Segunda-feira, 20 de Maio de 2019
Mercado

Ovos: mercado começa a perder o equilíbrio
Campinas, 18 de Abril de 2019 - Ontem, quarta, penúltimo dia da Quaresma, o mercado esteve mais frouxo e os preços permaneceram os mesmos: a caixa de ovos brancos variando de R$83,00 ao máximo de R$85,00 e a de ovos vermelhos de R$95,00 até o máximo de R$100,00.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária, o varejo não teve a performance positiva que era esperada. Com isso, os compradores administraram suas aquisições e mostraram insatisfação com os valores atuais. Houve relatos de disponibilidades mais folgadas com propostas a preços favorecidos. De toda forma, os preços de referência prevaleceram.

A princípio, o último dia da Quaresma, as condições do mercado e a proximidade da Páscoa sugerem manutenção das atuais cotações.

Por ora, o preço médio acumulado da caixa de ovos brancos no atacado de São Paulo alcança R$66,21 e aponta 3% de redução em relação ao mesmo período do ano passado.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 20/05
Sexta-Feira, 17/05
Ovos: demanda mais contida aumenta fragilidade do mercado (16:35)
Quinta-Feira, 16/05
Ovos: mercado desequilibrado derruba levemente os preços (07:29)
Plantel de pintainhas de postura comercial tem caído nos últimos trimestres (07:00)
Quarta-Feira, 15/05
Ovos: recuo na produção do primeiro trimestre é ocorrência normal (07:15)
Ovos: ambiente de negócios calmo e preços estabilizados (07:00)
Terça-Feira, 14/05
Ovos: mercado calmo e preços estáveis na abertura da semana (07:00)



Últimos Clippings
Retaliação da China cria pânico na suinocultura dos EUA e abre brecha para o Brasil
SC quer estimular a produção de cereais de inverno para alimentação animal
SC busca solução para o recolhimento de animais mortos
Ovos no Amazonas: produção chegou a 520 milhões de unidades em 2018
Aves contrabandeadas são sacrificadas por falta de documentação sanitária

Nossos Parceiros
seifunOrffa
AgroceresMaxFilm
MSD