Sábado, 20 de Julho de 2019
Empresas

Agora, Tyson foca expansão no exterior
São Paulo, SP, 09 de Novembro de 2018 - Depois de concentrar sua atuação nos Estados Unidos nos últimos anos, a americana Tyson Foods quer voltar as baterias para a expansão internacional, indicou na quarta-feira o novo CEO Noel White, em entrevista ao "The Wall Street Journal". White assumiu o cargo em setembro.

Nos EUA, a Tyson é a maior companhia de carnes em faturamento - US$ 38,2 bilhões no ano-fiscal de 2017 - e a principal rival da brasileira JBS, que fatura no mundo mais de US$ 50 bilhões.

A Tyson chegou a produzir carne de frango no Brasil, mas saiu do país - assim como do México - em 2014, vendendo as operações à JBS. Ao deixar o Brasil e o México, a Tyson alegou que as operações tinham pouca escala - a empresa era dona de uma pequena empresa no Estado do Paraná. Além disso, a empresa precisava de recursos e foco para digerir a aquisição da americana Hillshire Brands, empresa de alimentos processados pela qual pagou US$ 7,7 bilhões.

Ao "The Wall Street Journal", o CEO da Tyson evitou apontar alvos específicos. Ele também não mencionou o Brasil. No mercado, muitos argumentam que uma estratégia global em carnes implica investir no mercado brasileiro. No passado, a Tyson já chegou a flertar com a BRF, empresa de alimentos que hoje vive profunda crise.

Para a Tyson, investir fora dos EUA significa também diluir riscos, o que se revela cada vez mais relevante diante da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Neste ano, Pequim alvejou a suinocultura americana, ao sobretaxar a carne suína. O México fez o mesmo, reagindo à ofensiva protecionista do governo Trump.

"Você dilui os riscos se tiver operações fora dos EUA", reconheceu White. Nesse sentido, a Tyson já deu um passo, ao fechar a aquisição da Keystone da brasileira Marfrig Global Foods, por quase US$ 2,5 bilhões. Embora sediada nos Estados Unidos, a Keystone tem operações na China, Malásia e Tailândia. Para que o negócio seja concluído, só resta a aprovação do órgão antitruste da Coreia do Sul.

De acordo com o CEO da Tyson, a empresa agora redefiniu a estratégia para a China. A aposta é ter mais produtos com marca, comercializando itens como nuggets. Além disso, a empresa americana pode investir em novas fábricas para o processamento de frango.

Na China, a Tyson já chegou a fazer, antes da compra da Hillshire, pesados investimentos no desenvolvimento da cadeia agropecuária. No entanto, os constantes surtos de gripe aviária no país asiático e o enfraquecimento da taxa de expansão da economia chinesa minaram os esforços da Tyson. Conforme o "The Wall Street Journal", os problemas na China fizeram a Tyson Foods realizar um baixa contábil de US$ 169 milhões em 2015.

(Valor) (Luiz Henrique Mendes)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Sábado, 20/07
Sexta-Feira, 19/07
Caminhoneiros reagem à tabela de frete e planejam ato para segunda (10:36)
Milho: “Chove em Chicago” (08:59)
BRF começa a deixar turbulências para trás (08:57)
Quinta-Feira, 18/07
China vai inspecionar frigoríficos brasileiros por vídeo (14:16)
Demanda chinesa por carnes amplia exportações da UE (08:55)
Após divergências com a ministra, presidente da Embrapa é demitido (08:53)
Paraná deverá liderar produção de carnes, prevê especialista (07:44)
Itaú BBA aponta tendências de faturamento das carnes em 2019 (07:43)
Frango/BTG: fundamentos no curto prazo são bons; pico do ciclo pode estar próximo (00:42)
Quarta-Feira, 17/07
Zoetis destaca Magniplex na Festa do Ovo, em Bastos/SP (13:31)
Polinutri garante presença na tradicional Festa do Ovo de Bastos (11:39)
ANTT cede a caminhoneiros em tabela do frete (09:00)
Aviagen reúne representantes das principais empresas avícolas da América Latina para evento técnico nos EUA (08:16)
Custos de produção de suínos e de frangos de corte disparam em junho (08:11)
Mercado do boi gordo está perdendo força (08:07)
Mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em campo negativo na CBOT (08:03)
Soja fecha com baixas de dois dígitos em Chicago (08:00)
Instituto Ovos Brasil patrocina 3ª edição da Corrida da Festa do Ovo (07:42)
Terça-Feira, 16/07
Yamasa participa da Festa do Ovo 2019, patrocina Concurso de Qualidade de Ovos de Bastos e Corrida da Festa do Ovo (12:04)
Boehringer Ingelheim Saúde Animal confirma presença na Festa do Ovo de Bastos 2019 e reforça seu compromisso com o segmento de postura (12:00)
Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019 (11:30)
Milho: Mercado inicia sessão nesta 3ª feira com baixas em Chicago (09:34)
Plantio atrasado nos EUA estende impacto do clima sobre preço de grãos (09:22)
Mercosul acelera vigência de acordo com UE (09:19)
Levantamentos indicam que geada não comprometeu oferta de produtos (08:31)
PIB do agronegócio cresce 0,04% em abril (08:27)
Santa Catarina encerra o primeiro semestre com alta de 56% nas exportações de carnes (08:24)
Exportação de milho do Brasil no acumulado de julho já supera volume de junho (08:22)
Começo de semana parado no mercado do boi gordo (08:10)
Milho: mercado finaliza a sessão nesta 2ª feira com forte recuo na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja fecha a 2ª feira com mais de 10 pts de queda na CBOT (08:00)