Domingo, 19 de Maio de 2019
Exportação

Desempenho externo das carnes na primeira semana de abril
Campinas, 09 de Abril de 2019 - Os dados da SECEX/MDIC relativos às exportações de carnes da primeira semana de abril (1 a 6, cinco dias úteis) apontam receita média diária pouco superior a US$50 milhões, ou seja, menos da metade do que foi registrado no início dos meses de fevereiro e março, quando a receita media superou os US$100 milhões/dia.

Isso, porém, não significa, necessariamente, que esteja havendo redução nos embarques: aparentemente, os dados divulgados estão mais condizentes com a realidade, não trazendo, embutidos, “restos” do mês anterior.

Isso posto, é bem provável que os valores médios diários registrados nos dois meses anteriores tenham sido menores que os apontados. Assim, a atual redução de receita – de, praticamente, 19% - deve apresentar índice de redução bem menor.

Da mesma forma, o incremento próximo de 30% em relação a abril de 2018 deve ser minimizado, visto ser reflexo de mudanças – iniciadas um ano atrás – no sistema de computação de dados da SECEX/MDIC. Ou seja: tudo indica que, na época, as exportações do mês foram subestimadas, daí a alta taxa de expansão atual.

Mas o que mais importa no momento é o volume embarcado nos cinco primeiros dias úteis de abril e sua projeção para a totalidade do mês (21 dias úteis). Eles projetam:

a) Para a carne suína: perto de 36 mil toneladas no mês, 24% a menos que em março passado (47,4 mil/t) e quase 3,5% a mais que em abril/18 (34,7 mil/t);
b) Para a carne bovina: pouco mais de 93 mil toneladas, 21% a menos que em março (118,5 mil/t) e quase um terço a mais (32,89%) que em abril/18 (70,1 mil/t);
c) Para a carne de frango: cerca de 309,4 mil toneladas, 2,68% a menos que no mês anterior (317,9 mil/t em março último) e 31,29% a mais que em abril/18 (235,6 mil/t, volume que pode ter sido subestimado)

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 19/05
Sexta-Feira, 17/05
Ovos: demanda mais contida aumenta fragilidade do mercado (16:35)
Quinta-Feira, 16/05
Ovos: mercado desequilibrado derruba levemente os preços (07:29)
Plantel de pintainhas de postura comercial tem caído nos últimos trimestres (07:00)
Quarta-Feira, 15/05
Ovos: recuo na produção do primeiro trimestre é ocorrência normal (07:15)
Ovos: ambiente de negócios calmo e preços estabilizados (07:00)
Terça-Feira, 14/05
Ovos: mercado calmo e preços estáveis na abertura da semana (07:00)



Últimos Clippings
Custos de produção de suínos e de frangos de corte caem 2% em abril
Concurso de Qualidade de Ovos tem data definida
Evonik foca sua participação no Simpósio Goiano de Avicultura em seu portfólio de produtos para saúde intestinal
Frango: alta no valor da carne suína eleva competitividade
Palestra Sobre Sucessão Familiar na 5ª FAVESU

Nossos Parceiros
seifunMaxFilm
MSDOrffa
Agroceres