Domingo, 24 de Março de 2019
Legislação

PL que proíbe abate de pintos de um dia recebe parecer favorável na ALESP
Campinas, 15 de Março de 2019 - Em sessão realizada na tarde da última quarta-feira, 13, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), aprovou o Projeto de Lei (PL) nº 1.045, de 27 de junho de 2015, cujo texto proíbe, “para fins de descarte”, o sacrifício de aves através de “trituração, eletrocução, sufocamento e qualquer outro meio cruel” em todo o território paulista.

Da autoria do deputado Feliciano Filho, o PL visa, essencialmente, o sacrifício de pintos machos no segmento produtor de poedeiras. Mas abrange toda a avicultura, indistintamente, pois os descartes de pintos (machos ou fêmeas) são parte indissociável dos processos de produção de linhas puras, avós e matrizes.

Aliás, no mundo todo tais descartes têm sido motivo de preocupação não só dos protetores de animais e ambientalistas, mas também da própria avicultura. Tanto que, principalmente na Europa, há estudos avançados buscando determinar antecipadamente, no ovo, o sexo dos futuros pintinhos – assim, em vez da ave, seria suficiente descartar o ovo.

Mas como a solução definitiva ainda não surgiu, os abates logo ao nascer prosseguem normalmente em todos os continentes. Pois proibi-los – como pretende a ALESP no Estado de São Paulo – ocasionaria um caos mundial na produção de frangos e ovos.

Clique aqui para acessar, no site da ALESP, toda a tramitação do PL 1.045 até aqui - inclusive texto aprovado e justificativa para essa propositura.

Para finalizar, vale observar que o texto proposto proíbe os tipos de abate mencionados “para fins de descarte”. E isso, à primeira vista, se aplica também às reprodutoras e poedeiras em final de produção. Ou não?
(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 24/03
Sexta-Feira, 22/03
Ovos: evolução do preço na Quaresma segue bem abaixo do alcançado no último triênio (06:51)
Quinta-Feira, 21/03
Avicultura em São Paulo em um qüinqüênio: ovos, 15% a mais; carne de frango, 11% a menos (06:34)
Ovos: mercado calmo e sem pressão sobre as cotações (06:18)
Produtor de ovos recupera participação em relação ao varejo (06:16)
Quarta-Feira, 20/03
Alojamento de Pintainhas de postura comercial aumenta 9,4% em 2018 (07:00)
Em mercado calmo ovos vermelhos tiveram leve evolução no preço máximo (06:01)
Terça-Feira, 19/03
Ovos: mercado calmo e reposição normal (06:56)



Últimos Clippings
Instituto Ovos Brasil faz parceria com academia para levar informações sobre os valores nutricionais do ovo
Conab avalia que aumento das exportações de soja podem afetar mercado interno
Pré-Conferência FACTA WPSA-Brasil 2019 terá Simpósio de Automação
Frango: preços sobem, influenciados pelo bom ritmo de embarques
Ovos: preços do branco e do vermelho têm movimentos distintos

Nossos Parceiros
Orffaseifun
MSDAgroceres
MaxFilm