Terça-feira, 19 de Junho de 2018

Alojamento de Pintos Comerciais de Postura
Ovos Brancos - Milhares de Cabeças

20132014201520162017
JAN5,6836,2675,6956,2086,260
FEV4,8966,1035,5155,7176,098
MAR5,7196,0146,2486,8236,945
ABR5,8066,1806,1976,0797,036
MAI5,4415,7826,0566,3707,475
JUN5,826,0166,6406,1577,210
JUL5,8205,9266,4156,0516,794
AGO5,8766,0305,6706,2287,576
SET6,3016,2236,3926,5257,657
OUT6,5216,1166,2946,3307,435
NOV6,7275,7606,1886,7457,686
DEZ5,7345,5455,5375,9996,774
TOTAL70,37071,96472,84775,23184,946

Crescimento de 1,2% no alojamento de pintainhas de postura

Dados colhidos no mercado indicam que os alojamentos de pintainhas de postura comercial divulgados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) continuaram com índices de crescimento anual positivos nos primeiros três meses de 2017.

O volume alojado no período alcançou 23,4 milhões de cabeças, equivalendo a 1,2% de incremento sobre o mesmo período do ano passado. Desse volume, cerca de 82,5% foram pintainhas destinadas à produção de ovos brancos. Mesmo com esse aumento, o volume ainda permanece inferior ao alojado no primeiro trimestre de 2014 quando alcançou 23,5 milhões.

Projetado para o corrente ano, o volume trimestral indica 93,6 milhões de cabeças. Todavia, salvo raríssimas exceções, o período se destaca por ser o de menor alojamento do ano. Assim, considerando a média histórica de 24,18% alcançada no primeiro trimestre dos últimos dez anos, o volume de pintainhas alojadas em 2017 pode atingir o recorde de quase 96,8 milhões. Se confirmado, equivalerá a 4,3% de crescimento anual.

Nos últimos doze meses encerrados em março de 2017 o volume de pintainhas alojadas alcança 93 milhões e representa apenas meio por cento de aumento sobre o mesmo período anterior.

Fonte: UBA

Nossos Parceiros
MSDAgroceres