Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
Empresas

Cobb e OneEgg fornecem mais ovos para mais crianças
Siloam Springs, EUA, 12 de Abril de 2019 - Em continuidade à missão de aumentar a disponibilidade de proteína animal para crianças com risco de desnutrição em todo o mundo, a Cobb-Vantress e o programa OneEgg, recentemente, lançaram novas frentes de trabalho no Nepal, Honduras e Etiópia.

As crianças que participam do projeto recebem um ovo por dia, em vários dias da semana, aumentando o consumo de proteína animal, essencial para o crescimento e desenvolvimento. A desnutrição proteica afeta quase 150 milhões de crianças em todo o mundo, e os ovos contêm 18 tipos diferentes de proteínas e nove vitaminas diferentes.

OneEgg e Cobb trabalham em conjunto com as comunidades para estabelecer pequenas e sustentáveis operações avícolas. Por meio do trabalho, as famílias têm a oportunidade de movimentar a economia local e criar empregos na comunidade. O objetivo é capacitá-las e aumentar a quantidade de proteína animal na dieta das crianças.

A Cobb oferece assistência técnica e capacita os participantes nas áreas de criação animal, design do alojamento das aves, manejo dos lotes, produção de ovos, marketing, vendas, gestão de negócios e muito mais.

A melhoria da nutrição obtida pela adição de ovos à dieta das crianças nesses países pode proporcionar benefícios que durarão a vida toda, principalmente para aqueles que o crescimento e o desenvolvimento foram prejudicados devido à falta de proteína animal. Quantidades adequadas de proteína animal garantem um desenvolvimento mental mais forte, saúde física e QI mais alto. Além disso, o fornecimento de proteína fortalece a participação na escola e nas atividades da comunidade.

De acordo com o U.S. Dietary Guidelines Advisory Committee (Comitê Consultivo de Diretrizes Dietéticas dos EUA), a proteína é um dos mais importantes macronutrientes da dieta porque ela oferece aminoácidos essenciais e energia ao corpo. Micronutrientes – as vitaminas e minerais que nós recebemos dos alimentos que comemos – também são decisivos para o desenvolvimento físico e cognitivo. A nutrição é particularmente importante durante a primeira infância, e é por isso que o programa OneEgg é voltado para crianças em idade pré-escolar, entre os três e os cinco anos.

“Eu continuo extremamente orgulhoso das contribuições que a Cobb vem fazendo com o OneEgg. Como empresa, a Cobb valoriza e entende o impacto que está proporcionando para as crianças”, disse Dave Juenger, conselheiro sênior do Suporte de Serviços da Cobb. “Como líder do setor, a Cobb possui o conjunto de habilidades e capacitação para providenciar pequenas operações de produção com assistência técnica necessária para ajudá-los a tornarem-se autossuficientes. Isso não só gera impacto econômico, como também garante uma fonte essencial de proteína animal para as comunidades rurais, especialmente as crianças. Acredito que nossos esforços e compromissos podem criar mudanças positivas que durarão por gerações”.

No Nepal, a desnutrição crônica afeta aproximadamente um milhão de crianças abaixo de cinco anos de idade (ou 36% da população), com o acesso limitado à proteína animal de qualidade listado como um dos principais fatores.

Uma realidade similar impacta o dia-a-dia das crianças em Honduras e na Etiópia, embora cada país enfrente os seus próprios desafios. Assim, cada programa OneEgg varia ligeiramente com base nas necessidades individuais do país:

• Nepal. Os esforços no Nepal concentram-se na capacitação dos produtores locais para fornecerem ovos para 12 escolas e 700 crianças, com a meta de atingir sete mil crianças nos próximos dois anos. O projeto colaborativo espera fornecer um ovo por dia, três vezes por semana, para crianças de Rupandehi, Palpa e distritos de Kathmandu.

• Honduras. O OneEgg em Honduras tem o foco de fornecer ovos para mulheres grávidas e seus familiares. O projeto inclui pesquisa, educação e esforços em Sierra de Agalta, em Olancho Valley, para continuar investigando o valor dos ovos no desenvolvimento físico de uma criança e compartilhar o modelo de negócios de produção para serem implementados em países em desenvolvimento.

• Etiópia. Em parceria com o Projeto Mercy, OneEgg Etiópia introduz a produção e o consumo dos ovos na comunidade Yetebon. Os beneficiários incluem crianças na pré-escola, bem como famílias rurais locais.


"Temos a missão de mudar o mundo com um ovo por vez, e eu sei que nossa parceria com a Cobb-Vantress, assim como com nossos novos parceiros locais na Etiópia, Honduras e Nepal, estão nos colocando a um passo de alcançar esse objetivo”, disse Chris Ordway, diretor-executivo da OneEgg. “A proteína animal é essencial para a cognição e desenvolvimento físico, especialmente das crianças. Ao oferecer mais ovos para mais crianças, estamos mudando o futuro das gerações e das comunidades para um futuro mais saudável e próspero”.



Em continuidade à missão de aumentar a disponibilidade de proteína animal para crianças com risco de desnutrição em todo o mundo, a Cobb-Vantress e o programa OneEgg, recentemente, lançaram novas frentes de trabalho no Nepal, Honduras e Etiópia.

Para ajudar a cumprir o compromisso de fornecer mais ovos para esses países, a Cobb trabalha em conjunto com a sua subsidiária Tyson Foods, junto com o American Egg Board, Egg Nutrition Center, Shyira Diocese of the Anglican Church e Church of the Ascension in Arlington, Virginia.

Desde que a Cobb começou a trabalhar com o OneEgg, em 2008, 10 milhões de ovos nutriram cerca de 10.000 mil crianças em risco, ao redor do mundo. Para saber mais sobre a Cobb-Vantress, visite www.cobb-vantress.com. Para mais informações sobre OneEgg, acesse www.oneegg.org.

Sobre a Cobb-Vantress – A Cobb-Vantress Inc fornece proteína saudável, de qualidade e acessível para todo o mundo. Somos uma empresa global que utiliza pesquisas e tecnologias inovadoras para a indústria avícola global. Com sede em Siloam Springs, Arkansas, somos a empresa produtora de aves de corte de pedigree mais antiga do mundo, com distribuição para mais de 120 países. Para mais informações acesse www.cobb-vantress.com.
(Cobb-Vantress) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 03/06
Covid-19: empresa pode responder por contágio (09:31)
Consumo de frango no Brasil é três vezes maior do que em 1990 (09:30)
Rumos do consumo pós-crise ainda estão indefinidos, diz JBS (09:28)
Soja dá continuidade às altas na Bolsa de Chicago nesta 4ª feira (08:32)
Asgav e Programa Ovos RS realizam em julho atividades de qualificação em formato virtual (08:27)
Suíno: preços estáveis ou com leves altas nesta terça-feira (08:22)
Vietnã habilita 4 plantas de aves e 1 de suínos para importar carne do Brasil (08:21)
Milho: mercado físico brasileiro se movimenta pouco nesta terça-feira (08:08)
Soja: produtor brasileiro só deve voltar às vendas internacionais no segundo semestre (08:05)
Embarques de soja do BR devem desacelerar a partir de julho, após recorde de volume até maio (08:00)
Terça-Feira, 02/06
JBS de Ipumirim volta às atividades: “outro ânimo para trabalhar”, diz produtor (09:10)
Soja: mercado em Chicago trabalha em campo positivo nesta 3ª feira (08:13)
ABPA afirma que o Brasil está pronto para exportar mais carnes para a China durante imbróglio com os EUA (07:39)
Embarques de carne suína batem recorde para um mês de maio (07:36)
Preço pago pelo quilo do suíno vivo no RS inicia junho estável (07:35)
Suíno: cotações estáveis ou em alta neste início de junho (07:34)
Boi: escalas de abate recuam e dão fortes indicações que a oferta de animais será menor neste final de safra (07:32)
Milho começa junho se desvalorizando no Brasil (07:29)
USDA: plantio do milho chega a 93% e 60% da soja está em boas/excelentes condições (07:27)
Soja em Chicago fica estável (07:24)
Segunda-Feira, 01/06
Governo de SC auxilia em processo de reabertura do frigorífico de Ipumirim (15:57)
FACTA lança podcast sobre avicultura (15:09)
Perspectivas dos preços de insumos e ração animal para aves e suínos para 2020 (13:45)
Webinar da Aviagen explora os meios para alcançar uma saúde intestinal ideal (09:51)
Milho começa a semana com leves quedas na B3 e em Chicago (09:46)
Soja inicia junho com estabilidade em Chicago (08:42)
China pede a estatais que parem compras de soja e carne suína dos EUA, dizem fontes (08:30)
Ministério da Agricultura recomenda que sacrifício de animais seja última opção (08:27)
‘É melhor abater no concorrente do que jogar a carne fora’ ,diz especialista em saúde animal (08:26)
Cooperativas do Sul discutem impactos da pandemia na indústria frigorífica (08:08)
Testes de salmonella acontecem antes, durante e após o abate dos frangos (08:07)
MAPA divulga consórcios municipais selecionados para participar do projeto de ampliação do mercado de Produtos de Origem Animal (08:02)
JBS tem aval da Justiça do trabalho para reabrir planta de Ipumirim, SC (08:00)
Em consulta pública, MAPA colhe sugestões sobre atos normativos da Defesa Agropecuária (07:58)
Ovos/CEPEA: menor demanda no fim de maio acentua desvalorização (07:43)
Milho: colheita da segunda safra avança e enfraquece preços (07:42)
Suíno: cotações ficam estáveis no fechamento de maio (07:33)
Embora calmo, o mercado do boi está firme (07:31)
BRF diz que contraprova de Covid-19 em fábricas em SC e RS confirma número baixo de positivos (07:19)
Sexta-Feira, 29/05
Semana teve poucas alterações nos preços físico do milho (09:59)
China deixará mercado de frango dos EUA durante recuperação (09:48)
Conselho do FCO aprova R$ 146,1 milhões em investimentos em MS (09:47)
Alojamento de pintos de corte caiu menos do que o esperado pela Apinco (09:46)
Soja: mercado ainda caminha de lado na Bolsa de Chicago nesta 6ª feira (08:02)
FRANGO/CEPEA: poder de compra frente ao farelo de soja é o mais baixo em dois anos (07:53)
Preço do boi gordo teve um ganho de 1,23% nesta semana no RS (07:44)
Suíno: cotação caiu 3,4% nas granjas paulistas em uma semana (07:41)
Preços para a suinocultura independente têm leve alta ou estabilidade nesta semana (07:40)
Suínos: mês se encaminha para o final com cotações mistas (07:37)
Milho cai no mercado físico com início da colheita, mas sobe na B3 (07:28)
Soja em Chicago pode mudar patamar de preços com influência do mercado climático nos EUA a partir de junho (07:21)
Produtores de soja tiveram 1º quadrimestre com resultado financeiro positivo (07:19)
Quinta-Feira, 28/05
Por um país mais cooperativo, por Francisco Turra (10:17)
Milho começa a 5ª feira subindo na B3 e em Chicago (09:35)
Frigoríficos temem perder mercado após interdições por Covid-19 (09:30)
BRF busca manter oferta ajustada às curvas da demanda (09:19)
Frango Americano projeta crescimento de 30% com apoio do Governo do Tocantins (09:18)
Pandemia já afeta produção de carne bovina (09:15)
Pela primeira vez, produção global de carne de frango deve ser maior que a de proteína suína (09:11)
Aviagen Brasil mostra espírito solidário com doações no interior de São Paulo (09:04)
Soja caminha de lado em Chicago nesta 5ª feira (08:32)
Suínos: vendas aumentam e elevam preços em maio (08:15)
Boi Gordo: mercado externo aquecido e menor oferta interna sustentam preços (08:13)
Indústrias estão oferecendo mais pela arroba do boi gordo (08:10)
Milho cai no mercado físico e na B3 seguindo baixa do dólar (08:03)
Soja brasileira está US$0,10/bushel mais cara que a americana (08:00)