Matérias-Primas

Farelo de soja está custando 11,4% mais que no ano passado

Os preços do farelo de soja subiram no mercado brasileiro no embalo da soja em grão. Apesar da colheita em andamento no país e a previsão de uma safra recorde (2019/20), a boa demanda (doméstica e para exportação) e, principalmente, a forte valorização do dólar, puxaram as cotações do grão e do farelo, em reais, para cima. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, a tonelada de farelo de soja ficou cotada, em média, em R$1.428,43, sem o frete, na primeira quinzena de março. Houve alta de 2,1% em relação a fevereiro último e na comparação com março do ano passado o insumo está custando 11,4% mais este ano. Para o curto e médio prazos, o câmbio e a demanda são os principais fatores de precificação do grão no mercado interno. A expectativa é de mercado firme caso o dólar siga valorizado e a demanda aquecida. Lembrando que a China segue comprando grandes volumes do grão de soja brasileira. Mantemos o monitoramento da situação do coronavírus e do petróleo no Brasil e no mundo, que têm afetado a economia mundial.

(Scot Consultoria) (Redação)



Visite  www.ovosite.com.br  - O Portal do Ovo na Internet