Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Empresas

Aviagen investe estrategicamente em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido
Edimburgo, Reino Unido, 17 de Julho de 2018 - A Aviagen® concluiu recentemente a primeira fase de um investimento de mais de 35 milhões de euros em seu programa de melhoramento genético no Reino Unido, com o objetivo de beneficiar a base global de clientes da empresa, através de um fornecimento de avós, matrizes e frangos com a mais elevada qualidade genética.

Como a demanda por produtos Aviagen é crescente em todo o mundo, a infraestrutura da empresa segue sendo fortalecida continuamente. “O investimento contínuo em melhorias de nossas unidades é parte integral de nossa estratégia global”, afirma Alfons Koerhuis, diretor técnico do Grupo Aviagen. “E estamos fortalecendo consistentemente nosso balanceado programa de melhoramento genético para otimizar as características de saúde, bem-estar animal e produção em nossos produtos. Ao mesmo tempo desenvolvemos nosso portfólio de produtos para que possamos oferecer aos nossos clientes diversas opções de produtos, que atendam às diferentes exigências de mercado. Tudo isso requer investimento contínuo e substancial em nossas unidades”.

Expansão de programa de pedigree resulta em ainda mais recursos de P&D

O programa de pedigree no Reino Unido, um dos dois programas de melhoramento genético em operação pela Aviagen, teve um acréscimo em sua capacidade de 40%, como resultado de uma série de expansões nas granjas. Isso permite uma pressão de seleção ainda maior, associada à distribuição do progresso genético de seus produtos à clientes em todo o mundo.

A expansão e a atualização das unidades existentes trouxeram mais espaço para a inclusão de tecnologia de ponta, auxiliando a empresa no processo de seleção balanceado. Isso inclui uma maior expansão da análise de dados de alimentação das aves, através de um transponder, bem como novas técnicas de seleção para a saúde das pernas, rendimento e qualidade de carne. “Como a ração representa o maior custo na produção avícola, a melhoria em conversão alimentar representa enormes benefícios econômicos e de sustentabilidade. Sempre mantivemos a conversão alimentar no topo das nossas prioridades em seleção genética, e esse forte investimento nos permite entregar ainda mais progressos aos resultados de campo – o que é bom tanto para os produtores quanto para o impacto ambiental da indústria de frangos de corte”, comenta Magnus Swalander, gerente geral da Aviagen Ltd.

Todas as granjas apresentam as mais inovadoras características, incluindo instalações com ventilação cruzada, alto isolamento, aquecimento eficiente e controle de temperatura com a construção de passarelas cobertas, comprovando a liderança da Aviagen em biossegurança e bem-estar animal no setor.

Nova granja de bisavós de última geração reforça compromisso com o Reino Unido como base de fornecimento a longo prazo

Além do alto investimento no programa de pedigree, uma nova granja de bisavós foi construída com um dos avicultores sob contrato com a Aviagen. O investimento na nova unidade, com alojamento de 20.000 aves, é superior a 1,75 milhão de euros e aumenta em 5% a capacidade de produção nas unidades da Aviagen no Reino Unido. A nova granja foi projetada com as mais modernas tecnologias e inovações, para fornecer os mais altos padrões em bem-estar animal e para alcançar um excelente desempenho biológico em suas aves.

Incubatório no Reino Unido é ampliado em resposta à crescente demanda

Como parte do contínuo programa de investimentos em andamento, um novo incubatório de última geração está sendo construído. Localizado em Rugby em Warwickshire, no Reino Unido, começará a operar no início de 2019. Com uma capacidade de incubação de 180.000 ovos/semana, o novo incubatório será construído de acordo com o mais alto padrão da indústria avícola global e incorporará equipamentos de última geração, operando sob as condições mais rigorosas em bem-estar e biossegurança.

“Com o incubatório em Rugby, adicionado aos nossos já existentes incubatórios no Reino Unido, poderemos garantir o fornecimento seguro e contínuo de aves da Aviagen através do sistema de produção britânico, estrategicamente posicionado para importação a nossos clientes internacionais, bem como para entregas no mercado doméstico”, acrescenta Magnus.

Investimentos no Reino Unido fazem parte do programa de P&D na Europa

“Os investimentos do Reino Unido são apenas uma parte dos investimentos globais que estamos efetuando para o futuro de nosso negócio e da indústria”, conclui Alfons. “Com um amplo programa de investimentos em toda a Europa, também estamos expandindo nossas granjas de testes para aumentar consistentemente o conhecimento e desenvolvimento de produtos em diferentes ambientes de produção e requisitos de nossos clientes. É um projeto de longo prazo que reforça nosso compromisso em fornecer a nossos clientes produtos de alta qualidade, apoiados por pesquisa e desenvolvimento de ponta, bem-estar animal e biossegurança”.




Atualização e expansão das instalações de pedigree: recursos avançados em P&D, nova granja de bisavós e aumento na capacidade de incubação.

Sobre a Aviagen

Desde 1923, a Aviagen® estabeleceu-se como líder mundial em genética de aves, desenvolvendo linhagens para a produção de frangos sob as marcas Arbor Acres®, Indian River® e Ross®. O Rowan Range® e os Machos Especiais® são categorias de produtos especiais que a empresa oferece, possibilitando a seus clientes atingirem as demandas em específicos nichos de mercado. A sede da empresa situa-se em Huntsville, Alabama (Estados Unidos) e a Aviagen detém operações próprias no Reino Unido, Europa, Turquia, América Latina, Índia, Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos, além de joint ventures na Ásia. A Aviagen tem mais de 4.600 colaboradores e uma rede de distribuição global em mais de 100 países.
(Aviagen) (Assessoria de Imprensa)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Segunda-Feira, 10/12
Sexta-Feira, 07/12
Cresce mobilização de caminhoneiros por nova paralisação (16:15)
Conferência FACTA WPSA-Brasil 2019 já tem data e temas definidos (12:52)
Qualidade de água é tema de palestra da Vetanco (09:50)
Cobb-Vantress premia melhores lotes da região Nordeste (09:07)
NUCLEOVET apresenta planejamento 2019 em evento em SP (09:03)
FRANGO/CEPEA: exportações recuam, mas valores da carne sobem em novembro (08:14)
Início de dezembro apresenta maior firmeza nas cotações do boi gordo (08:04)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quinta-feira com leves baixas (08:00)
A pedido da CNA, STF suspende multas pelo descumprimento da tabela do frete (07:37)
Paraná desburocratiza processo de licenciamento ambiental (07:30)
Depois do frango, Marrocos libera importação de carne bovina dos EUA (06:28)
Quinta-Feira, 06/12
Avicultura gaúcha sofre após desabilitação de unidades de abate (23:34)
“Conexão Aviagen” promove o crescimento e o sucesso do Ross 308 AP (08:50)
SUÍNOS/CEPEA: em novembro, média do vivo é a maior em 2018 em muitas regiões (08:28)
BOI/CEPEA: diferentes necessidades seguem resultando em oscilação do indicador (08:20)
Efeito da trégua entre EUA e China já é menor sobre commodities agrícolas (08:15)
Boi Gordo: preço sobe em São Paulo (08:10)
Milho: Bolsa de Chicago fecha quarta-feira com preços do milho estáveis (08:05)
Soja: Chicago estável e prêmios em queda levam disponível em Paranaguá aos R$ 79 nesta 4ª feira (08:00)
PIB do agronegócio do Brasil deve crescer 2% em 2019, prevê CNA (07:23)
SC aumenta exportação de frango em 14% e a de suínos em 33,6% (07:21)
Licenciamento ambiental em São Paulo para a avicultura (07:19)
Quarta-Feira, 05/12
JBS contrata Guilherme Cavalcanti como CFO (10:34)
El Niño fraco deve 'poupar' safra 2018/19 (10:26)
Vetanco promove palestra técnica junto a Cooperativa Lar (10:19)
Mês difícil para agroindústria ajudou a frear resultado de outubro (08:31)
JBS terá primeiro CEO que não é da família Batista (08:15)
Itamaraty deve reforçar foco agrícola (08:11)
Cenário positivo para o mercado do boi gordo (08:08)
Milho: Bolsa de Chicago fecha terça-feira com alta nos preços do milho (08:06)
Sem nenhum movimento que indique volta às compras dos chineses, soja em Chicago aguarda divulgação de regras definidas em trégua (08:00)
Lar Cooperativa recebe quatro troféus de Inovação (07:42)
Ponta Porã: Programa de incubadoras avança na Nova Itamarati (07:40)
JBS troca comando da empresa (07:39)
Terça-Feira, 04/12
Brasil exporta 322,1 mil toneladas de carne de frango em novembro (18:46)
A pedidos, futuro governo avalia fim da tabela de frete (08:35)
China perto de acordo para retirar antidumping do frango do Brasil (08:18)
Trégua entre China e EUA pouco muda o cenário para a soja brasileira (08:15)
Dezembro começa a cotação da arroba do boi gordo subindo (08:06)
Milho: preços terminam segunda-feira em alta na bolsa de Chicago (08:04)
Soja perde força ao longo do dia e fecha com altas de pouco mais de 10 pts na Bolsa de Chicago (08:00)
Cooperativa vai fortalecer produção de ovos em São Bento do Una (06:55)
Mauricéa, um sucesso vivido em família (06:52)