Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
Exportação

Exportadores de carne temem mudança de embaixada para Jerusalém
São Paulo, 12 de Novembro de 2018 - Os exportadores brasileiros de carne estão desconfortáveis com os planos do presidente eleito Jair Bolsonaro de transferir a embaixada do país em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém.

Bolsonaro anunciou sua intenção de mudar a embaixada em uma entrevista ao jornal conservador Israel Hayom na semana retrasada, provocando um tuíte de congratulações do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.

Pouco depois, o Egito decidiu adiar uma visita oficial do ministro das Relações Exteriores do Brasil.

Embora Bolsonaro nunca tenha escondido sua admiração de longa data por Israel, alguns exportadores brasileiros temem que ele não tenha dado o devido peso às implicações comerciais de sua proposta.

Embora tenha registrado déficit comercial de US$ 419 milhões com Tel Aviv, o Brasil acumulou um superávit de US$ 7,1 bilhões com as 22 nações da Liga Árabe em 2017, o que representa 10% do superávit comercial total do Brasil.

“Naturalmente, dado que temos um comércio muito importante com os mercados árabes, especialmente os mercados Halal, esse é um tema que nos causa preocupação”, afirmou Pedro Parente, CEO da BRF, o maior fornecedor de frango para as nações árabes no Conselho de Cooperação do Golfo.

O mundo árabe é o segundo maior mercado de exportação de alimentos do Brasil, depois da China, segundo Reubens Hannun, presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira.
Mover a embaixada “pode gerar algumas malefícios”, disse Hannun. “Idealmente, as coisas permaneceriam do jeito que são”, disse. Uma deterioração no relacionamento também pode afetar o interesse dos fundos soberanos árabes por investimentos no Brasil, acrescentou.

O Salic, fundo ligado à família real da Arábia Saudita, é o segundo maior acionista da Minerva, maior exportadora de carne bovina da América do Sul.

Os alimentos dominam a lista das exportações brasileiras para a Liga Árabe e o país é o maior exportador mundial de carne Halal. “Os árabes querem consumir mais produtos brasileiros”, acrescentou Hannun. “Isso pode prejudicar essa pré-disposição positiva.”

O embaixador egípcio em Brasília, Alaaeldin Wagih Mohamed Roushdy, disse que a viagem do ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, ao Cairo foi adiada devido a conflitos de cronograma, mas acrescentou que tomou nota das declarações do presidente eleito sobre a embaixada.

“A posição do Egito é clara em relação à questão de Jerusalém e da questão palestina em geral”, disse ele. “Acreditamos firmemente numa solução de dois Estados e no estabelecimento de um Estado palestino com Jerusalém Oriental como sua capital.”
(Exame) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 20/02
Exportações de genética avícola decrescem em janeiro (11:03)
Suínos: poder de compra frente ao milho é o mais baixo desde Fev/19 (10:22)
Boi: abate cai no final de 2019 e confirma baixa oferta (10:21)
Milho: Vendedores tem mostrado interesse em negociar, enquanto o comprador se abastece para os próximos dias (09:20)
Boi: A queda das cotações no mercado atacadista influenciou as tentativas de compra (09:16)
Vetanco participa do Show Rural Coopavel 2020 (09:01)
Milho abre a 5ª feira com baixas em Chicago à espera de números do USDA (09:00)
Soja recua em Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Suíno: cotações estáveis em São Paulo; animal vivo segue valorizado nas principais praças produtoras (07:16)
APA divulga programa definitivo do Congresso de Ovos 2020 (07:01)
CNA discute impactos da reforma tributária para o Agro (06:59)
Pouco boi provoca alta significativa no Norte do país (06:55)
Milho cai em Chicago nesta 4ª feira (06:51)
Poucos negócios novos com a soja brasileira (06:48)
Quarta-Feira, 19/02
Katayama Alimentos é a primeira indústria brasileira a produzir ovos em grande escala com o “Certificado Ovos Livres de Antibióticos” (14:38)
Avicultores conferem as tendências dos mercados de grãos e ovos no primeiro Qualificaves de 2020 (14:34)
Milho: aos poucos os vendedores tem ofertado mais volumes (10:36)
China garantirá mais fornecimento de aves em meio a epidemia (10:30)
ABPA vai propor criação de sistema de prevenção à gripe aviária no Cone Sul (10:01)
Tocantins registrou a maior alta para o boi gordo em fevereiro (09:32)
Milho abre a quarta-feira levemente em queda na Bolsa de Chicago (08:45)
Soja em Chicago segue caminhando de lado nesta 4ª feira, Brasil ainda tem preços firmes (08:30)
Embarque da China para Brasil cai 50% (08:07)
Suíno: cotações seguem subindo (07:14)
China alerta para impacto do coronavírus sobre suprimento de frango e ovos (07:12)
Turra projeta crescimento na produção de carne suína e de frangos (07:10)
Milho sobe em Chicago nesta terça-feira (07:05)
Isenção tarifária e a redução dos fretes marítimos abrem portas para demanda chinesa sobre a soja americana (07:00)
Terça-Feira, 18/02
ABPA apoia VI AVISULAT 2020 (14:46)
APA e CDA dão oportunidade de treinamento para a habilitação de emissão de GTA durante o Congresso de Ovos (12:38)
Milho abre a 3ª feira com altas em Chicago após feriado americano (09:25)
Brasil quer criar bloco continental para defesa sanitária (08:28)
Suíno: São Paulo começa a semana com aumento no preço da arroba suína (08:18)
Soja: mercado opera em alta na Bolsa de Chicago com volta do feriado dos EUA (08:15)
Sem movimentações em Chicago, milho sobe na B3 nesta 2ª feira (08:12)
Disponibilidade ainda limitada de soja no Brasil provoca altas comedidas nos fretes (08:00)
IPPA/CEPEA: índice inicia 2020 em queda (07:50)
Segunda-Feira, 17/02
VBP terá valor recorde em 2020 (11:06)
Milho: as cotações do milho subiram de maneira nítida em todo país (10:32)
Boi: a semana anterior foi de valorização dos preços de balcão (10:27)
Ovos: preços seguem em alta; diferença entre brancos e vermelhos é a maior em 10 meses (09:25)
Milho: cotações voltam a subir na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea (09:15)
Soja: aumento da oferta e dólar forte elevam liquidez no Brasil; preços sobem (09:00)
Suínos: preço do animal vivo mostra reação; produtor independente vê cotações subirem (08:06)
China anuncia retirada de proibição de importação de frango dos EUA (08:04)
Milho tem semana de preços firmes no mercado brasileiro (08:00)
Soja fecha semana com sustentação dos preços no Brasil (07:55)
Sexta-Feira, 14/02
Sasso e Gramado Avicultura estabelecem parceria (12:29)
Agroqualitá realiza curso sobre HACCP para fábricas de ração em Chapecó (12:01)
Programa Ovos RS apresenta resultados ao Serviço Oficial (11:59)
Frango: valorização das concorrentes eleva competitividade da carne de frango (11:48)
Suíno: estabilidade nos preços nesta quinta-feira (06:24)
Valor da Produção Agropecuária para 2020 é estimado em R$ 674,10 bilhões (06:22)
Produção de ovos sobe 4,3% no 4º tri de 2019 ante 4º tri de 2018, diz IBGE (06:21)
Depois de pagar R$ 205,00/@ em SP, frigoríficos alongam escalas e reduzem ritmo de compras (06:18)
Milho fecha com mais de 1% de alta nesta 5ª feira (06:17)
Soja sobe até 2,6% no interior do Brasil com demanda e dólar ainda forte frente ao real (06:15)
CNA vai mostrar que tabelamento obrigatório do frete prejudica o setor (06:06)