Sexta-feira, 15 de Novembro de 2019
Mercado

Pintainhas de Postura Comercial: queda de 3% no primeiro semestre
Campinas, 20 de Agosto de 2019 - O alojamento mensal de pintainhas de postura comercial em 2019 foi, na maior parte do primeiro semestre, menor que em igual período do ano anterior.

Ainda assim, o volume alojado no primeiro semestre, mesmo sofrendo retração anual de 3%, permaneceu como o segundo maior alojamento já realizado em um primeiro semestre.

O acompanhamento do volume alojado no primeiro semestre desde 2009 aponta um significativo crescimento de 88% no período, indicando crescimento de 6,5% ao ano e possibilitando forte aumento na produção e consumo de ovos, que passou de 143 ovos por habitante em 2008, para 212 ovos em 2018.

Entretanto, no ano passado o produtor de ovos conviveu com preços extremamente baixos, principalmente no segundo semestre, comercializando o produto abaixo do custo de produção. Assim, a redução no plantel alojado pode significar a busca do equilíbrio entre oferta do produto e as necessidades do mercado consumidor.




A Revista do AviSite e a Revista do Ovo já estão disponíveis! É só acessar!



(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 15/11
Quinta-Feira, 14/11
Nada de novo no mercado do ovo (07:36)
Quarta-Feira, 13/11
Ovos: preços 15% abaixo do recebido no mesmo período do mês passado (08:01)
Terça-Feira, 12/11
Ovos: melhor semana para comercialização começa sem novidades (07:08)
Segunda-Feira, 11/11
Desempenho do ovo, na granja, na 45ª semana de 2019 (05:48)



Últimos Clippings
Guerra comercial entre EUA e China pode beneficiar o Brasil, dizem especialistas
A empresa de 65.000 famílias que concorre com BRF e JBS
Boi: arroba e carne no atacado atingem patamares recordes
JBS tem lucro líquido no 3tri19 de R$ 356,7 milhões, revertendo prejuízo
China suspende proibição de importação de carne de aves dos EUA

Nossos Parceiros
OrffaMaxFilm
seifunMSD
Agroceresvaccinar