Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
Matérias-Primas

Cotações do milho registraram poucas movimentações nesta quinta-feira em Chicago
Campinas, SP, 20 de Setembro de 2019 - Ontem, a quinta-feira (19) chegou ao final com leves ganhos para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registraram valorizações entre 1,00 e 1,50 pontos.

O vencimento dezembro/19 foi cotado à US$ 3,72 com alta de 1,50, o março/20 valeu US$ 3,84 com valorização de 1,50 pontos, o maio/20 foi negociado por US$ 3,91 com ganho de 1,50 pontos e o julho/20 teve valor de US$ 3,97 com elevação de 1 ponto.

Esses índices representaram valorizações, com relação ao fechamento da última quarta-feira, de 0,27% para o dezembro/19, 0,52% no março/20, de 0,26% para o maio/20 e de 0,25% para o julho/20.

Segundo informações da Agência Reuters, o milho ficou estável, pois o mercado pesou o clima favorável da colheita contra sinais de melhora na demanda por grãos.

“Os mercados de grãos foram oprimidos pelas expectativas de temperaturas acima do normal nas áreas de milho e soja do Centro-Oeste dos EUA em outubro. O clima mais quente foi visto acelerando a maturidade da colheita e diminuindo o risco de que os rendimentos pudessem ser danificados pela geada”, aponta Karl Plume da Reuters Chicago.

De acordo com a Agência, “prevê-se um clima ameno no Centro-Oeste dos EUA durante pelo menos os próximos 15 dias. Chuvas acima do normal nesse período podem ajudar as lavouras que não têm umidade este mês, mas também podem atrasar algumas colheitas precoces”.

A publicação destaca também que, apesar disso, os futuros firmaram-se de baixas noturnas depois que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) relatou vendas semanais de exportação de milho e soja nos EUA acima das expectativas do comércio.

O número de vendas semanais de milho ficou em 1,465 milhão de toneladas, com o México sendo o principal destino. O mercado, porém, esperava algo entre 900 mil e 1,3 milhão de toneladas. No acumulado da temporada, as vendas norte-americanas do cereal são de 8,665 milhões de toneladas, 48% menor do que no mesmo período da temporada anterior.

“Um bom número de vendas de exportação está sendo compensado por uma previsão do tempo não ameaçadora”, disse Ted Seifried, estrategista-chefe de mercado do Zaner Group.

Outro ponto que segue no radar do mercado é a Guerra Comercial entre China e Estados Unidos.

“O mercado está "cautelosamente otimista" de que gestos recentes de boa vontade de Pequim, incluindo algumas compras de soja há muito procuradas nos EUA, possam aproximar os Estados Unidos e a China de um acordo para acabar com a guerra comercial”, disse Seifried.

Plume reporta ainda que, os vice negociadores comerciais dos EUA e da China devem retomar as negociações pessoalmente pela primeira vez em quase dois meses na quinta-feira. As negociações, quinta e sexta-feira, visam estabelecer as bases para negociações de alto nível no início de outubro.

Mercado interno

No mercado físico brasileiro, a terça-feira registrou cotações permanecendo sem movimentações, em sua maioria. Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, não foi registrada nenhuma desvalorização.

Já as valorizações foram percebidas nas praças de Assis/SP (1,67% e preço de R$ 30,50), Pato Branco/PR (1,71% e preço de R$ 29,70), Jataí/GO e Rio Verde/GO (1,75% e preço de R$ 29,00), Ubiratã/PR e Londrina/PR (1,79% e preço de R$ 28,50), Sorriso/MT disponível (10% e preço de R$ 22,00) e Sorriso/MT balcão (10,53% e preço de R$ 21,00).

Em seu boletim diário, a Radar Investimentos aponta que “o mercado físico do milho está de lado. O comprador segue cauteloso, adquirindo apenas quantidades pequenas, mas já vê dificuldade para encontrar grandes volumes. O vendedor não tem pressa”.

Para a XP Investimentos, o mercado físico de milho com pouco fluxo de comercialização.

“De maneira geral, o fluxo de comercialização é baixo e compradores/vendedores vão se testando em preço. Nenhuma das partes possui um grande interesse/necessidade de concretizar os negócios e, assim, a consolidação dos negócios se arrasta. A novidade fica por conta das retomadas de alta no dólar, voltando a elevar as indicações de portos”, dizem os analistas.
(Notícias Agrícolas) (Guilherme Dorigatti)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 15/10
Sistema de autocontrole do Mapa tem indústria de proteína animal entre suas prioridades (13:32)
Sanphar adquire laboratório mineiro de vacinas Ipeve (10:07)
Membros da ABPA são homenageados no OVUM 2019 (10:05)
Soja opera estável nesta 3ª em Chicago (08:09)
Suíno Vivo: principais praças do país registram altas (07:21)
SP registra valorização do boi gordo (07:11)
Carne Bovina: dados do MDIC reforçam possibilidade de exportações recordes em outubro (07:10)
VBP da agropecuária fica estável em 2019 (07:09)
Milho começa nova semana estável em Chicago (07:07)
Soja fecha com leves altas em Chicago nesta 2ª e mercado espera definições (07:06)
Tamanho da demanda chinesa vai definir rumo dos preços da soja em Chicago (07:00)
BRF tem 44 vagas de trainee com salário de R$ 6.500; inscrição vai até 3/11 (06:17)
Segunda-Feira, 14/10
Auster Nutrição Animal participa do Ciclo de Palestras e Atualização Avícola, em Sergipe (11:21)
Instituto Ovos Brasil e Fazenda da Toca participam do Congresso de Nutrição Comportamental (09:56)
Ovos: exportações recuam para menor patamar desde novembro (09:55)
Milho: preços se mantém em alta (09:54)
Soja: atividades de semeio avançam; vendedor está retraído (09:53)
Ovos: avicultura gaúcha se mobiliza para criação de selo nacional de qualidade (09:51)
Produzir aves sem antibióticos exige tempo de aprendizagem, diz executivo (09:11)
Pedido de painel contra UE na OMC volta à pauta (09:08)
Soja: mercado inicia semana com estabilidade em Chicago (08:05)
Milho se recupera de perdas para fechar a semana em alta (08:00)
Suíno Vivo: PR, SC e SP registram alta na sexta-feira (07:54)
Boi: mercado de novilhas aquecido (07:52)
Sexta-Feira, 11/10
Evonik tem novo presidente para a região América Central e do Sul (16:04)
YAMI - Youth Agribusiness Movement International encerra sua primeira edição e amplifica presença do jovem no agronegócio (16:02)
Primeiro substituto de ovos do Brasil é um dos destaques da Superminas Food Show 2019 (16:00)
SP: Preços Agropecuários acumulam alta de 0,43% em setembro (15:46)
Contratações de crédito rural nos três primeiros meses da Safra 2019/2020 somam R$ 59 bilhões (12:26)
Globo Roraima e Semana do Ovo: Ação em escola de Boa Vista (11:55)
Ciclo de Palestras e Atualização Avícola será realizado em Outubro (11:02)
Cobb-Vantress promove palestra e coquetel no OVUM 2019 (10:40)
Programa Ovos RS em Portugal: Receita de Bacalhau Gratinado (10:29)
Frango: queda no preço do frango eleva competitividade (10:23)
Milho abre a sexta com alta em Chicago, se reajustando após grandes perdas de ontem (10:20)
Hedge em dólar e China ajudarão a garantir investimentos da Aurora (09:22)
Políticos do Oeste de SC debatem licenciamentos ambientais (09:22)
Um ovo, dois ovos, milhões de ovos em Pernambuco (09:16)
Suíno Vivo: principais praças do país registram alta (09:05)
Mercado de carne bovina em alta (09:00)
Quinta-Feira, 10/10
Faltam 27 dias para o VI Workshop Sindiavipar (15:54)
Safeeds participa da Ovum em Lima (14:11)
Safra de grãos 2019/20 indica produção de 245 milhões de toneladas, divulga Conab (12:00)
Suínos: preços do animal vivo sobem, mas os da carne recuam (11:36)
Boi: embarque segue intenso (11:35)
Investimentos da Aviagen em novas unidades no Sul do Brasil fortalecem qualidade e segurança no fornecimento de aves (11:30)
Frigorífico de suínos da Aurora em Chapecó é duplicado e torna-se o maior do Brasil (11:26)
Exportação de milho continua em alta e soma US$ 1,1 bi em setembro (11:25)
Governo institui Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão e Digital (11:24)
Ovos RS apresenta, de Portugal, Pão de Rala (10:34)
Grandes empresas pressionam preços do milho (06:39)
Aracaju sedia ciclo de palestras sobre atividade avícola (06:37)
Quarta-Feira, 09/10
Risco de sobreoferta já entra no radar da avicultura no Brasil (14:35)
Frigoríficos de carne bovina vislumbram ‘superdemanda’ (14:31)
Aviagen expande operação no Sul do país (14:25)
Cobb-Vantress promove segunda edição de workshop sobre processamento e abate de aves e reúne mais de 70 clientes (11:40)
Semana do Ovo 2019 organizada pelo Instituto Ovos Brasil consolida mobilização do setor na promoção do ovo (11:37)
Instituto Ovos Brasil apoia o II Dia do Ovo na cidade de Bambuí-MG (11:22)
Executiva do Grupo Mantiqueira enfoca o futuro da comida (11:18)
Korin ganha Prêmio Novo Agro (11:15)
Ovos RS apresenta nova receita gravada em Portugal (09:55)
Milho: de olho na demanda de usinas, área plantada em MT deve subir 2% (07:25)
Milho dispara em Chicago com clima adverso nos Estados Unidos (07:24)
Atrasado, plantio de soja 19/20 do PR atinge 22% (07:24)
Abatedouro de frangos em Sorriso (MT) deve ficar pronto em 4 meses (07:22)
Projeto propõe isentar de IPI caminhonete adquirida por produtor rural (07:21)