Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Matérias-Primas

Milho: mercado tem dia correção técnica e fecha pregão desta 2ª com ligeiras valorizações em Chicago
Campinas, SP, 17 de Julho de 2018 - A segunda-feira (16) foi de ligeiras altas aos preços do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais posições da commodity reverteram as perdas e finalizaram a sessão com ganhos entre 0,50 e 1,00 pontos. O vencimento setembro/18 era cotado a US$ 3,41 por bushel e o dezembro/18 operava a US$ 3,55 por bushel. O março/19 era negociado a US$ 3,67 por bushel.

De acordo com informações das agências internacionais, o mercado passou por uma correção técnica depois das perdas registradas recentemente. No quadro fundamental, as atenções permanecem voltadas ao desenvolvimento da safra americana e no comportamento do clima no Meio-Oeste.

Grande parte da safra americana entra em fase de polinização, uma das mais importantes do ciclo da cultura. No final da tarde desta segunda-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reporta seu boletim semanal de acompanhamento de safras, com as atualizações da produção de milho no país.

A expectativa é que o departamento revise para baixo, para 74%, o índice de lavouras em boas ou excelentes condições no país. Na semana anterior, o percentual era de 75%.

Já em relação ao clima, mapas do NOAA - Serviço Oficial de Meteorologia dos EUA -, indica temperaturas abaixo da normalidade para grande parte do cinturão produtor entre os dias 22 a 26 de julho. No mesmo intervalo, chuvas dentro da normalidade e, até mesmo abaixo do esperado em algumas localidades, são previstas.

Ainda hoje, o USDA também divulgou seu boletim semanal de embarques. Na semana encerrada no dia 12 de julho, os embarques de milho somaram 1.217,233 milhão de toneladas, dentro das projeções dos participantes do mercado entre 890 mil a 1,5 milhão de toneladas.

No acumulado da temporada, os embarques de milho totalizam 48.445,001 milhões de toneladas. Os embarques no ano passado, nesse mesmo período, passavam de 50 milhões.

Mercado interno

O início da semana foi de ligeiras perdas aos preços do milho praticados no mercado doméstico. Conforme levantamento da equipe do Notícias Agrícolas, em Brasília, a perda foi de 3,57%, com a saca a R$ 27,00. No Oeste da Bahia, o recuo foi de 3,03%, com a saca do milho a R$ 32,00.

Na região de Rio Verde (GO), a saca fechou o dia a R$ 26,00, com desvalorização de 1,89%. No Porto de Paranaguá, a saca futura, para entrega em agosto/18, finalizou o dia a R$ 37,50, com perda de 1,32%.

Segundo informações do Cepea, as cotações têm apresentado movimentos distintos nas regiões, refletindo oferta e demanda regionais. "No Paraná e no Centro-Oeste, por exemplo, a colheita segue firme, pressionando os valores do milho. Já na região Sudeste, as atividades de campo ainda estão lentas e, com isso, em São Paulo, importante praça consumidora, os preços têm subido em alguns dias", reportou a entidade em seu comentário semanal.

Contudo, de forma geral, os produtores ainda limitam a disponibilidade do milho e os compradores ainda estão retraídos, à espera de novos recuos nos preços em meio ao avanço da colheita da safrinha, ainda conforme dados do Cepea.
(Notícias Agrícolas) (Fernanda Custódio)
Imprimir esta notícia...
|
Deixe aqui sua opinião, insira seus comentários.
O espaço também é seu!

Quarta-Feira, 17/10
Em Goiás, IOB prepara série de ações em parceria com a Associação Goiana de Avicultura (13:52)
Em MG, NECTA realiza 1º Dia do Ovo, com apoio do IOB (08:20)
Movimentação do Porto de Itajaí aumenta 81% em setembro (06:33)
Road Show Aves e Suínos da Boehringer fortalece a cadeia de proteína animal com conhecimento técnico (06:32)
Para ampliar exportação, setor de aves e de suínos vai à feira em Paris (06:31)
Importações chinesas de carne suína devem crescer 8% neste ano (06:10)
Soja: com previsão de melhora do clima nos EUA, mercado em Chicago ainda opera estável nesta 4ª (06:00)
Terça-Feira, 16/10
Da ABPA aos candidatos (09:18)
PF indicia Abilio Diniz e Pedro Faria no âmbito da Operação Trapaça (07:49)
Após relatório da PF, BRF defende tolerância zero e afasta 14 pessoas (07:48)
Milho fecha em alta na Bolsa de Chicago nesta 2a feira com clima adverso para colheita nos EUA (07:44)
Com demanda forte e clima adverso no Corn Belt, soja fecha com mais de 2%de alta em Chicago (07:40)
Plantio de soja evolui em ritmo acelerado em quase todo o país (07:39)
Brasil ganha mercado de soja na China, mas perde espaço para EUA na Europa (07:31)
MILHO/CEPEA: indicador recua quase 6% no acumulado do mês (07:30)
SOJA/CEPEA: dólar cai e pressiona valores internos da soja (07:29)
Segunda-Feira, 15/10
CBNA debate nutrição animal e produção sustentável de alimentos a partir de amanhã, no VIII CLANA, em Campinas, SP (13:29)
Programa Ovos RS: Atividades e Eventos (10:57)
Vetanco realiza Oficina de Trabalho em Carpina-PE (10:35)
Conheça a campanha Ovo Capixaba (10:32)
Da ABPA aos candidatos (09:19)
Agronegócio teme radicalismo e falta de experiência em equipe de Bolsonaro (08:15)
FRANGO/CEPEA: preços registram alta no atacado paulista (08:11)
SUÍNO/CEPEA: menor oferta para abate mantém preços estáveis na maior parte das regiões (08:07)
BOI/CEPEA: indicador oscila com força, mas acumula queda na parcial deste mês (08:05)
Projeções confirmam o peso do Brasil nas exportações de grãos (08:05)
Milho: mercado em Chicago ainda sente efeitos positivos do USDA e fecha em alta nesta 6ª feira (08:02)
Soja começa semana com estabilidade em Chicago nesta 2ª feira e foca colheita nos EUA (08:00)
Sexta-Feira, 12/10
Quinta-Feira, 11/10
Programa Ovos RS: eventos em Comemoração ao Dia Mundial do Ovo 2018 (11:56)
Globalmente, pescados batem carnes nas exportações (10:50)
Brasil poderá colher até 238 milhões de toneladas de grãos na safra 2018/19 (10:34)
ASGAV e Programa Ovos RS oficializam parceria com o Instituto do Câncer Infantil para apoio à 25ª Corrida pela Vida (09:29)
Programa Ovos RS: eventos em Comemoração ao Dia Mundial do Ovo 2018 (09:03)
Tradicional omelete do IOB faz parada na DSM (08:41)
Ceva Saúde Animal recebe palestra de nutricionista do IOB na Semana do Ovo (07:43)
Agronegócio: em setembro, vendas externas do setor somam mais de US$ 8 bilhões (07:36)
Participação maior do agro exterior passa por viés mais comercial do governo (07:34)
Milho: mercado fecha em queda na Bolsa de Chicago especulando números mais altos do USDA (07:31)
Soja: preços voltam a cair no Brasil nesta 5ª feira e travam ainda mais negócios da nova safra (07:29)