Terça-feira, 07 de Julho de 2020
Matérias-Primas

Soja fecha em alta na CBOT nesta 4ª feira
Campinas, SP, 23 de Maio de 2019 - O clima excessivamente chuvoso mantendo o ritmo lento do plantio dos grãos nos EUA volta ao centro do mercado internacional e as cotações da soja subiram mais de 6 pontos nesta quarta-feira (22) na Bolsa de Chicago. O julho fechou o dia com US$ 8,28, enquanto o agosto ficou em US$ 8,35 por bushel. Mais cedo, os ganhos passavam de 10 pontos.

As previsões para os próximos sete dias mostram ainda muitas chuvas chegando ao Corn Belt. "A previsão é de acumulados muito altos na região Central e nas Planícies do Sul até o Oeste e Centro do Meio-Oeste americano. Bastante desfavorável para o plantio 2019", diz Bryce Anderson, meteorologista sênior do portal DTN The Progressive Farmer.

EUA 7 dias DTN

Os EUA tem apenas 19% da área de soja plantada, contra a média de 47% dos últimos cinco anos. Estados como Illinois têm apenas 9% da semeadura concluída, ou 27% em Iowa. As médias são de, respectivamente 55% e 51%.

O mercado internacional foi ainda favorecido pela notícia de uma venda de soja dos EUA de 131 mil toneladas de soja para destinos não revelados.

Dividido entre as questões da guerra comercial e do clima no Corn Belt, o mercado se atenta agora também à real área plantada da safra 2019/20 e também à questões políticas norte-americanas.

Ontem, notícias de que o programa de ajuda do governo Trump aos produtores que estão sendo impactados pela guerra comercial e que poderia pagar até US$ 2,00 por bushel de soja de subsídio movimentou o mercado e provocou muita especulação. As informações, porém, ainda são divergentes.

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) se posicionou e disse que essas informações chegaram mais a frente.

Paralelamente, nesta quarta, a China afirmou que está pronta para novas conversas comerciais com os Estados Unidos. A declaração foi do embaixador da China nos Estados Unidos, Cui Tiankai.

Apesar disso, o presidente chinês Xi Jinping orientou que "tempos difíceis" vêm pela frente.

PREÇOS NO BRASIL

Os preços da soja subiram nesta quarta-feira nos portos do Brasil, acompanhando os ganhos registrados em Chicago. Em Paranaguá, R$ 80,00 no spot e R$ 81,00 por saca no junho, com ganhos de 0,63% e 0,62%, respectivamente.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 07/07
Preços mais firmes para o farelo de soja (08:47)
Podcast FACTA: novo episódio será sobre a utilização da tecnologia NIR para análises rápidas e eficientes na alimentação animal (08:02)
Segunda-Feira, 06/07
Hisex apresenta novo gestor da linhagem de poedeiras (17:33)
China suspende exportações de mais duas unidades brasileiras (09:47)
Terceirização em frigoríficos da Alemanha na berlinda (09:45)
Ovos/CEPEA: cotações encerram junho em queda (09:43)
Milho/CEPEA: movimento de alta continua, e indicador se aproxima dos R$50/sc (09:41)
Soja sobe forte nesta 2ª feira (08:28)
JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:28)
Saúde pública JBS recebe aval para reabrir unidade de Passo Fundo após surto de Covid-19 (07:25)
Sexta-Feira, 03/07
China absorve 10% de toda carne bovina produzida no Brasil (08:46)
Frangos, pintainhos e até ovos: caminhoneiro conta como carrega carga viva (08:44)
Inspeções na China devem atrasar fluxo nos portos (08:43)
Quinta-Feira, 02/07
Suínos: cotações encerram junho em alta (09:35)
Boi: vantagem da carne sobre boi se reduz em junho (09:30)
Milho fecha 1º dia do mês subindo no mercado brasileiro (07:37)
Apesar de safra recorde de soja, país deve fechar ano com menor estoque da história (07:27)
Soja: Brasil fecha semestre com embarques de mais de 63 mi de t, 43% a mais na comparação anual (07:19)
Quarta-Feira, 01/07
Plano Safra 2020/2021 entra em vigor nesta 4ª feira (09:52)
Frigoríficos: Paim quer anular portarias com medidas de prevenção que ele considera ineficazes (09:45)
Surpresa no relatório de área plantada eleva preços de soja e milho em Chicago (08:00)