Domingo, 17 de Fevereiro de 2019
Matérias-Primas

Mercados em forte alta: soja sobe quase 20 pts nesta 2ª feira
Campinas, SP, 03 de Dezembro de 2018 - Os preços da soja continuam a subir forte na Bolsa de Chicago na manhã desta segunda-feira (3) refletindo as decisões tomadas na reunião do G20 que aconteceu no último final de semana em Buenos Aires, na Argentina. Os futuros da commodity, por volta de 7h30 (horário de Brasília), subiam mais de 19 pontos nos principais contratos - ou mais de 2%, com o janeiro/19 já valendo US$ 9,19 e o maio/19, US$ 9,40 por bushel.

A expectativa de forte alta nos mercados de commodities se confirmou nesta madrugada de segunda-feira, após o anúncio de trégua na guerra comercial entre EUA e China.

O mercado está interpretando como positivo o acordo mesmo temporário e por apenas 90 dias, entre Estados Unidos e China, quando os americanos se comprometeram a não aumentar as tarifas sobre a importação de produtos chineses e esses, por sua vez, se comprometeram comprar commodities, energia e outros produtos americanos imediatamente, para reduzir o déficit comercial entre os dois países.

Segundo Ginaldo Sousa, diretor da Labhoro Corretora, de Curitiba, "no momento é impossível dizer ou estimar que volume de soja os chineses vão importar dos EUA, mesmo porque as empresas importadoras da China não vão querer correr novo risco, pois ainda não se sabe com certeza se o Governo vai ou não sobretaxar as importações da soja americana.

Os fundos de investimentos estavam vendidos em soja, trigo e óleo em volumes expressivos e isso provoca um "short covering" nesta madrugada, puxando os preços para cima. Com a alta na CBOT se mantendo ao longo do dia, os prêmios brasileiros cairão também de maneira expressiva, diz o analista da Labhoro.

De outro lado, a safra Sul americana está a caminho e dentro de 45 dias o Brasil será competivo e poderá fornecer soja em volumes expressivos também aos chineses.

O consultor Eduardo Lima Porto pondera, no entanto, que a entrada da nossa safra começará de fato a chegar na China em março na melhor das hipóteses, tendo em vista o transit-time de 35-40 dias entre o embarque e o desembarque.

"A soja americana que está praticamente parada nos armazéns apresenta grandes problemas de qualidade, com ocorrências de ardidos por todos os lados. Os estoques americanos são estimados em 26 milhões de toneladas", lembra Lima Porto.

Na quarta-feira, dia 5 de dezembro, os mercados americanos estarão fechados em homenagem a memória do ex Presidente George H W Bush, decretado pelo pelo presidente Trump.

No Brasil, o clima continua favorável, mas o Centro Oeste e Nordeste terão chuvas em excesso que poderão causar alguns alagamentos pelos próximos 10 dias.
(Notícias Agrícolas) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Domingo, 17/02
Sexta-Feira, 15/02
Frango: Cepea aponta que poder de compra vem registrando mais um mês de queda (09:32)
Ovos: preços de fevereiro são os maiores desde junho/2018, destaca Cepea (09:30)
China anuncia tarifas de até 32,4% ao frango brasileiro por 5 anos (08:21)
Para cobrir rombo, Estados elevam tributação sobre agronegócio (08:11)
Suíno Vivo: altas em SP, PR, MG e GO (08:08)
Boi Gordo: mercado em ritmo lento (08:06)
Boi Gordo: volume de animais abatidos no BR se eleva em 2018 (08:05)
Milho: mercado estável (08:04)
Soja: preços registram alta (08:00)
MSD Saúde Animal patrocina Congresso de Ovos e debate complexo respiratório em espaço empresarial (07:43)
Quinta-Feira, 14/02
Mercado será foco dos debates na abertura do Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:52)
2ª Conbrasul Ovos abre período de inscrições online (13:38)
Indústria de alimentos prevê avanço de até 4% (09:34)
Etanol de milho avança (09:32)
Nova regra incentiva emissão de letras de crédito do agronegócio (08:50)
Pilgrim’s Pride registra prejuízo de US$ 8,2 milhões no 4º trimestre (08:40)
Recall da BRF expõe falha e transparência (08:38)
IOB segue sua campanha em São Paulo (08:26)
Vetanco homenageia Cooperitaipu (08:22)
Suíno Vivo: estabilidade nas cotações (08:16)
Boi: em SP, preço da arroba está estável (08:12)
Milho: estabilidade domina o dia (08:05)
Preços da soja sobem no Brasil nesta 4ª feira (08:00)
Quarta-Feira, 13/02
VAXXITEK® já imunizou 100 bilhões de aves contra Marek e Gumboro (11:53)
Santa Catarina começa o ano com alta nas exportações de carnes (11:23)
Por salmonela, BRF faz recall de lotes de frango no Brasil e exterior (08:22)
Exportações do agronegócio sobem 6% em 12 meses e somam US$ 102,14 bilhões (08:07)
Suíno Vivo: alta de 5,12% em SC (08:05)
Boi gordo: oferta restrita dificulta a compra pelos frigoríficos (08:03)
Mercado Interno do milho permanece estável (08:00)
Brasil proíbe uso de antibióticos promotores de crescimento (07:51)
Clima adverso faz Conab e IBGE reduzirem projeções para safra (07:50)
SP: produção de grãos deve superar sete milhões de toneladas (07:49)
Terça-Feira, 12/02
IBGE: Cai o abate de frangos, sobe o de bovinos e suínos (10:51)
Prêmio Lamas de pesquisa avícola está com inscrições abertas (08:22)
NUCLEOVET faz evento de lançamento dos Simpósios 2019 em Chapecó (08:20)
Suíno Vivo: alta de 2,94% no PR (08:09)
Mercado do boi gordo retoma fôlego (08:06)
Mercado interno do milho apresenta pouca movimentação (08:04)
Produção de soja poderá ser a menor em três anos (08:02)
Preços da soja no Brasil apresentam poucas mudanças (08:00)
Por que ainda não sou vegetariano (07:57)
Após suspensão, exportadores de frango do Brasil vão a Riad (07:56)
No centro de inovação da BRF, um olhar sobre o futuro da embalagem (07:55)