Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
Matérias-Primas

Cotações do milho registram maior patamar dos últimos 5 anos na Bolsa de Chicago
Campinas, SP, 17 de Junho de 2019 - A última semana terminou com grandes altas para os preços internacionais do milho futuro da Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registraram valorizações entre 6,50 e 11,00 pontos na sexta-feira (14).

O vencimento julho/19 foi cotado à US$ 4,53, o setembro/19 valeu US$ 4,58 e o dezembro/19 foi negociado por US$ 4,63. No total desta semana, o contrato julho subiu 9,16% com relação ao último pregão da semana passada.

Segundo informações da Agência Reuters, os contratos futuros de milho subiram para o seu maior patamar nos últimos cinco anos na sexta-feira, já que previsões de mais chuvas para região leste na próxima semana prejudicaram as perspectivas de plantios tardios e as perspectivas de produção.

“O milho encerrou sua melhor semana única desde o verão de 2015 e subiu para as altas de cinco anos depois de lançar mais uma rodada de ganhos significativos. Os preços movimentaram hoje cerca de 2,5%, com as preocupações com as plantações tardias”, comentou o Ben Potter, analista da Farm Futures.

E a perspectiva para a próxima semana é de mais tempo úmido em um longo trecho que vai de Oklahoma até a Pensilvânia, esperando mais chuvas até 21 de junho, segundo o mais recente mapa de precipitação acumulada de sete dias da NOAA. Além disso, as máximas diurnas nos Estados Unidos centrais ficarão abaixo do normal durante a próxima semana também.

“O tempo úmido persistente nessas áreas limitará severamente o plantio restante de soja e aumentará o potencial para declínios significativos na área plantada de soja, além das grandes quedas na área de milho que são inevitáveis”, disse a empresa de tecnologia espacial Maxar.


Mercado interno

No mercado interno, os preços do milho disponível permaneceram sem movimentações em sua maioria. Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, a única praça que apresentou desvalorização foi Castro/PR (1,37% e preço de R$ 36,00).

Já as valorizações apareceram em Porto Paranaguá/PR, Palma Sola/SC, Assis/SP, Tangará da Serra/MT, Campo Novo do Parecis/MT, Campinas/SP, Rio Sul/SC, Ubiratã/PR, Londrina/PR, Cascavel/PR (3,51% e preço de R$ 29,50), Jataí/GO e Rio Verde/GO (5,36% e preço de R$ 29,50), São Gabriel do Oeste/MS (5,77% e preço de R$ 27,50), Sorriso/MT disponível (6,82% e preço de R$ 23,50) e Sorriso balcão (11,90% e preço de R$ 23,50).

Para a Agrifatto Consultoria, no mercado físico as cotações seguem fortalecidas, apesar do início da colheita da safra de inverno. “Neste sentido, espera-se que os produtores fiquem mais inclinados a entregar os contratos fechados anteriormente, limitando ajustes de preços no spot no curto prazo”, dizem os analistas.

As valorizações dos contratos futuros contagiaram as negociações do físico, com a as indicações maiores, o que ampliou os volumes de negócios.
(Notícias Agrícolas) (Guilherme Dorigatti)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 22/07
Granja Higashi é campeã em ovos brancos e vermelhos (09:13)
Nova diretoria da AVES é eleita para gestão 2019-2021 (08:53)
Bastos é disparado o principal produtor de ovos paulista: são 5 bilhões por ano (08:39)
Evonik e Vland ampliam parceria (08:28)
Frango: carne tem maior competitividade, mas ritmo de negócios está lento (08:13)
Ovos: com mercado calmo, preços seguem estáveis (08:12)
Boi Gordo: mercado de reposição ganhando ritmo (08:10)
Soja recua nesta 2ª feira na CBOT (08:00)
Em Chicago, mercado do milho encerrou o pregão de 6ª feira do lado positivo da tabela (07:49)
Sexta-Feira, 19/07
Caminhoneiros reagem à tabela de frete e planejam ato para segunda (10:36)
Milho: “Chove em Chicago” (08:59)
BRF começa a deixar turbulências para trás (08:57)
Quinta-Feira, 18/07
China vai inspecionar frigoríficos brasileiros por vídeo (14:16)
Demanda chinesa por carnes amplia exportações da UE (08:55)
Após divergências com a ministra, presidente da Embrapa é demitido (08:53)
Paraná deverá liderar produção de carnes, prevê especialista (07:44)
Itaú BBA aponta tendências de faturamento das carnes em 2019 (07:43)
Frango/BTG: fundamentos no curto prazo são bons; pico do ciclo pode estar próximo (00:42)
Quarta-Feira, 17/07
Zoetis destaca Magniplex na Festa do Ovo, em Bastos/SP (13:31)
Polinutri garante presença na tradicional Festa do Ovo de Bastos (11:39)
ANTT cede a caminhoneiros em tabela do frete (09:00)
Aviagen reúne representantes das principais empresas avícolas da América Latina para evento técnico nos EUA (08:16)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em junho (08:11)
Mercado do boi gordo está perdendo força (08:07)
Mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em campo negativo na CBOT (08:03)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago (08:00)
Instituto Ovos Brasil patrocina 3ª edição da Corrida da Festa do Ovo (07:42)
Terça-Feira, 16/07
Yamasa participa da Festa do Ovo 2019, patrocina Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos e Corrida da Festa do Ovo (12:04)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal confirma presença na Festa do Ovo de Bastos 2019 e reforça seu compromisso com o segmento de postura (12:00)
Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019 (11:30)
Milho: Mercado inicia sessão nesta 3ª feira com baixas em Chicago (09:34)
Plantio atrasado nos EUA estende impacto do clima sobre preço de grãos (09:22)
Mercosul acelera vigência de acordo com UE (09:19)
Levantamentos indicam que geada não comprometeu oferta de produtos (08:31)
PIB do agronegócio cresce 0,04% em abril (08:27)
Santa Catarina encerra o primeiro semestre com alta de 56% nas exportações de carnes (08:24)
Exportação de milho do Brasil no acumulado de julho já supera volume de junho (08:22)
Começo de semana parado no mercado do boi gordo (08:10)
Milho: mercado finaliza a sessão nesta 2ª feira com forte recuo na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja fecha a 2ª feira com mais de 10 pts de queda na CBOT (08:00)