Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020
Matérias-Primas

Soja em Chicago segue movimento positivo nesta 6ª feira com mercado ajustando suas posições
Campinas, SP, 01 de Setembro de 2017 - O mercado internacional da soja continua atuando em campo positivo na manhã desta sexta-feira (1). Os futuros da oleaginosa, por volta de 7h45 (horário de Brasília), subiam entre 3,25 e 4,25 pontos, com o novembro/17 sendo negociado a US$ 9,48 por bushel. As cotações dão continuidade aos bons ganhos registrados na sessão anterior, em um movimento, como explicam analistas e consultores, de cobertura de posições após quedas consecutivas nas últimas semanas.

Além do mais, o mercado se prepara ainda para o final de semana prolongado à frente nos Estados Unidos, com a bolsa fechada na próxima segunda-feira (4) - em função do feriado do Dia do Trabalho no país - o que também favorece esse ajuste de posições.

Ainda nesta sexta, o mercado espera também pela tradicional pesquisa de produtividade norte-americana da consultoria internacional Allendale. Foram pesquisados 32 estados e a precisão dessa pesquisa tem sido bastante apurada nos últimos anos.

No financeiro, que neste momento vem ganhando espaço entre os negócios em função, principalmente do andamento dos preços do petróleo, atenção ao dólar index - que atua com estabilidade nesta sexta - e à commodity, que realiza parte dos ganhos observados no dia anterior, quando subiu mais de 2%.
(Notícias Agrícolas) (Carla Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 27/02
Quarta-Feira, 26/02
Ovos: cotações mensais atingem recorde nominal (13:37)
Milho: cotações continuam em alta em praticamente todas as regiões (13:32)
Soja: apesar do avanço da colheita, preços seguem firmes (13:30)
Brasil deve produzir 10,5 mi de t de carne bovina em 2020, diz USDA (11:02)
Milho abre a 4ª feira estável em Chicago (09:40)
Soja tem estabilidade e leve recuo em Chicago nesta 4ª feira (08:00)
Empresa avícola paranaense monitora qualidade de água gerada em suas operações por meio de bioindicadores (07:37)
Commodities agrícolas registram alta mesmo em novo dia de aversão com o coronavírus (07:34)
Terça-Feira, 25/02
Segunda-Feira, 24/02
Estados Unidos reabrem mercado para carne in natura do Brasil (15:05)
Sexta-Feira, 21/02
Unidade brasileira da Vetanco realiza Convenção de Vendas 2020 (15:07)
Cadeia de frango da China se abre em meio ao caos das medidas de vírus (13:58)
Frango: apesar da fraca demanda, custo de produção elevado faz com que avicultor aumente preço (13:40)
Cotações do milho no mercado físico tem perdido força (13:30)
Milho: cotações registram leves altas em Chicago (13:25)
Soja: à espera de novas compras da China, mercado em Chicago segue estável (13:22)
Programa Ovos RS promove curso de Boas Práticas de Fabricação para Fábricas de Ração (09:33)
Boi: preços de balcão em SP giram ao redor de R$200,00/@ (09:15)
Praticamente metade da safra do milho já está colhida no RS (08:38)
Surto de vírus não mudará compromissos da China de comprar produtos dos EUA (08:37)
CNA diz que MP do Agro dá mais alternativas de financiamento e simplifica acesso ao crédito (08:26)
Suíno: animal vivo segue valorizado nas principais praças (07:55)
Mercado do boi gordo está firme (07:53)
Oferta restrita dá sustentação ao mercado de carne bovina no atacado (07:52)
Milho fecha a 5ª feira desvalorizado em Chicago após encontro do USDA (07:51)
Soja mais barata no Brasil do que nos EUA pressiona Chicago mais uma vez (07:48)