Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
Mercado

Ovos: vendas lentas e preços em queda
Campinas, 17 de Outubro de 2018 - Ontem, terça, primeiro dia da segunda quinzena, o excesso de ofertas acarretou negócios distintos na comercialização dos ovos e os preços sofreram nova baixa.

Nos ovos brancos a queda – 1ª da semana, 2ª do mês, 48ª do ano – derrubou o preço médio diário para R$49,00, valor 7,6% inferior ao recebido na abertura do mês e equivalendo ao segundo pior valor recebido neste ano. Em relação ao praticado no mesmo período do ano passado, o valor é cerca de 32% menor. Ou, uma diferença de R$23,00 por caixa.

Nos ovos vermelhos a queda acompanhou a verificada nos ovos brancos com a diferença a maior se mantendo em até R$2,00 a mais por caixa, ou seja, foram comercializados por um mínimo de R$48,00 a um máximo de R$52,00.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária as vendas no varejo são lentas e incapazes de absorver as disponibilidades existentes. Assim, os compradores devem seguir pressionando por preços abaixo dos valores de referência.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 24/04
Ovos: preços se sustentaram em mercado sobreofertado (06:45)
Terça-Feira, 23/04
Ovos: ofertas a preços diferenciados derrubam novamente as cotações (06:46)
Segunda-Feira, 22/04
Ovos: preços sofreram forte queda no encerramento da semana (06:58)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:43)
Sexta-Feira, 19/04
Quinta-Feira, 18/04
Ovos: mercado começa a perder o equilíbrio (07:29)
Curso HACCP para indústrias de ração destaca exigências do consumidor (07:23)
Ovos: redução anual de 3,5% no preço médio desta Quaresma (00:30)



Últimos Clippings
Crise reformulará mercado global de proteínas animais
Peste suína na China faz ações de frigoríficos dispararem
Boi gordo: demanda em baixa, mas oferta restrita limita quedas
Avanço do plantio americano deixa cotações do milho em baixa na Bolsa de Chicago
Soja fecha com mais de 15 pts de baixa em Chicago e preços caem mais no Brasil

Nossos Parceiros
MSDAgroceres
MaxFilmOrffa
seifun