Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Agronegócios

Tocantins recebe investidores dos Emirados Árabes interessados em consolidar negócios no Estado
Palmas , 25 de Junho de 2019 - O secretário da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Ridoval Darci Chiareloto, recebeu, na manhã desta segunda-feira, 24, uma comitiva do ABU Dhabi Fund for Development dos Emirados Árabes Unidos que estão em busca de consolidar negócios no Tocantins. A reunião foi acompanhada pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, o superintendente do Banco da Amazônia, Marivaldo Melo e o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Alberto Mendes da Rocha,
A comitiva, composta pelo encarregado de negócio da Embaixada daquele país, Abdelrahman Almaazi, e dos conselheiros do fundo de investimento Sharif Alsuwaidi e Tariq Obaid, veio ao Tocantins, pela primeira vez, para conhecer as oportunidades na área do agronegócio, com interesse em adquirir empreendimentos de pequeno, médio e grande porte.
Os investidores árabes têm interesse, principalmente, em efetivar negócios com indústrias de processamento de carne, grãos e com outros setores como agricultura, piscicultura, avicultura, e energia renovável, cujos empreendimentos estejam operando ou os projetos apresentem estudo de viabilidade econômica. O Fundo também está aberto a financiar projetos ligados à área de infraestrutura como estradas, pontes e barragens, através de PPP (Parceria Público-Privada).
“Nós percebemos que o Tocantins é um estado novo como os Emirados Árabes e por isso, queremos apoiá-los com os seus projetos”, afirmou o encarregado de negócios da Embaixada, Abdelrahman Almaazi, acrescentando que o Fundo já tem mais de 5 bilhões de dólares investidos no País.
Questionado sobre o valor de investimento disponível para o Tocantins, o Abdelrahman foi claro que “isto vai depender do número de projetos apresentados”.
Potencial
Na ocasião, Ridoval Darci apresentou as potencialidades que diferenciam o Tocantins dos demais estados, principalmente na questão logística, por contar com a Ferrovia Norte-Sul, com seis pátios modais, sendo dois em operação (Porto Nacional e Palmeirante), além de portos fluviais que dão acesso ao Atlântico, aeroporto em plena operação e uma malha viária que permite acesso a todas as regiões do País.
O secretário de Indústria e Comércio também destacou a localização estratégica do Tocantins, que faz divisa com seis estados da federação o que permite chegar a 41 milhões de consumidores num raio de 1.200 km.
“O Tocantins está pronto para viabilizar qualquer empreendimento e podemos oferecer mais que os outros estados, já que contamos com localização privilegiada, logística diferenciada, bons incentivos fiscais e terras abundantes disponíveis para exploração“, ressaltou o secretário aos investidores.
Ao longo do dia, mais reuniões foram realizadas com os investidores para aprofundar a negociação em relação a projetos que eles manifestaram interesse no Tocantins. Além disso, a negociação está aberta e ainda serão repassados projetos de empreendimentos que atendam aos interesses do Fundo de Investimento.
Agropecuária
O secretário da Agricultura, César Halum, acompanhado do diretor de Agricultura, Agronegócio e Pecuária da Seagro, José Américo, apresentou as potencialidades do Tocantins na setor do agronegócio para representantes do Fundo de Desenvolvimento de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.
Sobre o mercado interno, o secretário da Seagro focou a viabilidade econômica do Tocantins, situando o estado numa região estratégica de um raio de 600 km, interligando os estados do Maranhão, Bahia, Piauí, Distrito Federal, Goiás e Pará, com 5,2 milhões de habitantes. “Essa região é importante estratégica e economicamente e corresponde a um por cento do Produto Interno Bruto (PIB)”, argumentou o secretário.
O gestor da Seagro também explanou sobre o potencial agro do Tocantins. Informou aos investidores, que o estado possui cinco milhões de hectares de áreas disponíveis para a agricultura e 1,5 milhão de hectares de áreas plantadas. Cesár Halum destacou ainda, o rebanho bovino de 8,5 milhões de cabeças.
(Governo do Tocantins) (SECOM)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 21/11
Milho se valoriza em Chicago suportado por vendas técnicas nesta 5ª feira (13:28)
Soja mantém estabilidade em Chicago nesta 5ª feira (13:26)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte atingem o maior valor do ano em R$/kg vivo em outubro (11:26)
Suínos: poder de compra do suinocultor registra 3º mês consecutivo de alta (10:58)
Boi: na parcial do mês, alta do indicador chega a 19% (10:57)
Kemin debate estratégia de nutrição para dias quentes (09:49)
Ceva participa de curso internacional da Facta sobre matrizes (08:27)
Cenário é favorável para o campo, diz IPEA (08:17)
Ministra conversa com secretário americano sobre importação de carne brasileira (08:15)
Exportação de frango de SC teve o pior mês do ano em outubro (08:12)
Pecuária do MS crescerá 4,8% este ano com impulso da venda de carnes à China (08:09)
Valor Bruto da Produção Agropecuária de 2019 é atualizado para R$ 609,5 bilhões (08:06)
Frango: cotações para ave congelada e resfriada continuam subindo (08:05)
Suínos: cotações aquecidas por aumento de consumo, exportação e alta da carne bovina (08:04)
Milho: disputa comercial e pressão da colheita mantêm quedas em Chicago (08:03)
Soja fecha em baixa com pressão China x EUA (08:00)
Nem mesmo o feriado segura a alta do boi gordo; em São Paulo bate nos R$ 230/@ (07:50)
Quarta-Feira, 20/11
Terça-Feira, 19/11
Milho segue subindo em Chicago nesta terça-feira (13:44)
Soja segue em alta na Bolsa de Chicago nesta 3ª feira (13:30)
Governo prorroga por dois anos contratos temporários de médicos-veterinários do Mapa (11:43)
Anec vê um recorde maior para as exportações de milho do país (11:34)
Mineira Pif Paf compra Fricasa, empresa catarinense de carne suína (11:30)
Evonik investe em capacitação visando excelência na dosagem de aminoácidos (11:17)
O futuro dos antibióticos depende de todos nós (10:44)
Copagril renova certificação internacional de qualidade e segurança de alimentos (10:41)
Frango: alta de 2% no preço do quilo da ave no atacado em São Paulo (08:14)
Cotação do boi gordo está em patamares recordes (08:12)
Suíno: primeira quinzena com mercado valorizado e exportações aquecidas (08:06)
PIB-Agro: pecuária mantém em alta PIB do agronegócio em agosto (08:05)
Valor da produção pecuária do Brasil crescerá 7% com impulso da China, diz CNA (08:04)
Mercado Futuro do boi teve mais um dia de paralisação dos negócios por limite de alta (08:00)
Milho fecha a 2ªfeira em queda influenciada por clima bom no Brasil e incertezas comerciais (07:50)
Soja renova mínimas em Chicago e tem menor preço em 7 semanas nesta 2ª feira (07:45)
Segunda-Feira, 18/11
JBS lança selo de Bem-Estar Animal (16:10)
CNA prevê aumento de 7,2% no valor bruto da Produção Pecuária em 2019 (12:49)
Demanda interna e exportações dão sustentação ao preço do suíno (12:48)
Milho: semana começa com estabilidade para as cotações em Chicago (10:07)
Milho: demanda aquecida segue elevando preços no SPOT (10:06)
Soja: preço no porto fecha acima de R$ 90/sc (10:05)
Soja inicia semana com leves altas em Chicago (08:30)
Cursos FACTA sobre incubação e matrizes reúnem pesquisadores, profissionais do mercado e governo para discutir setor (08:15)
Soja: 6ª feira tem leves variações na Bolsa de Chicago (08:00)
C.Vale faz fusão e arrenda abatedouro da Averama (07:53)
Nunca a demanda por milho do Brasil cresceu tanto, diz SLC Agrícola (07:52)
_EUA poderão vender US$ 1 bilhão por ano à China (07:51)
Brasil vê pouco impacto em reabertura da China ao frango dos EUA (07:50)
Preço da arroba do boi se aproxima de R$200 e tem novo recorde, aponta indicador Esalq/B3 (07:49)
Sexta-Feira, 15/11