Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018
Saúde Animal

Pesquisadora da UFU estuda bactéria encontrada na carne de frango
Uberlândia, MG, 03 de Setembro de 2018 - A bióloga e veterinária da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Roberta Torres de Melo, desenvolveu uma tese de doutorado sobre Campylobacter jejuni, uma bactéria que habita o intestino de vários animais, principalmente aves, como frango. No ser humano, essa bactéria pode causar gastroenterite, uma infecção de origem alimentar.

Os principais sintomas são diarreia de intensidade e gravidade variáveis, dores abdominais, náuseas, diarréia e possível vômito, além da possibilidade de desenvolvimento da Síndrome de Guillain-Barré, uma doença autoimune. Considerada subnotificada no Brasil, já foram registrados mais de 230 mil casos da infecção na Europa.

A tese “Emergência de Campylobacter jejuni no setor avícola e na saúde pública do Brasil” foi orientada pela professora Daise Aparecida Rossi, no Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias e, de acordo com a autora, surgiu da falta de dados oficiais sobre a bactéria no país.

Foram recolhidas amostras de uma empresa exportadora de frango durante quatro anos e o estudo mostrou que, ao longo dos anos, a bactéria foi se tornando mais agressiva e resistente a desinfetantes e antibióticos.

Conforme a tese, a principal forma de infecção da bactéria por humanos é pela ingestão de alimentos contaminados. No caso da carne de frango, é quando ela está mal cozida. A pesquisadora esclareceu que há possibilidade de contaminação cruzada.

Biofilmes

A bióloga afirmou que essa bactéria é capaz de formar biofilmes, que são comunidades bacterianas altamente especializadas na garantia de sua sobrevivência, mesmo em condições desfavoráveis.

Segundo o estudo, 95% das bactérias presentes na carne de frango estão organizadas como biofilme, o que dificulta a eliminação total da Campylobacter.

Melo afirmou que não há a obrigatoriedade da análise do micro-organismo em alimentos no Brasil. “O que há de concreto até o momento é a realização de um estudo exploratório do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para avaliar o risco da presença de Campylobacter em carne de frangos, cujas análises foram finalizadas recentemente”, explicou.

Prosseguimento

Dando continuidade ao estudo, atualmente, a pesquisadora leciona na Universidade de Uberaba (Uniube) e está analisando a ação de antibióticos, que podem ser utilizados para tratamento em caso de contaminação humana.

O estudo recebeu financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e já foi publicado na revista suíça Frontiers in Microbiology.

Confira aqui a tese completa: whttps://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/21282/1/Emerg%C3%AAnciaCampylobacterJejuni.pdf
(G1 Triângulo Mineiro) (Nathália Alves)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Terça-Feira, 11/12
Segunda-Feira, 10/12
Sexta-Feira, 07/12
Cresce mobilização de caminhoneiros por nova paralisação (16:15)
Conferência FACTA WPSA-Brasil 2019 já tem data e temas definidos (12:52)
Qualidade de água é tema de palestra da Vetanco (09:50)
Cobb-Vantress premia melhores lotes da região Nordeste (09:07)
NUCLEOVET apresenta planejamento 2019 em evento em SP (09:03)
FRANGO/CEPEA: exportações recuam, mas valores da carne sobem em novembro (08:14)
Início de dezembro apresenta maior firmeza nas cotações do boi gordo (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quinta-feira com leves baixas (08:00)
A pedido da CNA, STF suspende multas pelo descumprimento da tabela do frete (07:37)
Paraná desburocratiza processo de licenciamento ambiental (07:30)
Depois do frango, Marrocos libera importação de carne bovina dos EUA (06:28)
Quinta-Feira, 06/12
Avicultura gaúcha sofre após desabilitação de unidades de abate (23:34)
“Conexão Aviagen” promove o crescimento e o sucesso do Ross 308 AP (08:50)
SUÍNOS/CEPEA: em novembro, média do vivo é a maior em 2018 em muitas regiões (08:28)
BOI/CEPEA: diferentes necessidades seguem resultando em oscilação do indicador (08:20)
Efeito da trégua entre EUA e China já é menor sobre commodities agrícolas (08:15)
Boi Gordo: preço sobe em São Paulo (08:10)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quarta-feira com preços do milho estáveis (08:05)
Soja: Chicago estável e prêmios em queda levam disponível em Paranaguá aos R$ 79 nesta 4ª feira (08:00)
PIB do agronegócio do Brasil deve crescer 2% em 2019, prevê CNA (07:23)
SC aumenta exportação de frango em 14% e a de suínos em 33,6% (07:21)
Licenciamento ambiental em São Paulo para a avicultura (07:19)
Quarta-Feira, 05/12
JBS contrata Guilherme Cavalcanti como CFO (10:34)
El Niño fraco deve 'poupar' safra 2018/19 (10:26)
Vetanco promove palestra técnica junto a Cooperativa Lar (10:19)
Mês difícil para agroindústria ajudou a frear resultado de outubro (08:31)
JBS terá primeiro CEO que não é da família Batista (08:15)
Itamaraty deve reforçar foco agrícola (08:11)
Cenário positivo para o mercado do boi gordo (08:08)
Milho: Bolsa de Chicago fecha terça-feira com alta nos preços do milho (08:06)
Sem nenhum movimento que indique volta às compras dos chineses, soja em Chicago aguarda divulgação de regras definidas em trégua (08:00)
Lar Cooperativa recebe quatro troféus de Inovação (07:42)
Ponta Porã: Programa de incubadoras avança na Nova Itamarati (07:40)
JBS troca comando da empresa (07:39)