Quinta-feira, 18 de Abril de 2019
Exportação

Estados Unidos mandarão equipe de inspeção ao Brasil para autorizar importação de carne in natura

Governo brasileiro criará cota para importação de trigo. Tereza Cristina se reúne com secretário de Agricultura dos EUA para tratar de parcerias entre os dois países.
Brasília, DF, 20 de Março de 2019 - Após reunião nesta terça-feira (19) entre os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump, o governo dos Estados Unidos divulgou comunicado conjunto informando que concordou em dar novos passos no sentido de liberar a compra de carne in natura exportada pelo Brasil. De acordo com nota, será agendada uma visita técnica do Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos para auditar o sistema de inspeção de carne bovina do Brasil, assim que o governo brasileiro tiver fornecido a documentação de segurança alimentar.

Além disso, Trump e Bolsonaro instruíram suas equipes a negociar um Acordo de Reconhecimento Mútuo em relação aos seus programas de comércio confiável (Trusted Trader), o que reduzirá os custos de exportação para empresas americanas e brasileiras. Bolsonaro, por sua vez, anunciou que o Brasil criará uma cota tarifária permitindo a importação de 750 mil toneladas anuais de trigo com tarifa zero. Além disso, de acordo com o comunicado, os Estados Unidos e o Brasil concordaram com as condições científicas para permitir a importação de carne suína dos Estados Unidos.

Logo após a o comunicado conjunto, o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, destacou, em suas redes sociais, a reunião com a ministra Tereza Cristina, em Washington, nesta terça-feira. Ele informou que foi discutida a forte relação entre os dois países na produção de grãos e de proteína animal. Tereza Cristina e Perdue também trataram da “necessidade de parcerias em apoio à biotecnologias agrícolas e comércio seguro, baseado em ciência, para produtos dos dois países, como carne suína e bovina.”

Perdue também comemorou a decisão do governo brasileiro de criar uma cota de 750 mil toneladas anuais de trigo com tarifa zero de importação. De acordo com Perdue, os produtores americanos estavam “ansiosos por grandes exportações de trigo dos EUA”. Segundo o secretário, há “mais por vir, à medida que fortalecermos o relacionamento bilateral com o Brasil”.

O Brasil vai notificar à Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre a criação da cota, com a qual já tinha se comprometido desde o fim da Rodada Uruguai, da OMC, na década de 1990, sem que a medida tenha sido implementada.

OCDE

Ainda segundo a nota oficial conjunta, o presidente Trump anunciou o apoio dos Estados Unidos à entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), grupo de 36 grandes países que aceitam os princípios da economia de mercado. Trump saudou os esforços do Brasil em relação a reformas econômicas, a melhores práticas de governo e à criação de um marco regulatório alinhado com os padrões da OCDE.

Em troca, de acordo com o documento, “em consonância com seu status de líder global, o presidente Bolsonaro concordou que o Brasil começará a renunciar ao tratamento especial e diferenciado nas negociações da Organização Mundial do Comércio”, atendendo proposta dos Estados Unidos.

Os dois líderes concordaram em construir uma parceria de prosperidade para aumentar os empregos e reduzir as barreiras ao comércio e ao investimento. Para esse fim, decidiram aprimorar o trabalho da Comissão de Relações Econômicas e Comerciais dos Estados Unidos com o Brasil, criada no âmbito do Acordo sobre Cooperação Econômica e Comercial, com o objetivo de explorar novas iniciativas para facilitar o investimento comercial e as boas práticas regulatórias.
(Mapa) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quinta-Feira, 18/04
Cobb dos EUA faz intervenção na filial brasileira (07:53)
O perigo de mexer com o Irã (07:39)
Boi Gordo: indústrias estão com dificuldade de compras (07:20)
Incerteza sobre o plantio americano mantem milho 1 cent mais baixo em Chicago (07:18)
Soja dá continuidade ao movimento de baixa e perde mais 10 pontos em Chicago (07:15)
Paraíba: governo promove cursos de avicultura e incentiva produção no estado (00:34)
Crise diplomática é desafio para o setor (00:33)
Quarta-Feira, 17/04
Custos de produção de frangos de corte aumentam em março (13:30)
Biocamp – êxito em sua participação no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:08)
Cobb promove seminário sobre inspeção sanitária em parceria com a ABPA e com o MAPA (11:35)
FAO prevê avanço menor da demanda por commodities (08:54)
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 588,8 bilhões (08:50)
MSD Saúde Animal promove primeiro Programa de Residência do agronegócio do Brasil (08:49)
Vetanco presente no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:47)
Ceva apostou em ação solidária inédita durante o Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:46)
SINDAN integra-se ao Sistema de Logística Reversa de Embalagens (08:34)
MAPA e ABPA definem ações de prevenção à Peste Suína Africana (08:24)
Mercado do boi gordo diminui o ritmo de altas (08:22)
Mercado do Boi Gordo estaciona em SP por abates mais esticados e influência do MS (08:19)
Soja fecha com mais de 10 pts de baixa em Chicago (08:16)
Incertezas com clima e negociações deixam cotações do milho em Chicago mais baixas nessa terça-feira (08:07)
Terça-Feira, 16/04
Asgav e Ovos RS convidam a todos para o Conbrasul 2019 (14:00)
Ministério prevê valor da produção agropecuária do país de R$ 588,8 bi (09:02)
Suspensão de abates pela BRF deixa avicultores do Paraná apreensivos (07:06)
Rússia adia inspeção de abatedouros brasileiros (07:05)
Santa Catarina busca apoio federal para melhorias na Rota do Milho (00:07)
Segunda-Feira, 15/04
Zanchetta oferece R$ 200 milhões por ativos do frigorífico Mondelli (12:01)
Nos EUA, JBS se volta para a carne do futuro (11:51)
Zanchetta oferece R$ 200 milhões por ativos do frigorífico Mondelli (11:50)
Ovos: exportações recuam em março (10:06)
Milho: produção é novamente reajustada e disponibilidade pode atingir novo recorde (10:05)
Soja: negócios são limitados devido à dificuldade de embarques (10:02)
5ª edição da FAVESU realizará palestras sobre Bem-Estar de poedeiras (09:23)
Senadores pedem vista, e votação do Estatuto dos Animais é adiada pela CAE (09:08)
Fiscais agropecuários farão treinamento em boas práticas e bem estar animal (08:48)
Boi Gordo: cenário é de preços firmes (08:18)
Semana acaba com milho ainda estável em Chicago (08:04)
Soja fecha a semana estável em Chicago, mas preços sobem no BR (08:00)
Inscrições para participar da Iran Agrofood 2019 vão até o dia 21 (07:37)
A epidemia chinesa de peste suína e o Brasil (07:34)
Abatedouro estrutura cadeia produtiva da avicultura na Bahia e garante maior qualidade do frango (07:32)
Ministra instala comissão que vai estruturar agenda da produção sustentável (07:31)
Avicultura decola no norte do Paraná (07:30)
Participação do agronegócio nas exportações brasileiras cresce 1,5% em março (07:28)
Sexta-Feira, 12/04
Tereza Cristina instala comissão que vai estruturar agenda da produção sustentável (19:30)
Santa Catarina busca apoio federal para melhorias na Rota do Milho (19:26)
Participação do agronegócio nas exportações brasileiras cresce 1,5% em março (19:23)
Cobb e OneEgg fornecem mais ovos para mais crianças (14:56)
Poder de compra do avicultor segue favorável (10:03)
Galinhas “cage-free” do McDonald's (09:44)
Melhoram as projeções de Conab e IBGE para a produção do cereal (09:21)
Paraná torce por uma safrinha robusta (09:14)
Governo quer MP do fundo garantidor de crédito no Congresso este mês (09:13)
Suínos: China, Hong Kong e Rússia impulsionam exportações (08:10)
Preço da arroba do boi volta a superar o da carne (08:07)
Boi Gordo: oferta restrita segue pressionando preços (08:06)
Milho: Chicago fecha com leves quedas nessa quinta-feira (08:04)
Soja fecha em queda na Bolsa de Chicago nesta 5ª feira (08:00)
Produção de grãos cresce 3,4% e chega a 235,3 milhões de toneladas (07:02)
Pesquisa inédita da CNA aponta demandas dos produtores rurais (06:59)
Biocarvão feito com resíduos é testado pela Embrapa como condicionador de solo (06:57)
Na esteira da peste suína na Ásia, JBS vira a "menina dos olhos" dos analistas (06:56)
Santa Catarina amplia em 12% as exportações de carnes em 2019 (06:55)