Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Mercado

Ovos: produto acumula na granja por dificuldade no escoamento
Campinas, 24 de Maio de 2018 - Ontem, quarta, os negócios realizados com ovos brancos e vermelhos foram comprometidos pela greve dos caminhoneiros e, com isso, os preços se mantiveram: o preço da caixa de ovos brancos sendo negociada pelo mínimo de R$64,00 ao máximo de R$66,00 e os ovos vermelhos pelo mínimo de R$67,00 até o máximo de R$71,00.

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária, com a paralisação nas estradas em pontos estratégicos, o desabastecimento já se faz visível em importantes praças de comercialização. Por outro lado, os ovos vão se acumulando nas granjas devido a impossibilidade de escoamento, trazendo grandes preocupações para os produtores.

Ainda não se tem dimensão plena do impacto dessa crise, mas já é visível seus efeitos em todos os setores da economia. Assim, é preciso que esse movimento seja abreviado para que problemas ainda maiores sejam minimizados.

Por ora, enquanto a perda anual acumulada do produtor até o presente momento na comercialização do seu produto alcança 18%, o milho alcança valorização de 17,4% e o farelo de soja mais de 25%.


(AviSite) (Redação)
Imprimir esta notícia...Enviar esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 17/10
Terça-Feira, 16/10
OVOS: mercado segue vulnerável pelos excessos existentes (05:56)
Segunda-Feira, 15/10
Ovos: preços tem forte queda no encerramento da semana (06:51)
Preço médio semanal da caixa de ovos brancos (06:20)
Sexta-Feira, 12/10
Quinta-Feira, 11/10
Ovos: em setembro piora ainda mais a relação de preço entre granja e varejo (06:50)
Ovos: demanda é menor que a esperada pelo setor (06:49)



Últimos Clippings
Da ABPA aos candidatos
Brasil ganha mercado de soja na China, mas perde espaço para EUA na Europa
SOJA/CEPEA: dólar cai e pressiona valores internos da soja
MILHO/CEPEA: indicador recua quase 6% no acumulado do mês
Após relatório da PF, BRF defende tolerância zero e afasta 14 pessoas

Nossos Parceiros
AgroceresMSD