Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
Exportação

México tem no Brasil seu segundo maior fornecedor de ovos
Campinas, 29 de Agosto de 2018 - Mesmo estando colocado entre os cinco maiores produtores mundiais de ovos de consumo, o México (produção prevista para 2018: 3 milhões de toneladas) complementa a demanda interna com importações do produto. É fundamental para atender plenamente uma demanda que, nas projeções locais, anda por volta de 23 kg per capita/ano e continua crescendo.

As compras externas têm correspondido a 2%-3% da produção (ou seja, são relativamente pequenas). E, não só pela proximidade, mas também pelo NAFTA, são cobertas quase que totalmente pelos EUA. Mas o Brasil vem avançando no mercado mexicano.

De acordo com dados levantados pelo Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), em 2015 o Brasil exportou para o México 753 toneladas de ovos, volume que caiu a menos da metade em 2016. Mas no ano passado as exportações brasileiras deram significativo salto, pois ultrapassaram 2 mil toneladas, aumentando mais de 500% em relação ao ano anterior.

A expectativa é de que esse incremento se mantenha, algo que no momento deixa dúvidas frente ao novo acordo comercial firmado entre Trump e Obrador, os presidentes dos EUA e do México.

(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 24/04
Ovos: preços se sustentaram em mercado sobreofertado (06:45)
Terça-Feira, 23/04
Ovos: ofertas a preços diferenciados derrubam novamente as cotações (06:46)
Segunda-Feira, 22/04
Ovos: preços sofreram forte queda no encerramento da semana (06:58)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:43)
Sexta-Feira, 19/04
Quinta-Feira, 18/04
Ovos: mercado começa a perder o equilíbrio (07:29)
Curso HACCP para indústrias de ração destaca exigências do consumidor (07:23)
Ovos: redução anual de 3,5% no preço médio desta Quaresma (00:30)



Últimos Clippings
Crise reformulará mercado global de proteínas animais
Peste suína na China faz ações de frigoríficos dispararem
Boi gordo: demanda em baixa, mas oferta restrita limita quedas
Avanço do plantio americano deixa cotações do milho em baixa na Bolsa de Chicago
Soja fecha com mais de 15 pts de baixa em Chicago e preços caem mais no Brasil

Nossos Parceiros
seifunMSD
OrffaAgroceres
MaxFilm