Terça-feira, 20 de Novembro de 2018
Política Agrícola

Tereza Cristina é anunciada como ministra da Agricultura de Bolsonaro

Ela é deputada federal pelo DEM/MS e coordenadora da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que apoiou o candidato ainda no primeiro turno
São Paulo, 07 de Novembro de 2018 - Tereza Cristina, coordenadora da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e deputada federal pelo Democratas do Mato Grosso do Sul, foi anunciada nesta quarta-feira (07) como ministra da Agricultura do governo de Jair Bolsonaro (PSL).

O presidente eleito confirmou a informação no Twitter: “Boa noite! Informo a todos a indicação da senhora Tereza Cristina da Costa Dias, Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, ao posto de Ministra da Agricultura. — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 7 de novembro de 2018”.

Ela é a primeira mulher a ser anunciada para o ministério; questionado ontem, Bolsonaro disse que sua equipe “com certeza” contaria com mulheres.

Na equipe de transição, todos os 27 nomes anunciados inicialmente eram homens; diante da repercussão negativa, quatro mulheres foram adicionadas – três ligadas ao Exército e uma economista.

Já estão confirmados como ministros Paulo Guedes, para Economia; Sérgio Moro, para Justiça; Onyx Lorenzoni, para Casa Civil; Marcos Pontes, para Ciência e Tecnologia; e o general Augusto Heleno, para o Gabinete de Segurança Institucional.

Bolsonaro promete um diplomata para o ministério das Relações Exteriores e já anunciou a incorporação do Ministério do Trabalho em algum outro; o número de pastas deve ser enxugado das atuais 29 para 17 ou 18.

Inicialmente, Bolsonaro iria fundir as pastas da Agricultura e do Meio Ambiente, mas, após resistência de parte do agronegócio temeroso de prejuízo especialmente para as exportações, já anunciou que as duas pastas continuarão separadas.

Perfil da nova Ministra

Engenheira agrônoma e empresária de 64 anos, Tereza Cristina tem uma longa trajetória no setor agropecuário.

Ela foi secretária de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo de Mato Grosso do Sul durante o governo de André Puccinelli (MDB).

Neste ano, Tereza Cristina foi uma das lideranças que defenderam a aprovação do Projeto de Lei 6.299, que flexibiliza as regras para fiscalização e aplicação de agrotóxicos no país.

Antes do primeiro turno, Tereza Cristina encontrou-se com Bolsonaro no Rio de Janeiro e anunciou, àquela altura, o apoio da FPA ao então candidato.

Foi o primeiro apoio de peso que o ainda presidenciável recebeu no Congresso durante a eleição. A bancada ruralista no Congresso Nacional reúne aproximadamente 260 parlamentares.

Tereza Cristina chegou a ser cotada para ser candidata a vice-presidente na chapa do candidato derrotado do PSDB, Geraldo Alckmin. O tucano, entretanto, preferiu optar por outra expoente da bancada ruralista, a senadora gaúcha Ana Amélia (PP).
(Exame) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 20/11
China pode autorizar importação de carnes de até 78 unidades do Brasil (07:03)
Segunda-Feira, 19/11
Mapa e IICA lançam hotsite com estratégia internacional do agro (23:00)
Conab promove seminário sobre perdas de alimentos (22:55)
México habilita novas plantas para exportação de carne de aves Negociação externa (12:35)
Novas habilitações para o México devem incrementar exportações de frango do Brasil em 2019 (12:24)
Vetanco participa da 2nd Latin American Scientific Conference (08:15)
Milho: mercado aguarda novidades e fecha pregão desta 6ª com leves quedas na Bolsa de Chicago (08:08)
Soja: mantendo foco na disputa entre chineses e americanos, Chicago recua nesta 2ª feira (08:00)
Necta, com apoio do IOB, reúne alunos de graduação e pós gradução para falar sobre ovos (07:57)
Sexta-Feira, 16/11
FRANGO/CEPEA: carne se valoriza com aumento da procura (08:17)
OVOS/CEPEA: maior demanda eleva cotações; alta do vermelho supera 20% (08:16)
Retomada econômica poderá afetar o campo em 2019, diz analista (08:14)
SUÍNOS/CEPEA: bom ritmo de exportações e demanda interna elevam preço da carne (08:14)
BOI/CEPEA: aumento no abate mostra retomada de produtividade (08:13)
ABPA fomenta novos negócios para importações chinesas de aves e de suínos na CIIE (08:03)
Câmbio e clima nos EUA deixaram o milho na CBOT em total estabilidade (08:02)
Dólar mais alto e neve nos próximos dias nos EUA firmaram a soja em alta moderada em Chicago (08:00)
Quinta-Feira, 15/11
Quarta-Feira, 14/11
Putin ressuscita super-frango russo (20:08)
Brasil pede que Europa revise cotas após Brexit (20:01)
Paraná produzirá até 47% mais milho em 2019 (19:25)
Pilgrim’s, da JBS, concorre por ativos da BRF na Tailândia e Europa (19:22)
FAEP solicita continuidade do programa Tarifa Rural Noturna (19:21)
CNA debate normas técnicas da avicultura (19:19)
Pilgrim’s, da JBS, concorre por ativos da BRF na Tailândia e Europa (19:10)
Distribuidor da Vetanco promove Simpósio no NE (14:53)
Nova ministra terá que lidar com reflexos da Carne Fraca (11:28)
Programa técnico do Congresso de Ovos 2019 já tem principais temas definidos (09:33)
CNA protocola no STF pedido de suspensão de multas relativas a fretes (08:47)
JBS tem resultado operacional recorde, mas fica no vermelho (08:42)
Abate de bois cresceu no 3º tri, mas o de aves diminuiu (08:41)
Excesso de frango nos EUA desafia Tyson Foods (08:10)
Exportação ajuda, e produção de carnes se recupera no 3º trimestre (08:05)
Milho: perdas do trigo pesam e mercado recua mais de 1% nesta 3ª feira na Bolsa de Chicago (08:03)
Alta do dólar tem efeito limitado e preços da soja no mercado brasileiro tem 3ª feira de estabilidade (08:00)