Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020
Fiscalização

Fiscais questionam contratação de veterinários temporários na Justiça
Brasília, DF, 09 de Agosto de 2017 - O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) informou hoje que entrou com mandado de segurança contra a decisão do governo federal de contratar 300 médicos veterinários temporários para a área de fiscalização agropecuária.

No último dia 19 de julho, os ministros do Planejamento, Dyogo Oliveira, e da Agricultura, Blairo Maggi, assinaram portaria nesse sentido.

A contratação temporária de veterinários busca atender uma demanda emergencial por 360 fiscais para atuarem na área de inspeção em frigoríficos. Na semana passada, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luís Eduardo Rangel, afirmou que as contratações temporárias são uma resposta direta aos questionamentos frequentes — e cada vez mais contundentes — de europeus e americanos em relação sistema brasileiro de fiscalização sanitária. As críticas dos importadores aumentaram desde a Operação Carne Fraca, deflagrada em 17 de março pela Polícia Federal.

Na ação, o Anffa questiona a “urgência” da contratação e alega que ela não resolve o atual problema da fiscalização agropecuária. “Desde 2012 o Mapa sabe que há um déficit de pessoal na fiscalização. Naquele ano, aliás, assinou acordo com o Ministério Público para recompor o quadro”, afirmou o presidente do sindicato, Maurício Porto, em nota.

Porto acrescentou que a fiscalização dos frigoríficos não pode ser feita pelos temporários. “A fiscalização agropecuária não pode ser feita por profissional que não seja de carreira, que não tenha poder de polícia”, disse.

Além da ação na Justiça, os fiscais informaram que estão fazendo mais uma série de mobilizações hoje e prometem continuar amanhã, em protesto à contratação temporária, que chamam de “terceirização” da categoria profissional.

Durante as manifestações, os auditores não acessam os sistemas do Ministério da Agricultura e o atendimento ao cidadão e às cargas de perecíveis não tem sido afetado, “por enquanto”.

“Nossa intenção é pressionar o Ministério para que desista de contratar profissionais temporários e convoque concurso para a recomposição do quadro”, ressaltou Porto, na nota enviada pela Anffa.
(Valor Econômico) (Cristiano Zaia)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 27/02
Quarta-Feira, 26/02
Ovos: cotações mensais atingem recorde nominal (13:37)
Milho: cotações continuam em alta em praticamente todas as regiões (13:32)
Soja: apesar do avanço da colheita, preços seguem firmes (13:30)
Brasil deve produzir 10,5 mi de t de carne bovina em 2020, diz USDA (11:02)
Milho abre a 4ª feira estável em Chicago (09:40)
Soja tem estabilidade e leve recuo em Chicago nesta 4ª feira (08:00)
Empresa avícola paranaense monitora qualidade de água gerada em suas operações por meio de bioindicadores (07:37)
Commodities agrícolas registram alta mesmo em novo dia de aversão com o coronavírus (07:34)
Terça-Feira, 25/02
Segunda-Feira, 24/02
Estados Unidos reabrem mercado para carne in natura do Brasil (15:05)
Sexta-Feira, 21/02
Unidade brasileira da Vetanco realiza Convenção de Vendas 2020 (15:07)
Cadeia de frango da China se abre em meio ao caos das medidas de vírus (13:58)
Frango: apesar da fraca demanda, custo de produção elevado faz com que avicultor aumente preço (13:40)
Cotações do milho no mercado físico tem perdido força (13:30)
Milho: cotações registram leves altas em Chicago (13:25)
Soja: à espera de novas compras da China, mercado em Chicago segue estável (13:22)
Programa Ovos RS promove curso de Boas Práticas de Fabricação para Fábricas de Ração (09:33)
Boi: preços de balcão em SP giram ao redor de R$200,00/@ (09:15)
Praticamente metade da safra do milho já está colhida no RS (08:38)
Surto de vírus não mudará compromissos da China de comprar produtos dos EUA (08:37)
CNA diz que MP do Agro dá mais alternativas de financiamento e simplifica acesso ao crédito (08:26)
Suíno: animal vivo segue valorizado nas principais praças (07:55)
Mercado do boi gordo está firme (07:53)
Oferta restrita dá sustentação ao mercado de carne bovina no atacado (07:52)
Milho fecha a 5ª feira desvalorizado em Chicago após encontro do USDA (07:51)
Soja mais barata no Brasil do que nos EUA pressiona Chicago mais uma vez (07:48)