Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
Bem-estar Animal

Produtores de Lucas do Rio Verde recebem selo internacional
Lucas do Rio Verde, MT, 30 de Janeiro de 2019 - Avicultores de Lucas do Rio Verde receberam o selo internacional Certified Humane, que reconhece a aplicação de boas práticas de bem-estar animal em granjas de aves de corte. Entre as melhorias implementadas estão a redução da quantidade de animais por metro quadrado, a instalação de objetos de bicar para que os frangos tenham espaço para expressar seu comportamento natural e o enriquecimento ambiental, com fardos de maravalha instalados no chão do aviário.

“As granjas regulares comportam até 39 kg de aves por metro quadrado. Já as granjas que levam o selo Certified Humane operam com 30 kg aves por metro quadrado”, explica Eliane Horning, especialista em sustentabilidade e bem-estar animal da BRF. Além das adaptações físicas, as aves que vivem nas granjas adaptadas são alimentadas com ração 100% vegetal e não recebem nenhum tipo de substância promotora de crescimento. “A BRF é uma das poucas empresas brasileiras a ter o selo Certified Humane, que considera não apenas a qualidade nas granjas, mas também o manejo e o transporte das aves”, completa.

As famílias de produtores que adaptaram suas granjas também recebem treinamentos e capacitações constantes sobre os padrões da Certified Humane em bem-estar animal e planos de contingência – como o que fazer em casos de incêndio, inundações, falta de luz ou de água, entre outros. Além disso, a BRF instalou alarmes nas granjas para controle do sistema hídrico e de ambiente. Caso haja alguma falha no abastecimento, o produtor é avisado e pode ter uma ação imediata.

Para o transporte dos animais até a planta produtora, o cuidado é redobrado – os caminhões precisam ter proteção solar e o manejo precisa ser feito com cuidado para evitar injúrias, sempre de duas em duas aves. Na chegada, são avaliados o padrão antes do abate e as condições do galpão de espera, ambos auditados pela Certified Humane.

O selo Certified Humane estampa as embalagens da nova linha de produtos da BRF, a Sadia Bio. Esta é a primeira linha do segmento que permite ao consumidor rastrear a origem do produto, ou seja, conhecer detalhes da família que criou a ave, por meio de um dispositivo online disponível no site da Sadia. Isso é possível pois cada animal tem uma identificação própria, com informações sobre seu criador, ração, transporte e manejo.

A BRF possui ainda outras certificações que atestam as boas práticas de bem-estar animal, tais como a PAACO, BRC (British Retail Consortium), GlobalGap, Genesis Gap, AloFree e IFS. Para falar sobre este assunto, colocamos à disposição Eliane Horning, nossa especialista no assunto.
(Cenário MT) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 21/02
Programa Ovos RS promove curso de Boas Práticas de Fabricação para Fábricas de Ração (09:33)
Boi: preços de balcão em SP giram ao redor de R$200,00/@ (09:15)
Praticamente metade da safra do milho já está colhida no RS (08:38)
Surto de vírus não mudará compromissos da China de comprar produtos dos EUA (08:37)
CNA diz que MP do Agro dá mais alternativas de financiamento e simplifica acesso ao crédito (08:26)
Suíno: animal vivo segue valorizado nas principais praças (07:55)
Mercado do boi gordo está firme (07:53)
Oferta restrita dá sustentação ao mercado de carne bovina no atacado (07:52)
Milho fecha a 5ª feira desvalorizado em Chicago após encontro do USDA (07:51)
Soja mais barata no Brasil do que nos EUA pressiona Chicago mais uma vez (07:48)
Quinta-Feira, 20/02
Exportações de genética avícola decrescem em janeiro (11:03)
Suínos: poder de compra frente ao milho é o mais baixo desde Fev/19 (10:22)
Boi: abate cai no final de 2019 e confirma baixa oferta (10:21)
Milho: Vendedores tem mostrado interesse em negociar, enquanto o comprador se abastece para os próximos dias (09:20)
Boi: A queda das cotações no mercado atacadista influenciou as tentativas de compra (09:16)
Vetanco participa do Show Rural Coopavel 2020 (09:01)
Milho abre a 5ª feira com baixas em Chicago à espera de números do USDA (09:00)
Soja recua em Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Suíno: cotações estáveis em São Paulo; animal vivo segue valorizado nas principais praças produtoras (07:16)
APA divulga programa definitivo do Congresso de Ovos 2020 (07:01)
CNA discute impactos da reforma tributária para o Agro (06:59)
Pouco boi provoca alta significativa no Norte do país (06:55)
Milho cai em Chicago nesta 4ª feira (06:51)
Poucos negócios novos com a soja brasileira (06:48)
Quarta-Feira, 19/02
Katayama Alimentos é a primeira indústria brasileira a produzir ovos em grande escala com o “Certificado Ovos Livres de Antibióticos” (14:38)
Avicultores conferem as tendências dos mercados de grãos e ovos no primeiro Qualificaves de 2020 (14:34)
Milho: aos poucos os vendedores tem ofertado mais volumes (10:36)
China garantirá mais fornecimento de aves em meio a epidemia (10:30)
ABPA vai propor criação de sistema de prevenção à gripe aviária no Cone Sul (10:01)
Tocantins registrou a maior alta para o boi gordo em fevereiro (09:32)
Milho abre a quarta-feira levemente em queda na Bolsa de Chicago (08:45)
Soja em Chicago segue caminhando de lado nesta 4ª feira, Brasil ainda tem preços firmes (08:30)
Embarque da China para Brasil cai 50% (08:07)
Suíno: cotações seguem subindo (07:14)
China alerta para impacto do coronavírus sobre suprimento de frango e ovos (07:12)
Turra projeta crescimento na produção de carne suína e de frangos (07:10)
Milho sobe em Chicago nesta terça-feira (07:05)
Isenção tarifária e a redução dos fretes marítimos abrem portas para demanda chinesa sobre a soja americana (07:00)
Terça-Feira, 18/02
ABPA apoia VI AVISULAT 2020 (14:46)
APA e CDA dão oportunidade de treinamento para a habilitação de emissão de GTA durante o Congresso de Ovos (12:38)
Milho abre a 3ª feira com altas em Chicago após feriado americano (09:25)
Brasil quer criar bloco continental para defesa sanitária (08:28)
Suíno: São Paulo começa a semana com aumento no preço da arroba suína (08:18)
Soja: mercado opera em alta na Bolsa de Chicago com volta do feriado dos EUA (08:15)
Sem movimentações em Chicago, milho sobe na B3 nesta 2ª feira (08:12)
Disponibilidade ainda limitada de soja no Brasil provoca altas comedidas nos fretes (08:00)
IPPA/CEPEA: índice inicia 2020 em queda (07:50)
Segunda-Feira, 17/02
VBP terá valor recorde em 2020 (11:06)
Milho: as cotações do milho subiram de maneira nítida em todo país (10:32)
Boi: a semana anterior foi de valorização dos preços de balcão (10:27)
Ovos: preços seguem em alta; diferença entre brancos e vermelhos é a maior em 10 meses (09:25)
Milho: cotações voltam a subir na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea (09:15)
Soja: aumento da oferta e dólar forte elevam liquidez no Brasil; preços sobem (09:00)
Suínos: preço do animal vivo mostra reação; produtor independente vê cotações subirem (08:06)
China anuncia retirada de proibição de importação de frango dos EUA (08:04)
Milho tem semana de preços firmes no mercado brasileiro (08:00)
Soja fecha semana com sustentação dos preços no Brasil (07:55)