Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019
Diversos

Instituto Ovos Brasil lança canal no Spotify

No primeiro podcast, Ricardo Santin afirma: Ovo é uma maravilha da natureza.
São Paulo, SP, 24 de Setembro de 2019 - Com os temas, gravidez e amamentação, melhor idade, aumento de consumo de ovos no Brasil e alimentação infantil, o Instituto Ovos Brasil lança um canal no Spotfy. O streaming de música, podcast e vídeo está disponível para a maioria dos dispositivos modernos, incluindo computadores Windows, bem como smartphones e tablets com iOS, Windows Phone e Android.

Para Ricardo Santin, Presidente do Conselho Diretivo do IOB, esta é mais uma forma de informar corretamente a população sobre os valores nutricionais do ovo e desfazer mitos.

O primeiro podcast foi gravado justamente com Ricardo Santin, que fala sobre o aumento per capita no consumo de ovos, fruto do trabalho de sucesso feito pelo Instituto Ovos Brasil e seus parceiros ao longo dos últimos 11 anos. O resultado é claro: Em 2018, tivemos um aumento per capita do consumo de ovos para 212 ovos per capita. Ricardo ressalta: “Esse trabalho é fruto de muita dedicação, de empresários, produtores e parceiros, como as entidades estaduais, apoiados pelo Instituto Ovos Brasil. Subimos de 120 ovos per capita no início dos trabalhos do instituto para esse expressivo número atual, com expectativas ainda maiores para 2019. Conseguimos principalmente desfazer o mito de que o ovo pode provocar colesterol, mas mais do que isso, nós qualificamos o consumo. As pessoas passaram a ver que o ovo é bom não só porque é barato ou porque não faz mal à saúde. Ovo é bom porque tem muita proteína, é essencial à vida. É o melhor alimento disponível na natureza, depois do leite materno. Foi um trabalho de formiguinha, com produtores chegando em supermercados e mostrando para as donas de casa os benefícios do consumo de ovos. É isso o que fizemos aqui também, mostrando que o ovo é uma maravilha da natureza”.

Além disso, Santin destacou a Semana do Ovo, onde esta proteína é celebrada em todos os lugares do mundo. “Por aqui divulgamos materiais promocionais e folders, distribuímos papel bandeja, vamos a diversos locais para divulgar o ovo e todas as suas propriedades nutricionais para diversos públicos específicos. A gente sabe, por exemplo, que o ovo ajuda a melhorar a mácula ocular quando as pessoas começam a chegar na melhor idade. Para 2019, vamos continuar com foco na criança, na mulher, nos atletas e idosos”, conta.

Sobre o futuro da produção de ovos no Brasil, Ricardo Santin afirma que a média mundial é maior que 220 ovos per capital e há países no mundo, como o México, que consomem mais de 300 ovos por dia. Por isso, há muito para onde crescer. O futuro para o consumo de ovos é cada vez mais consolidado.
(IOB) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 20/11
Terça-Feira, 19/11
Milho segue subindo em Chicago nesta terça-feira (13:44)
Soja segue em alta na Bolsa de Chicago nesta 3ª feira (13:30)
Governo prorroga por dois anos contratos temporários de médicos-veterinários do Mapa (11:43)
Anec vê um recorde maior para as exportações de milho do país (11:34)
Mineira Pif Paf compra Fricasa, empresa catarinense de carne suína (11:30)
Evonik investe em capacitação visando excelência na dosagem de aminoácidos (11:17)
O futuro dos antibióticos depende de todos nós (10:44)
Copagril renova certificação internacional de qualidade e segurança de alimentos (10:41)
Frango: alta de 2% no preço do quilo da ave no atacado em São Paulo (08:14)
Cotação do boi gordo está em patamares recordes (08:12)
Suíno: primeira quinzena com mercado valorizado e exportações aquecidas (08:06)
PIB-Agro: pecuária mantém em alta PIB do agronegócio em agosto (08:05)
Valor da produção pecuária do Brasil crescerá 7% com impulso da China, diz CNA (08:04)
Mercado Futuro do boi teve mais um dia de paralisação dos negócios por limite de alta (08:00)
Milho fecha a 2ªfeira em queda influenciada por clima bom no Brasil e incertezas comerciais (07:50)
Soja renova mínimas em Chicago e tem menor preço em 7 semanas nesta 2ª feira (07:45)
Segunda-Feira, 18/11
JBS lança selo de Bem-Estar Animal (16:10)
CNA prevê aumento de 7,2% no valor bruto da Produção Pecuária em 2019 (12:49)
Demanda interna e exportações dão sustentação ao preço do suíno (12:48)
Milho: semana começa com estabilidade para as cotações em Chicago (10:07)
Milho: demanda aquecida segue elevando preços no SPOT (10:06)
Soja: preço no porto fecha acima de R$ 90/sc (10:05)
Soja inicia semana com leves altas em Chicago (08:30)
Cursos FACTA sobre incubação e matrizes reúnem pesquisadores, profissionais do mercado e governo para discutir setor (08:15)
Soja: 6ª feira tem leves variações na Bolsa de Chicago (08:00)
C.Vale faz fusão e arrenda abatedouro da Averama (07:53)
Nunca a demanda por milho do Brasil cresceu tanto, diz SLC Agrícola (07:52)
_EUA poderão vender US$ 1 bilhão por ano à China (07:51)
Brasil vê pouco impacto em reabertura da China ao frango dos EUA (07:50)
Preço da arroba do boi se aproxima de R$200 e tem novo recorde, aponta indicador Esalq/B3 (07:49)
Sexta-Feira, 15/11
Quinta-Feira, 14/11
Guerra comercial entre EUA e China pode beneficiar o Brasil, dizem especialistas (17:07)
Boi: arroba e carne no atacado atingem patamares recordes (12:17)
A empresa de 65.000 famílias que concorre com BRF e JBS (11:24)
China suspende proibição de importação de carne de aves dos EUA (10:43)
China habilita terceirizado da BRF (10:18)
Milho será fiel da balança para colheita recorde de grãos (10:03)
JBS tem lucro líquido no 3tri19 de R$ 356,7 milhões, revertendo prejuízo (09:45)
ABPA e Apex-Brasil promovem ação em evento de autoridades sanitárias da China (09:42)
China habilita terceirizado da BRF (09:18)
Milho será fiel da balança para colheita recorde de grãos (09:04)
Frango: com maior liquidez, preço da asa atinge recorde (08:30)
Suínos: valor do leitão é recorde nominal (08:20)
Soja tem 5ª feira de pouca movimentação na Bolsa de Chicago, buscando direção (08:10)
Milho perde força em Chicago e reverte ganhos (07:39)
Soja: demanda interna paga melhor que a exportação na safra velha (07:38)