Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018
Saúde Animal

Brasil deve receber status de livre de aftosa em maio
São Paulo, SP, 21 de Fevereiro de 2018 - Os esforços do governo brasileiro para conseguir o status de livre do vírus da febre aftosa com vacinação para todo o território nacional devem ter um desfecho positivo no mês de maio, durante a assembleia geral da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Segundo o Ministério da Agricultura, o comitê científico da (OIE) aceitou o pedido da Pasta para declarar Amazonas, Roraima e parte do Pará como regiões livres da doença com vacinação. A maior parte do país já era considerada livre da doença com vacinação. Já o Estado de Santa Catarina é reconhecido como livre de aftosa sem vacinação.

A expectativa do Ministério da Agricultura é que o certificado de livre da doença com vacinação seja entregue ao Brasil em 24 de maio, em Paris. A assembleia que reúne os 180 países associados à OIE acontece entre os dias 20 e 25, informou a Pasta, em nota.

"Será um grande salto da pecuária brasileira", disse o ministro Blairo Maggi, em comunicado enviado pelo Ministério da Agricultura. A partir do reconhecimento oficial de que todo o território nacional está livre da vírus, o Brasil lançará mão da segunda etapa, visando tornar todo o país livre de aftosa sem vacinação.

O objetivo do Ministério da Agricultura é deixar de imunizar todo o rebanho bovino do país até maio de 2021. No cronograma da Pasta, a OIE reconheceria o país como livre sem vacinação em 2023. É preciso ficar dois anos sem vacinar e não registrar a doença para cumprir o protocolo da OIE.

Se conseguir o status em 2023, o Brasil terá mais chance de acessar mercados cobiçados como o Japão. A realização da vacinação é apontada pelo país asiático como um impeditivo para a abertura do mercado de carne bovina. Para avançar em seus planos, o ministério prevê que o país deixará de vacinar gradualmente. A partir de maio do próximo ano, os Estados do Acre, Rondônia, municípios do Amazonas e de Mato Grosso deverão abolir a vacinação, de acordo com a Pasta.

Em paralelo, o Brasil deve reforçar a vigilância das fronteiras com a Venezuela e a Colômbia para evitar o ingresso do vírus no país.
(Valor ) (Luiz Henrique Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 21/02
Prazo para registro veterinário de granja de aves termina no dia 3 de março (15:59)
Gumboro: um desafio para a indústria avícola (09:52)
'Refis rural' ganha prazo e bancada quer derrubar vetos (08:25)
Mercosul e Canadá lançam, no dia 9, negociações para ter livre comércio (08:21)
Brasil deve receber status de livre de aftosa em maio (08:17)
Milho: mercado interno registra ligeiras movimentações (08:04)
Soja: preços sobem até 6,5% no Brasil com rally na CBOT e dólar (08:00)
Santa Catarina espera safra recorde de soja (07:59)
Terça-Feira, 20/02
Cobb-Vantress reforça posicionamento global em bem-estar animal e lança site (13:47)
Justiça retira quatro tributos do cálculo de contribuição (08:59)
Cientista japonês utiliza clara de ovos na produção de energia limpa (08:56)
Valor da produção agropecuária de 2018 é de R$ 516,6 bilhões (08:54)
Hospital de Barretos quer obter R$ 50 milhões em doação do agronegócio (08:51)
Governo negocia adiar prazo do 'Refis rural' (08:15)
Falha na DHL faz KFC fechar mais de 500 lojas no Reino Unido (08:11)
Alta no frete e preferência na comercialização da soja dão suporte aos preços do milho no mercado doméstico (08:06)
Milho assume posição de destaque no MT (08:02)
Seca na Argentina motiva alta de grãos e 'destrava' o mercado de soja no Brasil (08:01)
Soja: mercado sobe em algumas praças do interior do BR com alta do dólar (08:00)
Segunda-Feira, 19/02
Omelete será estratégia para conquistar novos clientes em Dubai (11:18)
Brasil avançará mais no mercado de commodities estimam EUA (08:53)
Preços agropecuários no atacado caem e IGP-M desacelera alta a 0,03% na 2ª prévia de fevereiro, diz FGV (08:12)
Mercado interno do milho fecha a semana com leves movimentações (08:10)
Soja: maio tem alta de mais de 2% na semana em Chicago e traz bons preços para portos do Brasil (08:00)
Sexta-Feira, 16/02
JBS investe R$ 40 milhões na criação de empresa de ingredientes para nutrição animal (13:21)
OVOS/CEPEA: preço do ovo vermelho tem forte alta em fevereiro (09:01)
Lucro líquido da Zoetis registra alta de 13% no quarto trimestre de 2017 (08:35)
Moy Park impulsiona Pilgrim's Pride (08:23)
Desembolsos de crédito rural têm forte alta (08:15)
Milho: mercado interno com ligeiras movimentações (08:06)
Soja: mercado interno registra cotações em queda (08:00)
Quinta-Feira, 15/02
Safra catarinense de milho terá redução de 20,4% (15:22)
Semana que vem: IOB promove Live no Facebook sobre os benefícios dos ovos (14:46)
Tapuio moderniza produção de ovos no interior do RN (09:37)
Preços de agropecuários caem no atacado e IGP-10 desacelera alta a 0,23% em fevereiro, diz FGV (08:34)
Milho: mercado interno apresenta leves movimentações (08:07)
Soja: preços sobem mais de 3% no interior do Brasil (08:00)