novo gestor da linhagem de poedeiras (17:33)
China suspende exportações de mais duas unidades brasileiras (09:47)
Terceirização em frigoríficos da Alemanha na berlinda (09:45)
Ovos/CEPEA: cotações encerram junho em queda (09:43)
Milho/CEPEA: movimento de alta continua, e indicador se aproxima dos R$50/sc (09:41)
Soja sobe forte nesta 2ª feira (08:28)
JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:28)
Saúde pública JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:25)
Sexta-Feira, 03/07
China absorve 10% de toda carne bovina produzida no Brasil (08:46)
Frangos, pintainhos e até ovos: caminhoneiro conta como carrega carga viva (08:44)
Inspeções na China devem atrasar fluxo nos portos (08:43)
Quinta-Feira, 02/07
Suínos: cotações encerram junho em alta (09:35)
Boi: vantagem da carne sobre boi se reduz em junho (09:30)
Milho fecha 1º dia do mês subindo no mercado brasileiro (07:37)
Apesar de safra recorde de soja, país deve fechar ano com menor estoque da história (07:27)
Soja: Brasil fecha semestre com embarques de mais de 63 mi de t, 43% a mais na comparação anual (07:19)
Quarta-Feira, 01/07
Plano Safra 2020/2021 entra em vigor nesta 4ª feira (09:52)
Frigoríficos: Paim quer anular portarias com medidas de prevenção que ele considera ineficazes (09:45)
Surpresa no relatório de área plantada eleva preços de soja e milho em Chicago (08:00)