Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018
Mercado

Margens do varejo na comercialização de frango e ovo
Campinas, 06 de Dezembro de 2018 - No gráfico abaixo, uma ilustração do que foram as margens do varejo (preço ao consumidor em relação ao preço no atacado) na comercialização do frango e do ovo nas primeiras 48 semanas do ano, ou seja, entre janeiro e novembro de 2018.

Como de hábito, as margens mais elevadas são observadas na comercialização de ovos: nas 49 semanas enfocadas, elas alcançaram média próxima de 180%. Mas houve momento em que superaram os 250%. Já as margens registradas na comercialização do frango não ultrapassaram os 100%. Mas chegaram a ficar próximas desse índice, registrando em 11 meses média pouco superior a 66%.

As margens mínimas registradas, tanto no ovo como no frango, ocorreram por volta da 22ª-23ª semana de 2018. Não por coincidência, claro, esse é o período em que o mercado sofreu desabastecimento dos dois produtos como efeito da greve dos caminhoneiros.

A margem máxima obtida na comercialização do frango foi registrada por volta da 13ª semana do ano, ou seja, no final da Quaresma de 2018. Notar, porém, que a expansão da margem não se deu em cima de um aumento no varejo (a variação de preço em relação ao momento da margem mínima foi de apenas 1,8%), mas em decorrência de um profundo recuo nos preços do atacado. Na ocasião, o produto registrou um dos menores preços de 2018.

A história do ovo em relação à margem máxima – 256,88% sobre o preço registrado no atacado – não é muito diferente: ocorreu poucos dias atrás, no final de outubro, quando os produtores viram seus preços reduzidos a um dos menores patamares do ano. Note-se, aqui, que a queda de preços observada entre os dois momentos analisados (-46,67%) esteve muito próxima da enfrentada pelo frango (-41,59%). A única diferença é que, no varejo, o preço do ovo apresentou ligeiro recuo.

Os preços apresentados têm como base (1º) o levantamento semanal efetuado pelo PROCON-SP no varejo da cidade de São Paulo, aplicando-se ao frango resfriado e ao ovo branco (sem especificação de tipo); e, (2º) o preço médio levantado pela Jox Assessoria de Mercado para o frango resfriado comercializado no Grande Atacado da cidade de São Paulo e para cargas fechadas do ovo branco extra comercializadas no atacado da cidade de São Paulo.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sexta-Feira, 14/12
Ovos de galinha: incremento de 8% no ano, mostra IBGE (07:53)
Luteína + zeaxantina, presentes na gema do ovo, podem reduzir risco de câncer de mama (07:00)
Ovos: preços seguem estáveis e sem expectativas no curto prazo (06:57)
Quinta-Feira, 13/12
Mantiqueira aposta em “Clube do Ovo” para atrair consumidores (07:46)
Ovos: evolução diária continua acima da média histórica (07:03)
Quarta-Feira, 12/12
Setor de ovos orgânicos projeta crescimento (07:39)
Ovos: mercado segue calmo e bem abastecido (07:27)
Ano tem sido bem difícil para os produtores de ovos (07:25)
Terça-Feira, 11/12
ABPA: o que veio e o que esperamos que virá (09:25)
Ansioso, produtor de ovos espera 2019 chegar (09:21)
C. P. Group adota política de “embalagens sustentáveis” (07:50)
Ovos: reposições retraídas e preços estáveis (06:53)
Segunda-Feira, 10/12
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:22)



Últimos Clippings
FRANGO/CEPEA: abate avança no terceiro trimestre
OVOS/CEPEA: maior produção impacta negativamente o setor em 2018
Inscrições abertas para os Trabalhos Científicos na 5ª FAVESU
Venda de frango a árabes cai, mas pode voltar a crescer
Volume de aves e suínos será menor neste ano, aponta a ABPA

Nossos Parceiros
AgroceresMSD