Terça-feira, 23 de Abril de 2019
Bem-estar Animal

McDonald’s é alertado a cuidar melhor de seus frangos
Rio de Janeiro, RJ , 24 de Setembro de 2018 - O McDonald’s vem recebendo, há algum tempo, alertas para que cuide melhor de seus frangos e, no início do mês, atores e músicos, incluindo Kristen Bell, Joan Jett e Weird Al Yankovic, entraram na campanha para que a empresa dispense um tratamento mais caridoso com os animais.

Agora há um novo nome nessa lista, e de peso muito maior. Em carta datada de 22 de agosto de 2018, a qual a Bloomberg News teve acesso, o controlador do estado de Nova York Thomas P. DiNapoli expressou preocupações sobre os “riscos potenciais financeiros e de reputação associados às práticas de bem-estar do frango do McDonald's.” DiNapoli escreveu na condição de curador do Fundo de Aposentadoria Comum do Estado de Nova York, o terceiro maior fundo público de pensão dos Estados Unidos e - até 31 de julho - detentor de mais de US $ 300 milhões em ações do McDonald's.

O alerta, dirigido ao presidente do McDonald's, Enrique Hernandez Jr., e ao diretor executivo Stephen J. Easterbrook, segue uma ampla campanha de mídia da Human Society dos Estados Unidos, que inclui um comercial de televisão em Chicago, cidade natal do McDonald’s e 20 celebridades. Todos eles conclamam a gigante dos restaurantes a seguir os concorrentes, como Burger King e Subway, para fazer “reformas modestas” em suas políticas de bem-estar social das aves criadas para abate.

Embora o McDonald's tenha se comprometido a só usar ovos de galinha criadas sem gaiola, até 2025, e carne de porco livre de gaiolas gestacionais, até 2022, ainda não se juntou à concorrência nessas etapas específicas para frangos, de longe o animal mais numeroso das granjas americanas.

DiNapoli pediu à companhia para adotar padrões precisos para o bem-estar dos frangos de corte, como os fornecidos pela Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA na sigla em inglês) ou pela Parceria Global com Animais (GAP). O ponto, no entanto, não é apenas cuidar melhor dos animais, ele disse. É para proteger a empresa e, portanto, seus investidores - incluindo grandes e institucionais, como Nova York.

"Embora esses padrões sejam importantes do ponto de vista do bem-estar animal", diz a carta, "eles também fazem sentido para os negócios". DiNapoli citou a crescente demanda dos consumidores por produtos animais com maior bem-estar e a publicidade negativa para o McDonald’s por ter ficado para trás. Ele conclui a carta com um pedido de “resposta detalhando o que a empresa está fazendo para fortalecer sua recente política de bem-estar dos frangos e alinhá-la com boas práticas amplamente aceitas como as da RSPCA e GAP”.

As reclamações da Human Society sobre o tratamento dispensado às galinhas pelo McDonald's têm como foco suas habitações lotadas, assim como a raça, que é selecionada por seu rápido crescimento, mas propensa a problemas de saúde, incluindo pernas quebradas.

O grupo aplaudiu a carta de DiNapoli. "O fato de o McDonald's permitir que galinhas sofram gravemente em sua cadeia de suprimentos, enquanto seus concorrentes tomam medidas para melhorar seu tratamento, certamente deve causar preocupação para qualquer pessoa que invistainvestida na empresa", disse Josh Balk, vice-presidente de proteção animal da Humane Society. "Estamos felizes que o estado de Nova York reconheça isso e esteja tomando medidas para proteger seu investimento, pedindo ao McDonald's para fazer melhor."

O porta-voz de DiNapoli, Matthew Sweeney, disse que o escritório ainda não ouviu o McDonald's. Em resposta a uma solicitação de comentários por parte da Bloomberg, a rede não respondeu diretamente `solicitação da DiNapoli.

“Em outubro passado, anunciamos uma nova política que estabelece oito compromissos globais, que melhoram de forma mensurável o bem-estar dos frangos em toda a nossa cadeia de fornecimento”, disse a empresa. Estes incluem “exigir que galinhas sejam criadas em ambientes que promovam comportamentos naturais, implementando sistemas de monitoramento nas fazendas para coletar indicadores-chave de bem-estar, estabelecendo auditorias de terceiros e a criação de um Conselho Consultivo de Sustentabilidade Global para Galinhas”.

O McDonald's disse que trabalha com “fornecedores, ONGs, acadêmicos e especialistas do setor para promover a sustentabilidade do frango servido em nossos restaurantes. Acreditamos que essa abordagem baseada em resultados fornece o caminho mais abrangente para melhorar de forma mensurável o bem-estar dos frangos.”

A Human Society classificou a declaração do McDonald’s como uma “série de promessas vazias”.

“É decepcionante que o McDonald’s continue a usar declarações vagas de RP que não contêm ações claras para reduzir o sofrimento e a dor dos frangos criados para o abate”.
(Época Negócios) (Redação)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 23/04
Negociações do Plano Safra na reta final (08:50)
Plantio de milho avança nos EUA, o que é bom para o sojicultor brasileiro (07:03)
Elanco começa trajetória independente da Eli Lilly (06:34)
AVES e CRMV-ES realizam curso para o setor de ovos do ES (06:30)
Carne brasileira pode ampliar espaço no mercado chinês, diz ministra (06:20)
Consumo calmo pressiona preços da arroba do boi (06:15)
Segunda-feira termina com milho desvalorizado em Chicago (06:09)
Soja: portos fecham em queda nesta 2ª feira com recuo em Chicago (06:07)
Preocupação na demanda por soja, peste suína africana se alastra por toda China (06:04)
Segunda-Feira, 22/04
StarYeast®, da ICC Brazil, é alternativa para crise de vitamina B2 na União Europeia (10:07)
Programa de autocontrole: cooperativas entregam carta de reivindicações ao MAPA (09:17)
Semana será decisiva para impasse entre governo e caminhoneiros (08:34)
PIB do agronegócio mineiro fecha 2018 com crescimento de 3,55% (08:32)
Serviço de Inspeção de Pernambuco passa a ter equivalência ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (08:20)
Ovos: última semana da Quaresma é marcada por preços estáveis (08:18)
Surto de peste suína africana na China altera dinâmica do mercado de carnes no Brasil (08:18)
Soja: preços sobem, mas médias mensais são as menores desde janeiro (08:15)
China terá redução de 10 mi de toneladas na oferta de carnes com peste suína (08:10)
Incerteza econômica faz agroindústria patinar (08:09)
Suínos: estabilidade nos preços na última semana (08:05)
Soja volta do feriado trabalhando com leves baixas em Chicago nesta 2ª feira (08:00)
Sexta-Feira, 19/04
Quinta-Feira, 18/04
Frango: preços da carne sobem com força em Abril (11:16)
Suínos: carcaça se mantém estável e ganha competitividade frente ao frango (11:15)
Boi Gordo: oferta limitada mantém indicador firme neste ano (11:14)
Prévia do IGP-M consolida desaceleração dos preços (10:54)
Bahia: Deputada e Secretário de Agricultura se reúnem com Secretário Nacional de Defesa Agropecuária (10:50)
Fiscais agropecuários gaúchos farão treinamento em boas práticas e bem-estar animal (10:46)
Cobb dos EUA faz intervenção na filial brasileira (07:53)
O perigo de mexer com o Irã (07:39)
Boi Gordo: indústrias estão com dificuldade de compras (07:20)
Incerteza sobre o plantio americano mantem milho 1 cent mais baixo em Chicago (07:18)
Soja dá continuidade ao movimento de baixa e perde mais 10 pontos em Chicago (07:15)
Paraíba: governo promove cursos de avicultura e incentiva produção no estado (00:34)
Crise diplomática é desafio para o setor (00:33)
Quarta-Feira, 17/04
Custos de produção de frangos de corte aumentam em março (13:30)
Biocamp – êxito em sua participação no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (13:08)
Cobb promove seminário sobre inspeção sanitária em parceria com a ABPA e com o MAPA (11:35)
FAO prevê avanço menor da demanda por commodities (08:54)
Valor da Produção Agropecuária é de R$ 588,8 bilhões (08:50)
MSD Saúde Animal promove primeiro Programa de Residência do agronegócio do Brasil (08:49)
Vetanco presente no Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:47)
Ceva apostou em ação solidária inédita durante o Simpósio Brasil Sul de Avicultura (08:46)
SINDAN integra-se ao Sistema de Logística Reversa de Embalagens (08:34)
MAPA e ABPA definem ações de prevenção à Peste Suína Africana (08:24)
Mercado do boi gordo diminui o ritmo de altas (08:22)
Mercado do Boi Gordo estaciona em SP por abates mais esticados e influência do MS (08:19)
Soja fecha com mais de 10 pts de baixa em Chicago (08:16)
Incertezas com clima e negociações deixam cotações do milho em Chicago mais baixas nessa terça-feira (08:07)