Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Mercado

Ovos sofrem a primeira retração de preços na segunda quinzena
Campinas, 19 de Julho de 2018 - Ontem, quarta, no ducentésimo dia deste ano, a retração nas vendas ao varejo deixou os negócios mais disputados e houve queda nas cotações dos ovos brancos e vermelhos.

Nos ovos brancos a queda – 1ª da semana, 6ª do mês, 33ª do ano – derrubou o preço médio diário para R$64,00, representando reduções de 22,9% e 23,8% sobre os praticados em 18 de junho último e no mesmo período do ano passado, respectivamente.

Nos ovos vermelhos a queda foi igual a verificada nos ovos brancos com a diferença a maior se mantendo até R$3,00 a mais por caixa, ou seja, foram comercializados por um mínimo de R$63,00 a um máximo de R$68,00, equivalendo a redução de 29,6% sobre o preço médio diário praticado no mesmo dia de 2017.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária além da retração nas vendas, a conduta do comprador é de absorver apenas o necessário diante da falta de perspectiva no consumo até o encerramento do mês, mesmo com promoções para dinamizar a saída do produto.

O mercado fraco deve seguir deixando os negócios disputado nos preços com cada um ofertando e flexibilizando conforme suas necessidades.



VEJA A EDIÇÃO DE JULHO DA REVISTA DO OVO
(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 17/10
Ovos: vendas lentas e preços em queda (06:29)
Terça-Feira, 16/10
OVOS: mercado segue vulnerável pelos excessos existentes (05:56)
Segunda-Feira, 15/10
Ovos: preços tem forte queda no encerramento da semana (06:51)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:20)
Sexta-Feira, 12/10
Quinta-Feira, 11/10
Ovos: em setembro piora ainda mais a relação de preço entre granja e varejo (06:50)
Ovos: demanda é menor que a esperada pelo setor (06:49)



Últimos Clippings
Em Goiás, IOB prepara série de ações em parceria com a Associação Goiana de Avicultura
Em MG, NECTA realiza 1º Dia do Ovo, com apoio do IOB
Importações chinesas de carne suína devem crescer 8% neste ano
Soja: com previsão de melhora do clima nos EUA, mercado em Chicago ainda opera estável nesta 4ª
Movimentação do Porto de Itajaí aumenta 81% em setembro

Nossos Parceiros
MSDAgroceres